quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

VÍDEO: O padre é pop e as missas de quinta também

Rudinei Lasch vive uma fase especial. Com um perfil inovador, o pároco de Caçapava do Sul celebra os diversos projetos realizados na Igreja Católica, entre eles, a missa de quinta-feira.
“É uma inovação. Após conhecer um projeto de missa em Caxias do Sul fiquei encantado. Decidi implantar o projeto em Caçapava e há um ano vem dando certo. Cerca de 700 pessoas participam da celebração toda semana”, conta o Padre.
A acolhida e o ritual informal são os principais motivos que atraem fieis a Igreja. “É um dia especial para devoção a Nossa Senhora Desatadora dos Nós. Nesta data priorizamos uma boa animação e a palestra é focada para dignidade humana, ou seja, tem caráter motivacional dentro da espiritualidade”, explica.
Com 34 anos completados no dia 22 de fevereiro, Rudinei Lasch segue incansável no trabalho de evangelização. Para isso utiliza as redes sociais e veículos de comunicação. Além disso, deixa de lado o perfil conservador, comum para quem é padre, e segue o próprio estilo: inovador.
Para quem já fez rapel na torre da Igreja, vibrou com o Grêmio na Copa do Brasil e pesquisa sobre relíquias, entre elas o sino missioneiro da Matriz, claro, sem deixar de lado a fé, o que mais pode vir por aí? Confira na entrevista especial, no vídeo abaixo.

Em entrevista comandante regional da BM fala sobre policiamento no Carnaval

Na tarde desta quarta-feira, dia 22, o Comandante Regional da Brigada Militar, Coronel Kleber Goulart, concedeu entrevista para Rádio Gaúcha, falando sobre a segurança no carnaval de Caçapava do Sul. A entrevista do Comandante foi junto com o Prefeito Giovani Amestoy no programa Gaúcha Repórter.
Conforme o Comandante, na tarde desta terça-feira (21) o comando entrou em contato com a Prefeitura para informar que o problema da falta de profissionais havia sido resolvido. Porém, conforme a Prefeitura, a decisão já havia sido tomada.
Durante a entrevista, o Prefeito informou que o carnaval foi cancelado devido a falta de efetivo da Brigada e do ofício recebido pelo município, informando que a BM disponibilizaria somente um efetivo orgânico para o carnaval, sem acrescimento de novos Policiais.
O Comandante na entrevista afirmou que na terça-feira, dia 21, conversou com o Prefeito e disse que teria condições de dar segurança ao evento e tentou remover a decisão do cancelamento. O Coronel informou  que solicitou policiais que estão saindo da operação golfinho para o suporte dos carnavais de Lavras do Sul e Caçapava do Sul.
O Coronel encerrou dizendo que não faz parte da história da BM abandonar nenhuma das comunidades e que a instituição mesmo com o efetivo defasado dará segurança na região.
Ouça abaixo a entrevista do comandante e do Prefeito na Rádio gaúcha.


VÍDEO: Especial sobre o cancelamento do Carnaval em Caçapava do Sul

Neste ano, o carnaval será diferente em Caçapava do Sul. Os foliões farão um desfile solidário na rua 15 de Novembro, no domingo, 26, a partir das 14 horas.
A tradicional festa que acontecia no Largo Farroupilha foi cancelada ontem (21), após uma reunião entre prefeito, secretários de município e representantes das escolas de samba. 
A decisão inédita virou assunto na cidade e gerou diversas opiniões. Confira a reportagem no vídeo abaixo.  

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Câmara de Vereadores escolhe homenageadas do Dia Internacional da Mulher

A Câmara de Vereadores definiu quem serão as homenageadas da sessão solene do Dia Internacional da Mulher. A tradicional homenagem promovida pelo legislativo caçapavano irá agraciar: Rosa Maria Greca, Marli Ane Stock, Nair Nunes Leão, Lucimar Veloso Madrid, Fátima Santos Dias, Elicelene Bonoto Leão, Alacir Teresinha Vizzotto Dias, Marileybe Sierra Marquez, Clarinda Melo Félix, Clívia Monteiro Osório e Izabel Oliveira.
Através desta homenagem a Câmara reconhece a importância de todas as mulheres que, a exemplo das homenageadas, dedicam-se à família e a profissão, buscando uma sociedade melhor, mais justa e digna.
A sessão solene acontece no dia 10 de março, sexta-feira, às 19 horas, no plenário da Câmara.

