terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Sartori convida Otomar Vivian a presidir novamente o IPE-RS

Segundo a versão online da Rádio Gaúcha, o ex-presidente do Instituto de Previdência do Estado (IPE) em duas oportunidades, Otomar Vivian (PP) foi convidado pelo governador José Ivo Sartori para voltar ao comando do órgão. Ele foi lembrado já que o atual presidente, José Parode, deixará o governo do Estado para assumir a Secretaria de Planejamento e Gestão na prefeitura da Capital.
Otomar Vivian faria parte da cota pessoal de indicações de Sartori. Consultado pela redação da Farrapo, o ex-prefeito confirmou que recebeu o convite do governador e disse que está avaliando a proposta e que teria como missão reformular a previdência.  
A intenção do governador é tê-lo como integrante do “núcleo duro” do Piratini, grupo de secretários que auxiliam nas decisões estratégicas do Executivo.
Além da presidência do IPE em dois períodos (1995-1996 e 2003- 2009), Otomar foi presidente da Assembleia Legislativa (2000-2001) e chefe da Casa Civil no governo de Yeda Crusius. Otomar Vivian foi Prefeito de Caçapava do Sul de 2013 a 2016, em seu segundo mandato a frente da cidade.

Amigos e familiares de Laercio Anunciação fazem manifestação em frente à delegacia

Uma manifestação foi realizada em frente à delegacia de Polícia na tarde desta terça-feira, 31. O grupo pediu agilidade na investigação da morte de Laercio Anunciação, ocorrida na sexta-feira, 27 e sem causa confirmada.
Os manifestantes eram amigos e familiares de Laercio. De acordo com o grupo, a Polícia afirmou que está investigando o caso, mas ainda não pode divulgar nenhuma informação.
Laercio Anunciação foi encontrado sem vida por policiais no arroio Pedro Paulo, na BR 290. O corpo apresentava sinais de violência na cabeça e estava com as mãos amarradas. Morador de Caçapava do Sul, ele tinha 48 anos e era conhecido como Leleco. 

Polícia Civil prende rapaz em flagrante por tráfico de entorpecentes

Em ação realizada na tarde desta terça-feira, 31, a Polícia Civil de Caçapava do Sul prendeu em flagrante um rapaz por tráfico de entorpecentes.
Os policiais receberam denúncia sobre o paradeiro do suspeito que estaria com drogas e armas na Vila Progresso. Ao chegar no local indicado, os policiais encontraram o rapaz com drogas, munições e dinheiro, entre eles: 697 gramas de maconha, munições de calibre 38, balança de precisão e R$ 587,50 em espécie.
De acordo com a equipe de investigação da Polícia Civil, o nome do indivíduo é Maurício Nunes. A suspeita é de que o dinheiro encontrado provavelmente seja fruto do tráfico de drogas e tenha ligação com o roubo a um estabelecimento comercial, em frente ao Estádio Municipal, ocorrido nesta semana. 
Também informaram que Nunes era obrigado a usar tornozeleira, mas que havia sido arrancada. Maurício Nunes, natural de Caçapava do Sul, tem antecedentes criminais  por roubo e furto no município e nas cidades de Viamão, Esteio e Sapucaia.

Jussarete Vargas é empossada como vereadora de Caçapava do Sul

A Vereadora Jussarete Vargas (PP), primeira suplente da bancada do Partido Progressista no Legislativo tomou posse nesta terça-feira, dia 31, como Vereadora Titular de Caçapava do Sul.
Jussarete assume na Câmara substituindo  o Vereador José Sidnei Menezes que entrou em licença saúde por seis meses, para tratamento do Câncer. A posse da Vereadora foi no gabinete do Presidente Ricardo Rosso, no qual fez a leitura do juramento e concedeu posse a nova parlamentar.

Menezes protocolou na casa um laudo de seis meses, com isso, com o Jussarete é a primeira suplente da bancada do PP e já está diplomada pela Justiça eleitoral a sua posse é automática, após o pedido de licença do vereador titular.

Transporte escolar é tema de reunião entre Comissão da Câmara e Educação

A Comissão de Educação, Saúde e Meio Ambiente que tem como integrantes os vereadores Marco Vivian – PMDB (presidente), Silvio Tolfo Tondo – PP (relator) e Márcia Gervásio – PDT (membro) se reuniu na manhã de terça-, dia 31, com a equipe da secretaria de Educação. A pauta do encontro foi o transporte escolar.
De acordo com os vereadores, os pais estão preocupados com o transporte e a segurança dos filhos, por isso questionam sobre o funcionamento das linhas, se as empresas serão as mesmas e como será a fiscalização nos veículos.
A secretária Leslie Maicá de Melo informou que as licitações começam em breve e que as linhas serão as mesmas, com pequenos ajustes. Ela disse ainda que a administração vai priorizar as estradas do interior devido a safra e o transporte escolar, já que o ano letivo inicia em março.
Sobre os monitores de transporte escolar, a equipe da secretaria explicou que no concurso público realizado em 2016 foram realizadas provas para este cargo, mas ninguém foi nomeado e não há previsão de contratação.
Depois de organizar a volta às aulas, a prioridade da Educação é a reforma de quatro salas de aula do Instituto Municipal de Educação. As obras da escola Alfredo Duarte devem ser concluídas em março e no dia 13 de fevereiro o prefeito Giovani Amestoy da Silva viaja a Brasília para tratar sobre a creche da Vila Henriques, entre outros assuntos.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Rua Retaxerxes começa a ser preparada para receber a pavimentação

A rua Retaxerxes será a próxima rua em Caçapava do Sul a receber calçamento. O Projeto é de 2015, em um total de duas quadras, onde o recurso é de aproximadamente R$ 490 mil, para pavimentação das ruas Dagoberto Barcelos, Ijuí e Retaxerxes.
O dinheiro é uma emenda do Deputado Federal José Otávio Germano, onde o recurso foi repartido para as três ruas, com duas quadras cada uma. A primeira pavimentada foi a rua Dagoberto Barcelos, através do Vereador José Sidnei Menezes. Já a segunda foi a rua Ijuí, no qual foi concluída no ano passado através da solicitação do Vereador Pedro Gaspar.
No mesmo projeto, a Prefeitura iniciou na última semana a terraplanagem para a pavimentação da rua Retaxerxes, dentro da mesma emenda, só que através do Vereador Silvio Tondo, que indicou a rua na emenda.
A Retaxerxes é a última rua a ser calçada no mesmo projeto da emenda do Deputado José Otávio Germano. “ Estive na rua na tarde desta segunda-feira, dia 30, para identificar até aonde vai o calçamento, que poderá ser complementado no futuro com novas emendas”, disse Silvio Tondo.

O Vereador visitou o empresário Fabio Lacava, que possui comércio no local e disse que a pavimentação vai valorizar a região e as casas beneficiadas

Verba para o carnaval de Caçapava do Sul é aprovada

A Câmara de Vereadores de Caçapava do Sul aprovou nesta segunda-feira, dia 30, o projeto de lei do Prefeito Giovani Amestoy, que solicita autorização Legislativa para assinatura de convênio com o Grupo Clara Nunes, visando a realização do Carnaval 2017.
Os vereadores aprovaram um recurso de R$ 106 mil, para a estrutura de quatro dias de folia, incluindo lonão, repasse para as escolas de samba, bandas locais, praça de alimentação, segurança e outras atrações que iniciam no dia 25 de fevereiro, até o dia 28.
O Projeto teve 9 votos a favor e um contra. O Vereador Marquinho Vivian (PMDB) votou contra o projeto alegando que o município possui outras prioridades, principalmente na parte de infraestrutura urbana e rural. “ Em todos os anos que estive como vereador votei contra o projeto, mas enfatizo que não sou contra o carnaval, mas sim contra a utilização de recursos público para esta finalidade, especialmente com valores altos”, disse o Vereador.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Câmara de Vereadores entra em recesso a partir do dia 1º de fevereiro

O Poder Legislativo Municipal entrará em recesso a partir de quarta-feira, dia 1º de fevereiro. Como se trata do primeiro ano da nova legislatura o intervalo será de 30 dias.
Neste período não há sessões ordinárias. Somente serão realizadas se houver convocação do prefeito ou da mesa diretora.
Durante o recesso fica nomeada uma Comissão Representativa que será constituída por: Ricardo Rosso-PP (presidente), Marquinho Vivian-PMDB e Márcia Gervásio-PDT (membros titulares) e Luis Fernando Torres-PT e Mariano Teixeira-PP (membros suplentes).
Já o expediente da Câmara segue com atendimento das 8 às 14 horas. O horário de funcionamento irá mudar a partir de março, onde passará das 9 às 15hs e as sessões do plenário para as terças, às 19hs.

Vereador participa de audiência com o futuro Presidente da Assembleia Legislativa

O Vereador Luis Fernando Torres (Boca - PT), esteve em Porto Alegre nesta quinta-feira, dia 26, para uma audiência com o futuro Presidente da Assembleia Legislativa do Estado, Deputado Edegar Pretto (PT), no qual toma posse no dia 31 de janeiro.
Durante o encontro, o Vereador solicitou o apoio do parlamento gaúcho na campanha contra o fechamento da 8º Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), com sede em Cachoeira do Sul, no qual Caçapava faz parte. No ofício entregue ao futuro Presidente está também um pedido que o Deputado marque uma audiência com o Secretário de Saúde do Estado, João Gabardo, para tratar deste assunto.
Ainda sobre o tema, o vereador disse que é um consenso de todos os vereadores de Caçapava do Sul, que a 8º CRS deve seguir aberta, mas se o governo resolver fechar a regional, o pedido é que Caçapava passe automaticamente para a 4º CRS, com sede em Santa Maria. “ Todos os vereadores irão procurar suas lideranças regionais para pressionar o governo do RS a manter a 8º Coordenadoria Regional de Saúde”, disse Boca Torres.

O Vereador este também nesta semana em audiência no gabinete regional do Deputado Federal Paulo Pimenta, em Porto Alegre, solicitando emendas no orçamento da União para Caçapava, principalmente na área de infraestrutura. “ Várias emendas do Pimenta estão sendo realizadas em Caçapava, a última que será executada neste semestre é a pavimentação da rua Silva Jardim, no qual o dinheiro está disponível e a licitação para a obra já foi realizada”, disse o Vereador.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Amestoy e Vivian cumprem agenda em Porto Alegre

O Prefeito Giovani Amestoy e o Ex-Prefeito Otomar Vivian estiveram em Porto Alegre nesta semana com o objetivo de assinar o aditivo no convênio entre Estado e Prefeitura para o projeto do Passinho da Aldeia.
O ato foi na Secretaria de Obras do Estado, onde o convênio foi renovado. O Ex-prefeito, Otomar Vivian, participou do ato porque a solicitação de renovação foi ainda na sua gestão.
Após assinado, o projeto precisará passar pela Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente de Caçapava do Sul para readequação de acordo com a realidade existente e atualizar os valores.
Na sequencia, Otomar acompanhou o Prefeito em uma audiência com o Secretário de Infraestrutura do Estado, Pedro Westphalen, que também comanda o DAER. No encontro com o Secretário, a pauta foram as rodovias estaduais que estão no território de Caçapava, como a estrada das Minas e a RS 357, até Lavras do Sul.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Pirola fala sobre tratamento de câncer e afastamento da Câmara de Vereadores

O vereador Pirola anunciou recentemente que irá se afastar da Câmara de Vereadores. Ele luta contra um câncer de próstata há vários anos e agora deverá ficar seis meses afastado para fazer um tratamento de quimioterapia. 
Confira a entrevista com o vereador e dicas de prevenção do câncer de próstata com o Dr. Jodel nos vídeos abaixo.