Ação conjunta dos órgãos de fiscalização apreendem carne sem procedência

A Secretaria de Agropecuária, Indústria e Comércio, em parceria com a Inspetoria Veterinária, Vigilância Sanitária e Brigada Militar realizaram uma operação contra o crime de abigeato no município na manhã desta quarta-feira, 22.
Diversos veículos foram vistoriados nas avenidas Lima e Silva (saída do município) e Av. Santos Dumont, além de visitas de inspeção em seis estabelecimentos entre mercados, açougues e restaurantes.
Mais de 30 quilos de carne, em más condições de conservação, foram apreendidas em um dos estabelecimentos, que já foi autuado em operação anterior. Os responsáveis por este estabelecimento responderão processo administrativo pela venda de alimento impróprio para consumo.
“O objetivo da operação é combater o crime de abigeato, identificar a venda e compra de carne sem procedência, além de fiscalizar o manuseio correto da carne, e higiene destes estabelecimentos, para preservar a saúde do consumidor”, disse um dos funcionários da inspetoria.
O prefeito Giovani Amestoy, que também acumula a Seagropic, e seu adjunto, Marcelo Freitas, acompanharam o início da ação, por volta das 6h30, ao lado do sargento da BM Ciro Rodrigues e da soldado Tereza Cristina.
Também participaram da ação: Bruna Velho Costa e Silva (inspetora veterinária); José Flávio Coelho da Silva (técnico da Inspetoria); André Marques Evangelho (veterinário); e os fiscais Julio Cezar Forgiarini Dias, Ana Clara Vargas de Melo e Luiz Ilha.
De acordo com a Seagropic, a ação ocorrerá ao longo do feriado prolongado de Carnaval e o objetivo é intensificar este tipo de fiscalização durante o ano para combater o alto índice de abigeato do município.


terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Carnaval em Caçapava é cancelado, mas terá desfile das escolas no domingo

O prefeito Giovani Amestoy e o secretário de Cultura e Turismo, Leandro Bazotti, se reuniram na tarde desta terça-feira (21) com os representantes das escolas de samba de Caçapava do Sul para juntos tratarem do cancelamento da programação do Carnaval 2017 após debaterem a falta de segurança no município.
Esta foi a segunda reunião para discutir o assunto depois do recebimento do ofício da Brigada Militar que dizia “que o município contaria apenas com o efetivo orgânico […] insuficiente para garantir a plena segurança do evento”.
Ontem (20) o prefeito esteve com representantes das escolas de samba para tratar das possíveis alternativas de realização do evento, pois este ano os carnavalescos homenageariam personalidades caçapavanas, além de cantarem o preconceito contra o Carnaval.
Levando em consideração o momento atual foi decidido, em conjunto com os presidentes das escolas, que o município realizará um “Desfile solidário das escolas de samba”, no domingo (26), às 14 horas, na rua 15 de Novembro (avenida do Samba).
Além de apresentar a corte escolhida em votação online pelos caçapavanos e o trabalho feito pelas escolas de samba, a prefeitura colocará um posto de coleta de alimentos não perecíveis e material escolar, na Praça da Matriz, que serão doados às entidades e crianças carentes do município.
O vice-prefeito Luiz Guglielmin, o presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) Odacir Mariani e Cátia Cilene de Morais Dutra, representando o Grupo Clara Nunes, estiveram na reunião desta terça (21).

Escolas de Samba homenageiam caçapavanos e o Carnaval

A escola de samba Unidos da Vila Sul “apresentará a Bença, tio França e Canjiquinha , dois importantes membros da Escola e da comunidade que já partiram”, disse o presidente da agremiação Daniel Dornelles. A escola deve trazer mais de 70 integrantes na bateria e 150 para o desfile. Os ensaios ocorrem de segunda a sexta, das 20h às 22h, na Escola Nª. Srª. das Graças.
A Leões da Fiel homenageia Adroaldo Guterrez e a família do empresário, já falecido, que foi um dos precursores do bar e restaurante Meu Cantinho, disse Gilson Perdomo, vice-presidente. A escola, que faz trabalhos sociais com crianças e adolescentes com oficinas de música e confecção de instrumentos e figurino, conta com 80 integrantes em média e está ensaiando de segunda a sexta, das 19h às 21h, na escola Cristo Redentor.
A Unidos da Vila São João traz a história do samba contra todos os preconceitos com o samba-enredo “Embaixo do Nariz”, que narra o samba vindo da Bahia, passando pelo Rio de Janeiro e chegando até Caçapava. Os ensaios ocorrem de segunda a sexta, no Estádio Macedão, das 19h às 22h.

Vereador solicita expansão de rede água até a Escola Lino Azambuja

O Vereador Luis Fernando Torres (Boca PT), junto com a vereadora Márcia Gervásio (PDT), solicitou junto a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), unidade local, a expansão da rede de água até a Escola Municipal Lino Azambuja, interior de Caçapava do Sul.
Segundo Torres, existe atualmente uma rede de água da Corsan na avenida Pedro Anunciação, que leva água potável até a Escola Técnica Estadual Dr. Rubens da Rosa Guedes (antigo CRES) e até o Parque de Exposições do Sindicato Rural. Esta rede foi expandida no passado até a Vila do Frigorífico.

Com isso, o pedido dos parlamentares é que a Corsan faça uma nova expansão nessa mesma rede, mas agora até a Escola Lino Azambuja, que fica na região. Segundo o Vereador Boca Torres, esta iniciativa irá beneficiar outras casas da região e os alunos que estudam neste educandário.