Projeto de R$ 7 milhões da Corsan volta à pauta em Caçapava do Sul

O prefeito Giovani Amestoy e o Secretário de Planejamento e Meio Ambiente, Flávio Monteiro e seu adjunto Nilvo Dorneles, receberam ontem (23), na Prefeitura, o superintendente Regional da Corsan, José Antonio Marin de Oliveira e o Engenheiro de Expansão da empresa, Fabiano Cruz.
O objetivo da reunião foi detalhar o projeto de R$7 milhões da Funasa através da Corsan, para a construção de rede de esgoto e uma Estação de Tratamento em Caçapava, na região dos Bairros Cidade Jardim, Vivian, Persa, Vila Henriques, São Domingos e Vila Pinheiro.
As tratativas deste projeto começaram em 2006, com a renovação do contrato entre Prefeito e Corsan, no qual passa a responsabilidade do esgoto para a Companhia. Já o recurso paras as obras no valor de R$ 7 milhões veio da Funasa direto para a Corsan em 2011, quando começaram as tratativas da Corsan para licitar a Obra.
Em 2014 a Corsan abriu um processo licitatório para a obra onde na primeira etapa deu deserto, ou seja, nenhuma empresa compareceu. Em 2015 em outra tentativa de licitação a Corsan escolheu a empresa para o projeto, sendo vencedora a empresa STE - Serviços Técnicos de Engenharia S/A.
Na época a empresa teria o prazo de 120 dias para apresentar o projeto e após iniciar as obras, que contempla 20% do esgoto sanitário de Caçapava do Sul. Mas até hoje a empresa não deu início.
Já em 2016 a Corsan estava negociando a desapropriação da área onde seria construída a Estação de Tratamento, que ficaria localizada perto da antiga barragem.
O prefeito Giovani pediu para que a Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente desse uma atenção especial a esta demanda.”, disse Flávio.
Segundo o secretário, a Corsan exige que o município disponha da área de decantação, cujo Decreto de Utilidade Pública já está sendo encaminhado pelo prefeito, que foi a Porto Alegre nesta terca-feira (24) acompanhado do vereador Paulo Pereira e recebido pelo diretor técnico da Corsan, Antônio Gomes, para agilizar a construção da área de esgotamento sanitário.
Giovani disse que está em tratativas para que a obra saia do papel e se inicie de imediato e que a Corsan vai, ainda, finalizar a construção da rede de água da Vila Pereirinha.
A Corsan informou ao Planejamento ainda que repassará mais R$8 milhões para a segunda parte do projeto, que determina a construção de 21 quilometros de rede de esgoto e que há possibilidade de expansão da rede.

Planejamento e Meio Ambiente

De acordo com o Secretário Flávio Monteiro, ao assumir a pasta existiam 28 projetos parados por falta de documentos e respostas. Destes, seis deles já foram concluídos e os demais 22 estão em tratativas:
“O Parque da Fonte do Mato; a EMEI Alfredo Duarte e a rua Nicolau Silveira Abraão, por exemplo, estão em fases finais dos projetos. Este mês ainda terá início o calçamento da rua Silva Jardim. E, amanhã (25) iremos até Santa Maria, em reunião com o gerente da Caixa Econômica Federal para solicitar prazos maiores para colocarmos todos estes projetos em dia”, informou Flávio.
O Secretário falou ainda que a pasta tem atendido as demandas da população; dos vereadores e que foi criado nesta gestão um organograma interno onde cada integrante da equipe tem sua função específica
“Todo nosso quadro da Secretaria é formado por funcionários técnicos e de carreira. Inclusive meu adjunto. E isto me dá certa tranquilidade no atendimento das demandas e na busca de captação de projetos e recursos ao município”, disse Flávio.
Ele informou também que para dar entrada em projetos e solicitações na Secretaria é preciso fazer um check-list de todos os documentos necessários para executar o pedido.

Câmara começa a analisar o projeto do carnaval 2017

O Prefeito Giovani Amestoy e o Secretário de Cultura e Turismo, Leandro Bazotti, estiveram na manhã desta quarta-feira, dia 25, na Câmara de Vereadores para apresentar a todos os parlamentares o plano de aplicação com os gastos do carnaval 2017 em Caçapava do Sul.
Segundo a Prefeitura, o projeto de lei para ser votado na Câmara autorizando o convênio com o Clube Harmonia para a realização do carnaval será enviado esta semana, para ser votado na segunda-feira, dia 30, última sessão antes do recesso.
De acordo com o plano de aplicação, o carnaval deste ano a Prefeitura vai organizar com um orçamento de aproximadamente R$ 100 mil. Em 2016 o orçamento da festa ficou em R$ 165 mil.
O Secretário informou que foi feito um grande esforço para chegar na meta de R$ 100 mil, inclusive uma das medidas para economizar é a realização da escolha da corte do carnaval pela internet, não havendo o evento. Com isso, o carnaval deve ser realizado com a mesma estrutura dos outros anos, mas a Prefeitura conseguiu com os fornecedores uma diminuição nos custos. Uma das economias também foi colocar somente bandas locais.

Audiência trata da ligação da rede de água da Vila Pereirinha

O Vereador Paulo Pereira (PDT), esteve em Porto Alegre nesta terça-feira, dia 24, junto com o Prefeito Giovani Amestoy, para uma reunião com o Diretor Técnico da Corsan, Antonio Gomes, para tratar da ligação da rede de água da Vila Pereirinha.
A rede foi construída pela Corsan em 2016, faltando agora somente a ligação da água nas casas. Segundo o Vereador, o Diretor informou que este processo de ligação vai iniciar no próximo mês, já que a parte física da construção da rede já está concluída.
“ Finalmente a comunidade da Pereirinha terá água encanada, onde o projeto foi executado no ano passado e a Companhia fará a ligação nas casas a partir de fevereiro.

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Vereador pede apoio a Deputado para a permanência da 8º CRS

O Vereador Marquinho Vivian (PMDB), Vice Presidente da Câmara, esteve na manhã desta terça-feira, dia 24, em Porto Alegre para uma audiência com o Deputado Estadual do PMDB, Juvir Costela.
A reivindicação do vereador é o pedido de apoio contra o possível fechamento da 8º Coordenadoria Regional de Saúde, com sede em Cachoeira do Sul, no qual Caçapava pertence.
Segundo o Vereador, essa será uma reivindicação de todos os vereadores para os seus Deputados, como forma de pressionar o Governo a não fechar a 8º CRS.
Durante o encontro, Vivian enfatizou ao Deputado que se o Governo do Estado resolver fechar a 8º CRS, Caçapava gostaria de ser transferida para a 4º CRS, com sede em Santa Maria, evitando que os pacientes do município sejam transferidos para cidades mais longe, como a fronteira.

“ O plano A dos vereadores e do Executivo é manter a Coordenadoria de Cachoeira, mas se isso não for possível, que a transferência seja para Santa Maria”, disse Marquinho.

Recadastramento biométrico dos eleitores de Caçapava do Sul começa em março

Segundo informação divulgada pela site da Rádio Gaúcha, o recadastramento biométrico deve ter sequência em nove municípios da Região Central ao longo deste ano, entre eles, Caçapava do Sul São Sepé – em que os eleitores terão de coletar os dados biométricos.
Na prática, o recadastramento biométrico é a coleta das digitais dos dedos da mão, uma foto feita na hora e, por fim, a assinatura digital.
Para fazer a revisão, os eleitores terão de ir aos cartórios de suas cidades levando um documento de identidade e comprovante de residência originais (não precisa ser no nome do eleitor).
Idosos com 70 anos ou mais, por não terem o voto obrigatório, não são obrigados a ir. Mas se não se recadastrarem, não poderão mais votar. Até podem, no futuro, voltar a fazer o título, se decidirem votar novamente.
Caçapava do Sul– De 6 de março de 2017 a 14 de março de 2018– Eleitores: 26.977 (2.164 com biometria)
São Sepé– De 6 de março de 2017 a 13 de setembro de 2017– Eleitores: 19.683 (9.313 com biometria)
O Chefe do Cartório Eleitoral de Caçapava do Sul, Fábio Macedo, esteve na Câmara de Vereadores de Caçapava do Sul, para uma reunião com o Presidente da Casa, Ricardo Rosso, junto com os demais vereadores para divulgar em primeira mão o início do recadastramento biométrico dos eleitores.
Segundo Fábio Macedo, a Justiça Eleitoral começou este processo com os municípios menores, onde na região Santana da Boa Vista e Lavras do Sul já realizaram o seu recadastramento biométrico. Com isso, em 2017 chegou a vez de Caçapava do Sul, que possui 26.964 eleitores.
O Recadastramento inicia em Caçapava na segunda semana de março e vai até março de 2018, com uma média de 80 atendimentos por dia. De acordo com Macedo, a média de atendimento individual por eleitoral é de 15 min, onde em Caçapava terá quatro servidores fazendo este trabalho, sete horas por dia.
As pessoas que não fizerem o seu recadastramento neste período terão muitos problemas, além de não poder votar, terá o seu CPF bloqueado, por não estar em dia com a Justiça Eleitoral. O novo prazo para regularização será apenas após as eleições de 2018.
Macedo informou também que as pessoas podem agendar o seu atendimento através da internet, sem precisar entrar em fila, o sistema de agendamento só será aberto em março.
A principal preocupação do Cartório e que as pessoas deixem tudo para a última hora, como ocorreu com Santana da Boa Vista e Lavras do Sul, onde as filas eram extensas nos últimos dias de recadastramento.
O eleitor precisa levar um documento com foto e um comprovante de residência, para comprovar que é morador de Caçapava do Sul.


segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Câmara aprova cinco projetos do executivo e dois do Legislativo nesta segunda-feira

A Câmara de Vereadores de Caçapava do Sul aprovou nesta segunda-feira, dia 23, durante a sessão ordinária, cinco projetos de lei do executivo e dois do Legislativo.
O primeiro projeto trata do parcelamento da dívida ativa do município, onde os contribuintes que possuem débitos com a Secretaria da Fazenda podem solicitar o parcelamento de forma administrativa.  O parcelamento pode chegar a 48 vezes, mas o valor da parcela não pode ser inferior a R$ 20,00.
O Primeiro projeto trata somente das dívidas dos contribuintes que ainda não foram ajuizadas, ou enviadas para protesto, por isso, a solicitação pode ser administrativa. O juro será de 0,5%.
Já o segundo projeto trata da negociação da dívida dos cidadãos que estão ajuizadas, ou enviadas para protesto. Neste caso o contribuinte precisa esclarecer na Secretaria da Fazenda algumas regras necessárias, mas o parcelamento também é de 48 vezes, mas o valor da parcela não pode ser inferior a R$ 50,00.
A terceira matéria aprovada solicita autorização legislativa para aprovação dos recursos oriundos do Fundo Nacional de Saúde, no valor de R$ 35.490,00, para o pagamento do 14º salário das agentes comunitárias de saúde. O governo federal envia o recurso todo o final de ano como incentivo para as agentes, no qual para o município pagar é necessário autorização legislativa.
O quarto projeto é para contratação emergencial de um médico psiquiatra para atendimento no CAPS. A contratação será por seis meses.
Já o quinto e último projeto do executivo foi a contratação por seis meses de um médico pediatra, para atender na rede pública de saúde.
De origem Legislativa, a Câmara aprovou o projeto de lei do vereador Paulo Pereira (PDT) criando o  Dia Municipal da Prematuridade. A data de 17 de novembro de cada ano, será dedicada para atividades e mobilizações ao enfrentamento do parto prematuro.
O foco será a prevenção do nascimento antecipado e a conscientização sobre os riscos envolvidos, assim como assistência, proteção e promoção dos direitos dos bebês prematuros e suas famílias.
“A prematuridade é um problema de saúde pública no Brasil e segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) é a primeira causa de mortalidade infantil no mundo. Além disso, o nascimento prematuro deixa marcas psicológicas e é a principal causadora de sequelas nos recém-nascidos”, justifica o vereador.
De acordo com Pereira, nesta data poderão ser desenvolvidas ações como palestras e atividades educativas, campanhas na mídia, eventos e iluminação de prédios públicos com luzes de cor roxa.
A última matéria aprovada de origem Legislativa é de autoria do vereador Silvio Tondo, (PP) que incluiu no calendário de eventos do município o Campeonato Regional e Campeonato Citadino de Kartcross de Caçapava do Sul.
De acordo com o vereador o kart é a categoria do automobilismo considerada a porta de entrada para as demais. Além disso, esta atividade estimula as interações sociais, a própria prática desta modalidade que tem grande alcance regional e nacional e movimenta a economia.
Os campeonatos serão promovidos pela Associação Caçapavana de Kartcross (ASCAKROSS), na pista da associação no Rincão dos Godinhos. Alguns eventos já têm data definida em 2017: 19/03, 16/04, 21/05, 16/07, 20/08, 15/10 e 19/11.
As sete matérias foram aprovadas por unanimidade e agora seguem para sanção do Prefeito Giovani Amestoy.