Presidente participa de reunião sobre calçamento no bairro São Judas Tadeu

O Presidente da Câmara, Ricardo Rosso, e os secretários de Planejamento, Flávio Monteiro e de Obras, Paulo Henriques, se reuniram com moradores do bairro São Judas Tadeu para ouvir as demandas da região. A reunião ocorreu na Associação de Trovadores Rui de Freitas. 
Os moradores relataram os problemas das ruas, principalmente na rua Castelo Branco e da falta de esgoto. Também manifestaram interesse no projeto de calçamento comunitário, como já haviam manifestado anteriormente para Rosso.
Foi acordado que eles nomearão um representante por rua para fazer o levantamento dos moradores interessados a aderirem o calçamento e encaminharão ao gabinete de Rosso. O presidente do Legislativo, assim que tiver o documento, enviará para a Secretaria de Planejamento. que irá orçar o projeto e apresentar novamente à comunidade.
" O Vereador Marquinho Vivian está pleiteando junto ao seu Deputado Federal uma emenda para auxiliar nas obras de calçamento de algumas ruas deste bairro", disse o Presidente.

Segurança Pública: “O Estado será pressionado todos os dias”, afirmam vereadores

A falta de segurança pública está preocupando a população de Caçapava do Sul que através das redes sociais pede a mobilização da comunidade para dar um basta nessa situação.
Somente neste final de semana, um empresário foi assaltado, vândalos depredaram registros de água de residências na Avenida Presidente Kennedy e pneus de carros que estavam estacionados em ruas centrais foram furados. É possível ainda enumerar a quantidade de furtos que têm ocorrido na cidade: motocicletas, lojas, residências.
Além do aumento da criminalidade, na última semana a Polícia Civil anunciou o fechamento do plantão durante a noite e o Corpo de Bombeiros também suspendeu provisoriamente o plantão. Ambos justificam esta atitude devido a falta de efetivo.
Já a Brigada Militar também está sofrendo com a falta de policiais, onde a cada ano diminui o efetivo, tanto com transferência, quanto aposentadoria de servidores. Mas em contrapartida o Estado não disponibiliza ninguém para ocupar os lugares vagos.
Desta forma, os vereadores de Caçapava do Sul após participarem de inúmeras reuniões em Porto Alegre pedindo mais policiamento, inclusive em audiência com o Secretário de Segurança Pública do RS, Cesar Schirmer, mas trazendo para Caçapava uma resposta negativa do Governo do Estado, resolveram intensificar o seu trabalho nesta área.
Em reunião na tarde desta terça-feira, dia 21, a Mesa Diretora da casa e outros parlamentares criaram uma agenda de trabalho sobre este tema e uma comissão formada por todas as bancadas para tratar somente deste assunto.
Primeiro ato foi remeter ao Prefeito Giovani Amestoy um ofício informando que o Legislativo está a disposição do Executivo para participar de todas as reuniões sobre Segurança Pública que for intermediada pela Prefeitura e solicitou ao Prefeito que inicie o processo de criação da Guarda Municipal, para colaborar com a BM na proteção da comunidade e dar Segurança aos espaços públicos.
“ Sabemos que este processo de criação da Guarda Municipal é lento e burocrático, por isso, que estamos solicitando que este novo programa inicie este ano, para que a médio prazo esteja funcionando”, disse o Presidente Ricardo Rosso.
Os vereadores irão fazer também um levantamento de tudo que o município ajuda o Estado na área de Segurança, como a cedencia de estagiários e servidores, além da ajuda financeira para os grupos de apoio a BM, Polícia Civil, Presídio e Corpo de Bombeiros.
Com esses dados, os vereadores marcarão diversas reuniões na capital do Estado para cobrar do Governo uma posição de no mínimo amenizar o problema com a manutenção dos serviços básicos dos órgãos de segurança.
Segundo o Vice Presidente da Câmara, Marquinho Vivian, a promessa do Secretário Cesar Schirmer é que em maio deste ano o efetivo no interior seja aumentado, coma formatura de novos policiais, mas não garantiu a quantidade.

“Os Poderes Públicos Municipais não irão descansar enquanto não haver resposta do Estado, pressionando Deputados, Secretários de Governo e também o próprio Governador, seremos uma pedra no sapato de cada um deles, mostrando a nossa força e união”, disseram os vereadores.

Vereador acompanha a chegada da madeira para a ponte do seivalzinho

Na manhã desta terça-feira, dia 21, o vereador Luiz Fernando Torres (Boca PT) esteve na localidade do Seivalzinho, interior de Caçapava do Sul, para acompanhar a chegada da madeira que vai construir uma ponte nova no arroio da divisa, que liga Caçapava do Sul a Cachoeira do Sul.
Segundo o vereador, como a ponte antiga está com problemas estruturais e não passa veículos pesados, a Secretaria de Obras resolveu construir uma ponte menor ao lado, para o escoamento da produção que começa em março, principalmente com arroz e soja.
A madeira foi comprada pelos produtores rurais da região, pela Cooperativa Cotrisul e Prefeitura, que entrou também com a mão de obra da ponte.
Os servidores da Secretaria de Obras já estão no local para iniciar a construção da ponte, mas devido ao mau tempo e a cheia do arroio o serviço terá que ser adiado por mais alguns dias, até a água baixar.

Após vistoriar a madeira, o vereador percorreu a região para conversar com alguns produtores, onde a maioria solicitou também o conserto da estrada.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Vereador vistoria a ponte do salsinho, que precisa de reforma

O Vereador Silvio Tondo (PP), esteve na última semana vistoriando a ponte do salsinho, no interior de Caçapava do Sul, que está interditada para veículos pesados e precisa de uma reforma completa.
Durante a vistoria, foi constatado que as últimas enxurradas comprometeram a estrutura da ponte de madeira, que está atravessada, com muitas árvores presas que foram levadas pela força da água.
O Vereador fez a solicitação formal a Secretaria de Obras solicitando o conserto da ponte, já que a colheita da solha inicia em março na região e a ponte é importante para o escoamento da produção.