Vigilância Sanitária relata ações no combate ao mosquito aedes aegypti

Depois de encontrar uma larva do mosquito Aedes Aegypti, na região central de Caçapava, a Vigilância Sanitária esteve na Câmara de Vereadores para relatar a maneira como está atuando. A larva foi encontrada na rodoviária, em uma das 50 armadilhas que a defesa civil tem espalhadas pelo município.
Os vereadores contribuíram com sugestões, enquanto o coordenador da vigilância Luiz Antônio Ilha, explicou que em janeiro o setor pretende enviar ao Legislativo um projeto de lei para regulamentar as ações da Vigilância Sanitária, como notificar e multar proprietários de terrenos baldios sujos ou de residências com acúmulo de lixo no pátio.
Já em março, a secretaria da Saúde irá realizar o Mutirão de Limpeza. A comunidade será mobilizada e haverá recolhimento de entulhos em diversas localidades. O objetivo é a prevenção contra o mosquito transmissor da dengue, zika, febre amarela e chikungunya.

domingo, 22 de janeiro de 2017

Com a quebra de máquinas na última semana, Prefeitura libera berba para conserto

O prefeito Giovani Amestoy se reuniu na manhã desta quinta-feira (19) com os Secretários Paulo Henriques (Obras) e Ihoko Nakashima Mota (Fazenda) para discutirem a liberação de R$150 mil para o setor de Obras consertar o maquinário para atender a demanda do município.

Segundo o Secretário de Obras, a situação das ruas de vilas, bairros e das estradas do interior estão em estado crítico e com a quebra do maquinário ocorrida na última semana, o trabalho de reparos tem sido prejudicado.
Paulo Henriques informou também que o setor de iluminação está sem maquinário para o atendimento de trocas de lâmpadas e que a Oficina onde se faz a manutenção das máquinas teve de ser interditada por problemas na fiação elétrica, no galpão, telhados quebrados danificando máquinas e equipamentos e pela necessidade de reforma e readequação do local.

“Temos cinco retroescavadeiras no total, quatro estão quebradas e apenas duas patrolas em funcionamento - que levaria até uma semana para atender todas as ruas dos bairros e vilas, por exemplo. O caminhão com cesto hidráulico, que faz a troca de lâmpadas, está quebrado, impossibilitando os inúmeros pedidos de atendimento, por isso a Secretaria pediu este auxílio emergencial à Prefeitura e fomos atendidos”, falou Paulo.

A Secretária da Fazenda informou que um dos motivos da liberação da verba, foi devido ao Decreto de contenção de gastos expedido pelo prefeito (que suspendeu a concessão de novas Funções Gratificadas (Fgs); corte de diárias aos servidores e limitou a nomeação dos Cargos Comissionados em 1 3), que ocasionará uma economia de mais de R$337 mil ao município.

“Tenho andado nas ruas dos bairros, vilas e interior, junto da equipe de obras e, através do que vimos, achamos necessário a liberação desta verba emergencial para dar condições ao setor de Obras, com maquinário e reabertura da oficina, para que eles possam atender aos pedidos da população. Esta economia também permitirá a compra de medicamentos para a Farmácia Municipal, que necessita de reposição de algumas posologias e que já solicitamos”, completou Giovani Amestoy.

Prefeito tem encontro com o Promotor de Caçapava do Sul

O prefeito Giovani Amestoy visitou ontem (19) o promotor de justiça Diogo Gomes Taborda, do Ministério Público de Caçapava do Sul. A visita foi para colocar o Executivo a disposição do MP e para tratar de assuntos correlacionados entre os dois órgãos.
Diogo lembrou de algumas ações que o Judiciário tem efetuado em parceria com o Executivo e disse que escolheu a cidade de Caçapava para atuar devido as raízes históricas que têm com a região. O promotor é neto de Attila Taborda, fundador da Escola de Curso Superior em Bagé, que deu início a Universidade da Região da Campanha – Urcamp.
O prefeito disse que é preciso estreitar laços com o MP, que atua diretamente com Secretarias, como a de Assistência Social, por exemplo, e que é preciso unir forças para o combate de crimes contra vulneráveis, em especial às crianças e adolescentes, cujos índices do município são elevados.

Incrições para o Sisu começam na terça-feira; consulta já pode ser feita no site

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) começam esta semana, do dia 24 ao dia 27 de janeiro. As vagas já estão disponíveis e os estudantes podem aproveitar o final de semana para pesquisar as melhores opções.
A consulta pode ser feita no site do Sisu por curso, instituição e município. Ao todo, são 238.397 vagas 131 instituições públicas.
O Sisu seleciona os estudantes com base na nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Cabe a cada instituição definir o cálculo que utilizará para a seleção dos novos alunos. Para participar do processo, o estudante não pode ter tirado nota zero na redação do exame. Ao todo, mais de 6,1 milhões fizeram o Enem em 2016.
Nota de corte 
Após a abertura das inscrições, uma vez por dia, são divulgadas ao notas de corte de cada um dos cursos, tanto pelo sistema universal quanto pelo sistema de cotas.
O candidato também pode consultar, em seu boletim, a sua classificação parcial na opção de curso escolhido. Ao final do período de inscrição, é divulgada a lista de selecionados. No boletim de acompanhamento, o candidato pode consultar sua classificação e o resultado final. Ao longo do período de inscrição, o candidato pode mudar as opções de curso.
O Ministério da Educação (MEC) ressalta que o tanto a classificação parcial quanto a nota de corte são calculadas a partir das notas dos candidatos inscritos na mesma opção. Portanto, são apenas uma referência, não sendo garantia de seleção para a vaga ofertada.
O resultado será divulgado no dia 30. O período de matrícula será de 3 a 7 de fevereiro. Os candidatos que não forem selecionados na chamada regular para as vagas poderão participar da lista de espera, entre 30 de janeiro e 10 de fevereiro. Esses candidatos serão convocados a partir do dia 16 de fevereiro, caso haja vagas remanescentes.