Neste momento somente veículos leves passam pela ponte. “ A Secretaria de Obras está fazendo todo o possível para atender a demanda da cidade e do interior, por isso, que o Legislativo quer ser parceiro da pasta para ajudar a resolver os principais problemas estruturais do interior”, disse o vereador.

Em sessão extra, Câmara vota a reposição de 3,58% para os servidores Municipais

A Câmara de Vereadores de Caçapava do Sul realizou nesta segunda-feira, as 14h, uma sessão extraordinária, para apreciar e votar o projeto de lei de origem executivo, que concede uma reposição de 3,58% para os servidores públicos municipais.
O Prefeito enviou o projeto ao Legislativo no início da semana passada, onde no decorrer da semana antes de realizar a sessão, os parlamentares se reuniram com o Sindicato dos Funcionários Públicos e o Sindicato dos Professores Municipais.
Durante as reuniões com as categorias, as duas entidades se manifestaram contrários ao valor da reposição, porque o índice está abaixo da inflação, mas concordaram com a aprovação, porque segundo o executivo este é no momento o único reajuste que pode ser dado devido a crise econômica.
Os dois sindicatos informaram que no decorrer do ano irão lutar por uma nova reposição, principalmente os professores, já que o índice do Fundeb para o pagamento do Piso nacional foi em 2017 de 7,65%.

Com a concordância dos sindicatos, os vereadores realizaram a sessão extra e aprovaram por unanimidade a matéria.

domingo, 19 de fevereiro de 2017

Força Tarefa prende um dos maiores abigeatários da região da campanha

A Força Tarefa de Combate aos Crimes Rurais e Abigeato, com apoio da Delegacia de Dom Pedrito, prendeu na manhã de hoje (18) um homem investigado por furtos de gado na região da campanha. Há vários meses ele era investigado pelo grupo da Força Tarefa. O acusado não teve o nome revelado pelos policiais, por isso nossa reportagem foi atrás destas informações, e descobrimos que se tratar de João Anderson Severo, mais conhecido por “Dissom” de 46 anos. Ele é acusado de furtar diversos animais bovinos dos municípios de Bagé e Dom Pedrito.
Em razão das investigações o Delegado Adriano Linhares, responsável pela Força Tarefa, representou pela prisão preventiva de João, bem como por mandados de busca e apreensão em sua propriedade rural e residência. O pedido foi atendido pelo Poder Judiciário de Dom Pedrito, e a ação foi realizada nesta manhã.
Durante as buscas na propriedade rural do investigado, localizada na Ferraria, foi apreendida uma vaca com a marca de um produtor Rural de Bagé, tendo o animal sido reconhecido pelo proprietário como sendo de sua fazenda. Essa foi mais uma ação da Força Tarefa da Polícia Civil que tem como objetivo a diminuição dos índices de abigeato no Rio Grande do Sul.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Conserto da ponte que dá acesso ao Piquete Guarda Velha entra na pauta

O Vereador Silvio Tondo (PP), esteve na tarde desta quinta-feira, dia 16, vistoriando a ponte de concreto que dá acesso ao Piquete Guarda Velha, interior de Caçapava do Sul.
No acesso a ponte, o concreto rachou deixando um buraco perigoso para os motoristas e que comprometem a estrutura. A Prefeitura colocou no ano passado umas madeiras provisórias para dar trafegabilidade no local, mas com o passar do tempo o buraco no concreto vai aumentando, comprometendo a cada dia o trânsito de veículos.
O Vereador solicitou através de ofício o conserto da ponte e conversou  pessoalmente com o Secretário de Obras, Paulo Henriques sobre o assunto. Segundo o Vereador, a Prefeitura está com muita demanda neste início de ano, principalmente relacionado a estrada e pontes, “por isso, que não estamos fazendo requerimento, o trabalho é em conjunto para tentar resolver os principais problemas”, disse Tondo.

O Vereador esteve também vistoriando o trabalho que a Secretaria de Obras está fazendo na estrada do Salsinho e Bom Jardim, com patrolamento e colocação de cascalho.

Vereador faz vistoria nas obras do Campo da Promorar e no Parque da Fonte do Mato