PRF apreende agrotóxicos contrabandeados do Uruguai em Caçapava

A Polícia Rodoviária Federal foi avisada sobre um acidente na BR 153 entre Caçapava do Sul e Bagé na tarde de sexta-feira (20).
Chegando no local do acidente, km 424 da BR 153, os policiais constataram se tratar de uma saída de pista envolvendo um GM Corsa de Bagé. O veículo estava carregado de agrotóxicos contrabandeados. A carga totaliza 230 litros e 17 kg entre herbicidas, fungicidas e inseticidas. O motorista fugiu antes da chegada da equipe PRF.
O veículo foi recolhido ao depósito e a carga apreendida e entregue na Receita Federal.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Empresa apresenta linhas de microcrédito para empreendedores

O vice-prefeito Luiz Carlos Guglielmin, o Presidente da Câmara, Ricardo Rosso e o secretário-adjunto de Agricultura, Indústria e Comércio, Marcelo Freitas, receberam no gabinte nesta sexta-feira (20) representantes da empresa Imembuí Microfinanças para tratar de créditos para empreendedores para capital de giro e capital fixo.
O diretor geral da empresa, Arlimar de Oliveira e seu agente de crédito, o caçapavano Élio Gai, apresentaram os pacotes e formas de aquisição de crédito pela empresa, que atende empreendedores formais ou informais. 
De acordo com o diretor, o Município já possui convênio com a empresa, que cedeu mais de R$900 mil em créditos nos mais de 160 contratos firmados com pequenos e grandes empreendedores.
QUEM PODE ACESSAR?
Agentes produtivos dos setores formal e informal, que tenham o seu próprio negócio como geração de renda familiar. Nas áreas de produção, comércio e prestação de serviços podem contratar o crédito.
COMO FUNCIONA?
O crédito é concedido aos empreendedores formais ou informais que desenvolvam a no mínimo 6 meses, não possuam restrições cadastrais, apresentem garantias de aval compatível com o crédito solicitado e tenham faturamento anual, não superior a R$ 360.000,00. O valor mínimo é de R$ 300,00 e, de acordo com a necessidade e perfil do negócio, pode chegar a R$ 15 mil, conforme sua evolução.

Picada das Graças terá agente comunitário de saúde a partir de abril

A localidade de Picada das Graças deve receber um agente comunitário de saúde a partir de abril. A solicitação foi feita pelo vereador Zilmar Araújo, o Mano (PP) ao secretário da Saúde Juarez Teixeira.
Em reunião na secretaria, na sexta, dia 20, o vereador tratou sobre a reabertura do posto daquela localidade. Teixeira explicou que reabrir as seis unidades do interior que foram desativadas é um projeto do prefeito Giovani Amestoy, mas neste momento é mais viável a contratação de um agente de saúde.
“Designar um profissional para a Picada já é um grande passo, tendo em vista que a aproximadamente oito anos não há agente de saúde no local. O número de moradores também aumentou, tem muitos aposentados que mudaram para lá. As pessoas precisam de um suporte, uma orientação e o agente será bem vindo”, analisa o vereador.
O secretário da Saúde contou que o município pretende adquirir um micro ônibus equipado para atender no interior.
Questionado sobre a falta de pediatra, Teixeira informou que dois médicos se aposentaram, mas a prefeitura está em tratativas para que eles retornem.
“Um deles já está acertado, o Executivo deve encaminhar para a Câmara o projeto para recontratá-lo”, revela o secretário.
Já em relação ao atendimento oftalmológico, a secretária adjunta Maria Geni Oliveira explicou que, assim como outra especialidade, é preciso o encaminhamento do médico do ESF.

Câmara confirma apoio a 27º Feira do Livro de Caçapava do Sul

A comissão organizadora da Feira do Livro de Caçapava do Sul, que já está na sua 27º edição, esteve nesta sexta-feira, dia 20, reunida com o Presidente da Câmara, Vereador Ricardo Rosso, para solicitar o apoio do Legislativo na edição deste ano.
O Coordenador Geral da Feira, Pedro Vanolim Macedo, entregou o Presidente um ofício pedindo que a Câmara colabore com o evento em cinco pontos, onde os dois principais é o transporte dos escritores e a parte de informática da feira, realizada por servidor do legislativo. Os outros apoios são estruturais e institucionais.
A Comissão agradeceu a confirmação do apoio e disse que a Feira não é da Paróquia, nem da Prefeitura e nem da Câmara, é da cidade de Caçapava do Sul, por isso, que a ajuda dos Poderes Públicos são muito importantes e indispensáveis. O evento inicia no dia 13 de maio.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Vigilância Sanitária encontra foco do mosquito Aedes Aegypti em Caçapava

A Vigilância Sanitária está em alerta no município após encontrar uma larva do mosquito Aedes Aegypti, transmissor de Dengue, Zika e Chikungunya na região central de Caçapava do Sul. O mosquito é semelhante ao pernilongo, porém de coloração escura com rajadas brancas e costuma picar durante o dia.

De acordo com Luiz Ilha, responsável pela Vigilância, a larva foi encontrada na rodoviária, em uma das 50 armadilhas que a defesa civil têm espalhadas pelo município. Além do cuidado com pontos estratégicos como oficinas, floriculturas e lava-jatos.

“Como medida estamos fazendo a delimitação do foco em uma área de mais de 24 quadras desde terça-feira (17), mas é preciso a colaboração de todos para que o mosquito não se prolifere e que cause a doença em nossa cidade”, disse Luiz.

Ele pediu para que as pessoas recebam os agentes – identificados com camiseta azul, colete e crachá – em suas residências e que não deixem água parada, onde o mosquito bota seus ovos.

“Acreditamos que, por ter sido encontrado na Rodoviária, o mosquito tenha vindo dentro de um ônibus, pois o transporte passa por locais de foco da dengue no Estado. Vale ressaltar que a presença dele não signifique que haja a doença, mas é preciso ação rápida para que isto não ocorra”, completou Luiz.