O Vereador Luis Fernando Torres (Boca PT), esteve nesta semana realizando uma vistoria em duas importantes obras de Caçapava do Sul, que ainda não foram entregues para comunidade.
O primeiro local vistoriado foi o Campo da Promorar, onde a revitalização do local iniciou em 2015, mas em 2016 a empresa responsável pela obra desistiu do contrato, faltando apenas a colocação do campo, porque a estrutura de vestiário, tela de proteção e a pista lateral já haviam sido concluídas.
O vereador entrou em contato nesta semana com o Secretário de Planejamento Flávio Monteiro, onde foi informado que a Prefeitura já rompeu o contrato com a empresa responsável pela Obra e o atual Prefeito assinou um novo termo com a Caixa Federal, se comprometendo em reparar os danos de depredação e de licitar novamente a obra para ser concluída, utilizando o saldo financeiro existente no convênio.
“ Como a obra está parada, os vândalos estão depredando o local, danificando as telhas do vestiário e cortando a tela de proteção. Quando estive no local estava tudo chaveado mas as luzes estavam acesas, por tanto, é necessário que o município resolva este problema o mais rápido possível para entregar a obra a comunidade, no qual será usada também para um trabalho social com as crianças da região, através do esporte”, disse o Vereador.
O vereador mencionou ainda, que este recurso foi conseguido no final de 2013, visando melhorar a qualidade de vida dos moradores da Promorar e região, utilizando o espaço como inclusão social através do esporte. Torres solicitou ainda que o projeto seja alterado, colocando grama comum no campo, ao invés de grama sintética.
O segundo local vistoriado foi o Parque da Fonte Mato, onde a obra está praticamente concluída pela empresa, faltando apenas a limpeza por parte da Prefeitura e a ligação da energia na iluminação do parque, além de pequenos ajustes.
O vereador enviou um ofício a Prefeitura esta semana pedindo a limpeza do local e os últimos ajustes para entregar à obra a comunidade. Acompanharam a  vistoria na Fonte do Mato alguns artistas locais. Segundo os artistas, o espaço é de grande potencial para desenvolver qualquer atração artística, mas para que isso aconteça é preciso que seja ligada a energia elétrica do local, bem como a limpeza das arquibancadas para que possamos usufruir deste espaço adequadamente.




Câmara fará sessão extra para votar reajuste dos servidores municipais

A Câmara de Vereadores realizará na segunda-feira, dia 20, às 14 horas, uma sessão extraordinária. O Executivo convocou os vereadores para votar o reajuste dos servidores municipais.
O projeto de lei do executivo concede uma reposição salarial aos servidores de 3,58%, abaixo da inflação. Já para os professores o índice fica abaixo do Fundeb que em 2017 foi reajustado em 7,65%. O município informou que devido a crise financeira, no momento este é o percentual que poderá ser pago.
A Câmara de Vereadores convidou os dois sindicatos, dos professores e dos funcionários públicos para avaliar o projeto e pedir um parecer da categoria sobre o índice.
No ano passado o sindicato dos professores conquistou o pagamento integral do piso salarial. De acordo com Dolores Stell, a luta para manter o reajuste do Fundeb e o piso continuará. O sindicato irá aceitar a reposição, mas vai trabalhar para que ao longo do ano a Prefeitura pague o restante.
Já o sindicato dos funcionários públicos afirma que o índice não chega perto do que a categoria está reivindicando. Segundo o Sindicato, a solicitação inicial era de 18%, para terminar com o complemento salarial dos servidores que ainda ganham abaixo do mínimo, mas a segunda opção é ter um reajuste de no mínimo o da inflação dos últimos 12 meses, que ficou entre 5% a 6%.
Os dois sindicatos informaram que o valor não é o desejado pela categoria, mas concordam com a aprovação do projeto, porque se a proposta não passar a reposição será zero.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Vereadora Jussarete Vargas encaminha trabalhadores para a colheita das oliveiras

A vereadora Jussarete Vargas (PP) em parceria com o vereador licenciado José Sidnei Menezes (Pirola-PP), encaminhou 20 trabalhadores para a colheita das oliveiras.
A empresa que irá contratar é a Tecnoplanta, especializada na produção de mudas florestais e de oliveiras, que possui filiais no Espírito Santo e na Bahia. A fábrica que produz o azeite Prosperatto está instalada na Vila Progresso.
O contrato será por 30 dias, durante o período de safra, mas os trabalhadores receberão salário base de R$ 1.124,00, mais complemento por produção, transporte e alimentação.
De acordo com o supervisor florestal Josito Portolann Moura, a Tecnoplanta esperava colher somente daqui a cinco anos, mas as condições climáticas e de solo permitiram que a colheita acontecesse dois anos antes.
A equipe contratada deve iniciar o trabalho no dia 27, até lá eles receberão treinamento, os equipamentos de proteção individual (EPIs) e terão tempo para providenciar a documentação exigida e fazer os exames para a admissão.

Estudo revela que sino da Igreja Matriz é o único em funcionamento no Estado

Um estudo feito pela Igreja Católica aponta que o sino da Igreja Matriz de Caçapava é o único em funcionamento no Estado. A revelação foi feita pelo padre Rudinei Lasch, durante visita ao Legislativo, na quarta, dia 15.
De acordo com o pároco, trata-se de um sino missioneiro e foi feito em 1715, portanto, tem cem anos a mais que a igreja. O estudo sobre a relíquia ainda não foi concluído.
O padre Rudinei também aproveitou para divulgar a missa das quintas, celebração onde os fieis intercedem a Nossa Senhora Desatadora de Nós a realização de projetos. Nas novenas a comunidade, que lota a igreja Matriz, pode demonstrar a sua fé.
O presidente do Legislativo foi presenteado pelo padre Rudinei Lasch com uma imagem da santa.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Sindicato dos Professores Municipais se reúnem com vereadores

Na tarde desta terça-feira, dia 14, o Presidente da Câmara, Ricardo Rosso, junto com os demais vereadores da casa receberam para uma reunião a direção do Sindicato dos Professores Municipais.
Na pauta do encontro estava o projeto de lei do executivo que concede uma reposição salarial aos servidores de 3,58%, abaixo do índice do Fundeb que em 2017 foi reajustado em 7,65%. No projeto original o município informou que devido a crise financeira este é o percentual que o município pode pagar no momento.
“O pagamento integral do piso salarial do magistério foi uma conquista da categoria no ano passado e o Sindicato vai lutar para manter todos os anos o reajuste do Fundeb e manter o piso”, disse a Presidente do Sindicato Dolores Stell.
Segundo as professoras, o Sindicato vai aceitar esta reposição oferecida mas vai lutar ao longo do ano para a Prefeitura pagar o restante, onde faltará segundo o Sindicato, 4,06%. “ A Prefeitura informou que ao longo do ano o restante do reajuste do Fundeb será pago, mas não especificou o mês”, disse as professoras.
Na reunião ficou decidido que o Sindicato mandará um ofício para a Câmara informando que o valor oferecido não é o desejado pela categoria, mas concordam com a aprovação do projeto, porque se a proposta não passar a reposição será zero.


Presidente da Comissão de Educação acompanha vistoria do Transporte Escolar


O Presidente da Comissão de Educação da Câmara de Vereadores de Caçapava do Sul, Marquinho Vivian (PMDB), esteve na manhã desta quarta-feira, dia 15, acompanhando a vistoria anual dos veículos do transporte escolar.
O município atualmente possui 56 linhas terceirizadas e 12 linhas com veículos próprios, totalizando 68. Durante a vistoria os servidores da Secretaria de Educação informaram que o município transporta 2.102 alunos por dia e gasta com transporte escolar por ano mais de R$ 3 milhões.

“ A Comissão de Educação e Saúde estará presente em todas as ações importantes do município, para dar apoio e fiscalizar as ações. O parlamento precisa estar presente em tudo”, disse o vereador.

Vereadores recebem o Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais

Na tarde desta terça-feira, dia 14, o Presidente da Câmara, Ricardo Rosso, junto com os demais vereadores da casa receberam para uma reunião a direção do Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais.
Na pauta do encontro estava o projeto de lei do executivo que concede uma reposição salarial aos servidores de 3,58%, abaixo da inflação e segundo os sindicalistas nem perto do que a categoria está reivindicando.
No projeto original, a Prefeitura informa que este é o índice que o município no momento tem condições de oferecer, em virtude da crise financeira que atravessa todos os municípios, principalmente pela queda na arrecadação.
Segundo o Sindicato, a solicitação inicial era de 18%, para terminar com o complemento salarial dos servidores que ainda ganham abaixo do mínimo, mas a segunda opção é ter um reajuste de no mínimo o da inflação dos últimos 12 meses, que ficou entre 5% a 6%.
Na reunião ficou decidido que o Sindicato mandará um ofício para a Câmara informando que o valor oferecido não é o desejado pela categoria, mas concordam com a aprovação do projeto, porque se a proposta não passar a reposição será zero. Após a chegada do ofício do Sindicato o Presidente marcará a sessão extraordinária, que poderá ser na segunda-feira, dia 20.

Vereadora promove reunião no Santa Bárbara visando a recuperação da ponte

A vereadora Jussarete Vargas promoveu no final da tarde desta segunda-feira, dia 13, uma reunião com a comunidade do Santa Bárbara, para debater um plano de ação visando a recuperação da ponte velha do Santa Bárbara, que liga Caçapava a São Sepé, onde há vários anos está interditada.

Participaram também do encontro o  Prefeito Giovani Amestoy, acompanhado do Secretário de Obras Paulo Henriques, e do vice-prefeito de São Sepé, Marco Aurélio Cunha Santos, e de seu Secretário de Obras, Flávio Ilha. Os vereadores Boca Torres e Alex Vargas também participaram do encontro.

As autoridades dos dois municípios foram até a ponte para planejar uma ação conjunta na ponte, visando a sua recuperação, já que a estrutura está comprometida há mais de 7 anos.

Após a vistoria na ponte, eles se reuniram com moradores da localidade na Capela da Colônia de Santa Bárbara, a convite dos vereadores Jussarete Vargas, para discutir o plano de recuperação da ponte e da estrada entre os dois municípios.

Foi acordado com a comunidade local que as prefeituras farão um levantamento do orçamento para a construção da ponte, que será refeita em parceria, cujas madeiras serão doadas pelos moradores da localidade. A Prefeitura de São Sepé e de Caçapava devem ainda arcar com a compra das estacas de ferro e, em conjunto, usar seus maquinários para a construção da ponte, que será refeita com mão de obra caçapavana.

Os moradores solicitaram ainda a ampliação do canal do pontilhão por onde passa o Rio Santa Bárbara, além de patrolamento. A Secretaria de Obras solicitou aos produtores que possuem maquinário que ajudem na roçada das laterais da estrada, haja vista que falta máquinas na oficina de Obras municipal.