Veja as diferenças entre as doenças

Dengue- Os sintomas da dengue são mais diversos, podendo ter dores de cabeça, febre alta, tonturas e dores das articulações, além de sangramentos (nariz, gengivas), dor abdominal intensa e contínua e vômitos persistentes. Não há tratamento ou prevenção específica para a doença. O alívio dos sintomas é feito por meio de medicamentos como analgésicos e antitérmicos, além de muita hidratação, conforme orientação médica.

Zika- Caracterizada pelo aparecimento de manchas avermelhadas pela pele, febre menor do que 38,5, dores articulares ou musculares, dor de cabeça, coceira. Os sintomas desaparecem entre o terceiro e o sétimo dia.


Chikungunya- Os doentes podem apresentar febre acima de 38,5 graus, de início repentino e dores intensa nas articulações de pés e mãos – dedos, tornozelos e pulsos. Pode ocorrer, também, dor de cabeça, dores nos músculos e manchas vermelhas na pele. Cerca de 30% dos casos não chegam a desenvolver sintomas. O controle do mosquito é a ação mais importante, pois as pessoas podem ter chikungunya e dengue aos mesmo tempo.  

Câmara votará o projeto para pagamento do 14º salário das agentes comunitárias de saúde


O Secretário Geral do Município, Nei Tavares, esteve na manhã desta quinta-feira, dia 19, participando de uma reunião com todos os vereadores, para protocolar dois projetos de lei em regime de urgência. A reunião foi na sala do Presidente Ricardo Rosso.
O primeiro projeto solicita autorização legislativa para aprovação dos recursos oriundos do Fundo Nacional de Saúde, no valor de R$ 35.490,00, para o pagamento do 14º salário das agentes comunitárias de saúde. O governo federal envia o recurso todo o final de ano como incentivo para as agentes, no qual para o município pagar é necessário autorização legislativa.
O segundo projeto é para contratação emergencial de um médico psiquiatra para atendimento no CAPS. A contratação será por seis meses.
O Secretário Nei Tavares solicitou urgência nos dois projetos, já que o 14º salário das agentes é preciso colocar na folha deste mês e os pacientes do CAPS não podem ficar sem o médico psiquiatra.

Os vereadores atenderam o pedido do Secretário e votarão as matérias na segunda-feira, dia 23, após uma reunião extraordinária das Comissões permanentes na segunda-feira de manhã.

Polícia Civil pede ajuda do Legislativo na busca por maior efetivo

Na manhã desta quinta-feira, dia 19, o Inspetor de Polícia, Felipe Severo e o Comissário de Polícia, Nereu Manfio, estiveram reunidos com a Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Caçapava do Sul, para expor a situação de dificuldade que passa a Polícia Civil de Caçapava, em virtude do baixo efetivo.
Segundo os Policiais, se continuar assim a Delegacia terá que tomar uma decisão, ou fecha o plantão e mantém a Delegacia, ou mantém o plantão, mas interrompe com o funcionamento da Delegacia. Neste final de ano mais dois policiais se aposentaram, com isso, o efetivo que já era baixo, agora ficou insuportável.
O Presidente Ricardo Rosso, o Vice Presidente Marco Vivian e o 2º Secretário Mariano Teixeira, disseram que farão uma comissão para solicitar ao Secretário de Segurança do Estado, o reforço no efetivo de Caçapava, pedindo que utilize as turmas que estão se formando agora em março e na outra turma de abril.
“Vamos solicitar que alguns desses novos formandos sejam alocados em Caçapava do Sul”, disse Marco Vivian.
Outro tema abordado no encontro, foi a possibilidade da Delegacia local receber recursos do Município e da própria justiça, para fazer melhorias no local e manter a Delegacia. Para isso, existe uma pessoa jurídica formada para receber dinheiro público de outros órgãos.
Um dos cartazes colocados na porta do plantão indica o número de telefone para contato com plantonista. Outros cartazes mostram dizeres como: “Polícia Civil paralisada contra o pacote do governo” e “Polícia Civil vai parar pela sua segurança”.

Também está colocado um cartaz indicando o site Delegacia Online para quem precisa fazer registro de ocorrência de roubo, vias de fato, violação de domicílio, abigeato, dano, furto qualificado, desaparecimento ou localização de pessoas.

Comitiva de Caçapava participa da Assembleia Geral do Consórcio

Em torno de 130 pessoas, entre prefeitos, secretários e vereadores, participaram nesta quarta-feira, dia 18, na Câmara de Vereadores de Cachoeira do Sul da assembleia do Consórcio Intermunicipal do Vale do Jacuí. A entidade por 13 município, onde a entidade presta serviço as cidades, principalmente na área de saúde.
Na oportunidade, foram debatidos temas como gestão e tratamento de água e esgoto; economia de até 50% na energia pública dos municípios (cidade inteligente); criação de agência reguladora de serviços concedidos; aterro para resíduos sólidos na região; revisão de folha de servidores; compra de usina de asfalto e manutenção da 8ª Coordenadoria Regional de Saúde de Cachoeira do Sul.
Participaram da reunião o Presidente da Câmara, Ricardo Rosso e os vereadores Zilmar Araujo (Mano) e Paulo Pereira, além do Vice Prefeito Luiz Carlos Guglielmin e do Secretário de Saúde, Juarez Teixeira

Presidente participou de audiências em Porto Alegre nesta semana

O Presidente da Câmara, Ricardo Rosso, esteve em Porto Alegre nesta terça-feira, dia 17, participando de duas audiências. A primeira foi na Secretaria de Agricultura do Estado e a outra no gabinete do Deputado Federal Jerônimo Goergen (PP – RS)
No primeiro encontro, o Presidente conversou com o Diretor Administrativo da Secretaria de Agricultura, Carlos Carvalho, no qual solicitou uma avaliação da Secretaria sobre alguns procedimentos utilizados pelas Inspetorias Veterinárias, no que diz respeito a exigência do Guia de Trânsito Animal (GTA).

No gabinete do Deputado, o Presidente recebeu a confirmação de uma emenda no orçamento da União no valor de R$ 100 mil, para ser utilizado na área de saúde.