.





terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Palácio Piratini confirma Otomar Vivian na presidência do IPE

O governador José Ivo Sartori confirmou, nesta terça-feira (14), no lançamento da Expodireto Cotrijal 2017, o nome de Otomar Vivian para a presidência do Instituto de Previdência do Estado (Ipergs). O ato ocorreu no Galpão Crioulo do Palácio Piratini. Vivian assume o comando no lugar de José Alfredo Pezzi Parode, novo titular da Secretaria do Planejamento de Porto Alegre. 
Ex-deputado estadual, ex-prefeito de Caçapava do Sul e ex-chefe da Casa Civil, entre outras funções públicas, Otomar Vivian já havia exercido a presidência do instituto. Foi presidente da Assembleia Legislativa e diretor de Planejamento do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). 
O nom nO nome de Otomar Vivian foi encaminhado a Assembleia Legislativa para a sabatina tradicional, com isso, a comissão da AL dará o parecer para o projeto ira ao plenário.

Prefeitura protocola na Câmara projeto de reajuste dos servidores públicos

O Secretário Geral do Município, Nei Tavares, esteve na manhã desta terça-feira, dia 14, protocolando na Câmara o projeto de lei que reajusta em 3,58% os vencimentos dos servidores públicos municipais.
O Secretário foi recebido pelo Presidente do Legislativo Ricardo Rosso e os vereadores Alex Vargas, Márcia Gervásio  e Luis Fernando Torres. Segundo Tavares, devido a crise financeira e econômica que passa os municípios esse é o único percentual que a Administração pode oferecer.
Os vereadores questionaram o Secretário  porque o valor da reposição é menor que a inflação, que no acumulado é  maior que 5%. Para os professores o índice é o mesmo 3,58%, abaixo que o reajuste do Fundeb que em janeiro foi de 7,65%.
O Presidente informou que vai marcar a sessão extraordinária para votação do projeto, mas antes os vereadores irão chamar os dois sindicatos para avaliar o projeto e pedir um parecer da categoria sobre o índice. Na ata em anexo ao projeto, o sindicato pediu o mínimo da inflação, que é superior a 5%, mas a proposta inicial era entorno de 18%, para suprir a defasagem dos primeiros padrões da Prefeitura.
A Administração Municipal reuniu-se sexta-feira (10) com o Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais e representantes da Comissão de Cargos e Salários para apresentarem a proposta de reposição e reajuste salarial. A Administração Municipal ofereceu 3,58%. Também estavam presentes nesta reunião o prefeito Giovani Amestoy e os Secretários Nei Tavares (Geral), Ihoko Nakashima Mota (Fazenda) e José Junior dos Santos Dias (Administração).

De acordo com Ihoko, o município passa por medidas de austeridade para equilibrar o financeiro. “A previsão da receita de fevereiro é de R$1,5 milhão a menos do que a receita de janeiro, que foi satisfatória devido o recebimento do IPTU antecipado. Mas não podemos dar um passo maior do que a perna em relação ao aumento proposto, se não teremos de parcelar salário como já ocorrem em outros municípios e no Estado”, alertou.

Segundo José Junior houve um estudo real da proposta apresentada pelos Servidores e que o valor pedido é baseado em cima da Lei Orçamentária prevista para este ano de mais de R$103 milhões, mas que não condiz com o valor real que deve ser arrecadado, cuja estimativa é que não ultrapasse os R$95 milhões.


Nei explicou que o limite permitido de gastos é de 54%, e que Caçapava, com o reajuste de 3,58%, ficará em 52,39%, quase no limite permitido pelo Tribunal de Contas do Estado. “Não podemos ultrapassar este índice, caso isso ocorra, como medidas paliativas, o TCE indica que sejam efetuadas demissões para que se regularize o índice além de fazer apontamentos para o município. E isto não queremos”, alertou.

Giovani disse que, em compensação, estuda o aumento do vale alimentação dos funcionários no primeiro semestre como forma de valorização da classe e que este reajuste poderá ser revisto ainda neste ano, caso haja previsão de melhora na receita municipal.


Nome de Otomar Vivian já está na Assembleia para sabatina como Presidente do IPE

O Governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, enviou na última semana para a Assembleia Legislativa do Estado, a indicação do Ex-Prefeito de Caçapava do Sul, Otomar Vivian, para assumir como Diretor-Presidente do Instituto de Previdência do Estado (IPERGS).

O nome de Otomar Vivian precisa passar por uma sabatina na Assemb leia Legislativa do Estado e ser aprovado pelo plenário da Casa, conforme determina o artigo 53 da Constituição Estadual.

O ofício do Governador foi encaminhado no dia 07 de fevereiro para parecer da Comissão de Constituição e Justiça, após a sabatina que é realizada na própria Comissão. Após o parecer final a indicação vai para votação no plenário.

Se todo o tramite for realizado normalmente, Otomar Vivian volta a Presidente do IPE no mês de março.