Caçapava pede o credenciamento pelo SUS para o Centro de Traumatologia

Na manhã desta quarta-feira, dia 18, o Vereador Paulo Pereira e o Secretário de Saúde, Juarez Teixeira, estiveram em Cachoeira do Sul para uma reunião com o Coordenador da 8º Coordenadoria Regional de Saúde, Sergio Hernandes, solicitando várias demandas.
O primeiro projeto apresentado ao Coordenador foi a solicitação do credenciamento pelo SUS do Centro de Traumatologia, no qual os equipamentos foram comprados pelo Poder Público em 2016 e doados ao Hospital de Caridade Dr. Victor Lang, com isso, os equipamento já estão sendo utilizados, mas somente particular e convênios. O pedido é necessário porque quem credencia pelo SUS é o Estado, onde os recursos repassados para Encruzilhada do Sul devem ser realocados para Caçapava do Sul, assim que o credenciamento for publicado no Diário Oficial do Estado. O Coordenador informou que vai levar a solicitação de Caçapava a reunião geral dos Secretários de Saúde da região para aprovação e após dar andamento no processo.
Sobre o credenciamento, o Secretário informou que após o pedido de credenciamento a Prefeitura vai conversar com o Hospital, para tentar ajustar o processo, já que o Hospital é peça chave neste projeto.
O segundo projeto apresentado é um pedido de renovação da ambulância do SAMU. O Veículo de Caçapava do Sul é do ano de 2011, por tanto, segundo o Secretário de Saúde, Caçapava está solicitando que na próxima remessa de ambulâncias doadas pelo Governo Federal, uma seja para o município.
Ainda durante a reunião, o vereador protocolou mais dois projetos, o primeiro solicita uma nova ambulância simples para Caçapava, no valor de R$ 163 mil e os recursos através do Estado  para a compra de uma unidade móvel, com gabinete médico e odontológico, no valor de R$ 400 mil.

De acordo com Hernandez, todas as solicitações serão encaminhadas para a reunião geral da Coordenadoria e dado andamento nos processos. Os projetos foram elaborados pela Secretaria de Saúde.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Diário de Santa Maria: Ex-prefeito é condenado a capinar pátio

Segundo o jornal Diário de Santa Maria, o ex-prefeito de Caçapava do Sul Zauri Tiaraju Ferreira de Castro, que comandou o município de 2009 a 2012 pelo PT (atualmente é do PSD), está prestando serviços comunitários em decorrência de duas condenações imposta pela 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, ainda de dezembro. 
Uma referente ao descumprimento da lei das licitações e, outra, por inobservância à lei que regulamenta a atividade de um gestor público. Pela pena referente à lei das licitações, o ex-político teve condenação a uma pena de três anos, seis meses e 15 dias de reclusão em regime aberto, que foi substituída por prestação de serviços à comunidade. Ele ainda terá de pagar 15 salários mínimos. 
Na prática, ele está – desde 12 de dezembro de 2016 – fazendo o corte de grama da Delegacia de Polícia Civil da cidade. A condenação do Coronel Tiaraju, que é militar reformado, é referente a atos administrativos de 2009, quando era prefeito. 
A outra condenação, de dois anos em regime aberto, que também foi revertida em serviço comunitário é referente a irregularidades nas obras de reforma de uma escola localizada na zona rural do município. O político ainda terá de pagar 10 salários mínimos. O caso, inclusive, desencadeou uma CPI, formada pela Câmara de Vereadores em 2010, que apontou possíveis irregularidades no uso do dinheiro público.
Histórico

Ex-prefeito alega que medida é extrema e causa constrangimento à imagem deleFoto: Jean Pimentel / Agencia RBS
Quando esteve à frente da prefeitura, ele teria feito dispensa de licitação para a obra do calçamento de uma via urbana, também teria admitido servidores sem concurso público e, por fim, contratado uma cooperativa de trabalhadores sem licitação. Sobre esse caso, ele alegou situação emergencial – já que o município sofreu com enxurradas e chuvas fortes – para embasar o pedido. 
Mas, segundo a denúncia, parte dos contratados não prestou os serviços para os fins devidos – sendo designados para outras demandas, como auxiliar administrativo, instrutor de dança e até músico para baile do Carnaval do município.
A defesa e a juíza
A defesa de Tiaraju solicitou que ele cumprisse pena no quartel da BM ou dos bombeiros, o que foi negado pela magistrada Paula Mauricia Brun que, em despacho, escreveu que "realizar corte de grama, capina, não desmoraliza ninguém e não fere nenhum direito do apenado"
A magistrada ainda traz, no texto, que "não é prerrogativa (do apenado) 'escolher' onde pretende executar sua pena". A magistrada enfatizou que "para fins da real aplicação da pena, vez que é aposentado como coronel do Exército", os locais apontados pela defesa – quartéis da BM ou dos bombeiros – não seriam os mais apropriados, "o que dificultaria e muito o cumprimento diante da hierarquia existente nas corporações militares".
A prefeitura e o hospital do município foram procurados, pela Justiça, para avaliar a possibilidade de o apenado cumprir a pena, mas esses dois órgãos não aceitaram os serviços do ex-prefeito, relata a magistrada. 
A defesa alegou que "diante do serviço que lhe foi imposto", Tiaraju, por ser ex-prefeito e já ter sido comandante do Exército, poderia ficar exposto a "todo tipo de chacota" na cidade. A magistrada, por fim, sustenta que a Delegacia de Polícia conta com muros, o que impede o acesso visual por parte das pessoas.
A condenação ainda prevê que o político fique inabilitado para o exercício de função pública pelo período de cinco anos.
O que diz o ex-prefeito
"Me sinto extremamente injustiçado. Tudo isso teve origem ainda lá naquela CPI, em meados de 2010, uma CPI política e forjada para me incriminar. Acontece que, agora, fui condenado em 2ª instância, aqui (em Caçapava do Sul) e em Porto Alegre. O absurdo de tudo isso é que para cumprir com o que me foi imposto vou levar dois anos e 9 meses, já que tenho de cumprir de sete a 14 horas semanais de capina. A verdade é que isso tudo é exagerado e incompatível com a minha atividade de político, de ex-prefeito e de coronel. Não concordo e vou recorrer com um mandado de segurança. Minha aptidão não é cortar grama. Se há algo de positivo nisso tudo é que vejo que as pessoas da cidade demonstram consternação e um apoio moral à minha situação"