Corpo de Bombeiros de Caçapava fechará o plantão noturno nos próximos dias

Um ofício, entregue pelo Corpo de Bombeiros aos órgãos públicos nesta segunda-feira, 13, notifica que não haverá guarnição para atendimento de ocorrências no turno da noite, a partir desta terça-feira, 14.
Prefeitura e Câmara de Vereadores foram os primeiros estabelecimentos que receberam o ofício. No documento, consta que não haverá expediente entre às 20 horas e 8 horas nos dias 14, 16, 19, 21, 23 e 25 de fevereiro. Neste período, a guarnição de São Sepé será a responsável pelo atendimento em Caçapava do Sul, em caso de necessidade.
Segundo o comandante do Pelotão de Bombeiro Militar do município, Sargento Daniel Stock, os principais motivos do fechamento do plantão noturno são a falta de efetivo e a redução drástica das horas extras pagas aos bombeiros. 
“Neste período haverá apenas a permanência de guarda no quartel. Se continuar assim, a situação tende a se agravar por falta de pessoal”, afirma o Sargento.
O efetivo do Corpo de Bombeiros de Caçapava do Sul é formado atualmente por sete homens, sendo que um deles está atuando na operação golfinho, outro está de férias e um dos homens está em licença paternidade.

VÍDEO: Conheça o trabalho social realizado pelo Banco da Amizade

Uma das novas ações promovidas pela associação é a Campanha de Volta às Aulas
Sem fins lucrativos e com objetivo de ajudar o próximo, a Associação Banco da Amizade é responsável por desenvolver um trabalho de assistência social em Caçapava do Sul.
Atualmente, a associação tem mais de 800 famílias cadastradas e conta com o apoio de todos para seguir realizando auxílio aos mais necessitados. Mas tudo começou, graças a iniciativa da Tia Ladi, que não concordava com a política escolar de alguns anos atrás.

“As turmas eram separadas por classe social. Isso me doía muito. Passei a não querer mudar o mundo, mas lutar por justiça social e ajudar aqueles que mais precisam”

Tia Ladi
Hoje, uma das novas ações promovidas é a Campanha de Volta às Aulas. A campanha está arrecadando material escolar para distribuir às crianças. De acordo com a equipe diretiva do banco, são mais de 200 estudantes na lista para serem atendidos.
Interessados em doar material escolar podem fazer a entrega no Banco da Amizade, que fica localizado na Estrada dos Maciel, próximo ao Aeroporto Santos Dumont ou na Farrapo, localizada na rua Benjamin Constant, 785.
Para saber mais sobre o trabalho realizado no Banco da Amizade, confira a reportagem especial produzida pela Farrapo. 


segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Vereadora faz visita institucional a EMEI Eva Saldanha

Na manhã desta segunda-feira, dia 13, a vereadora Jussarete Vargas (PP)  realizou uma visita institucional a Escola Municipal de Educação Infantil, Eva Saldanha.
O objetivo da parlamentar e realizar uma visita em todas as EMEIs, para acompanhar o trabalho que é realizado pela equipe diretiva e pelos professores e funcionários dos educandários, além de fazer um relatório com as principais demandas de cada escola para após reivindicar junto ao Poder Executivo.
Durante a visita, a vereadora foi recebida pela Diretora Silvia Miranda, onde foi apresentado o funcionamento da EMEI, número de alunos e os principais projetos. Segundo Jussarete, a escola precisa também de um aumento no seu quadro funcional, como duas monitoras e uma estagiária.

A parlamentar parabenizou a diretora pelas várias iniciativas que estão sendo tomadas dentro da escola e informou que vai trabalhar para melhorar ainda mais o trabalho dentro das EMEIs.

domingo, 12 de fevereiro de 2017

Região é destaque na produção de olivas. Caçapava é considerada pioneira


Foto: Caçapava foi destaque no lançamento do Programa Estadual de Olivicultura em 2016

Não é de hoje que a produção de oliva tem se destacado no Rio Grande do Sul. Tanto que uma das pioneiras interessadas pela olivicultura, há 12 anos, foi Caçapava do Sul. Atualmente, existem, em média, 160 produtores no Estado, que plantam em uma área total de 2 mil hectares de oliveiras – 90% deles na Metade Sul, com destaque para municípios da região de cobertura do Diário de Santa Maria, como Caçapava do Sul, Formigueiro e São Sepé.

De acordo com o engenheiro agrônomo Paulo Lipp, coordenador da Câmara Setorial da Citricultura e Olivicultura na Secretaria de Agricultura, Pecuária e Irrigação, a meta é chegar a 3 mil hectares até o final de 2018.
– A área de oliva no Estado tem crescido 400 hectares por ano. Isso, em 2016, representou um crescimento de 25% de área plantada em relação a 2015 – diz.
No Estado, as áreas de plantio estão espalhadas em 55 municípios. A maioria dos olivais está em fase de formação das plantas. Em média, a primeira colheita pode ser feita depois de três anos e meio. Em 2016, foram colhidas 300 toneladas de oliva.De acordo com o diretor da Tecnoplanta Florestal, Eudes Marchetti, o valor do quilo colhido de oliva custa de R$ 2,70 a R$ 3. Por ano, a colheita, considerando um pomar adulto (acima de oito anos), rende 6 toneladas, de R$ 15 mil a R$ 18 mil, em média, por hectare.
O solo gaúcho é um dos mais visados do país para o negócio. Um dos motivos é o clima frio, indicado para a produção. O plantio exige cuidados intensivos da fruticultura, como observação do dono e boa assistência técnica. O local deve ter bom escoamento de água e cuidados com a geada.
A colheita é feita de duas formas: manualmente ou com maquinário, quando a área for muito grande. No Brasil, o mercado é considerado novo. Por isso, grupos estrangeiros têm visto a possibilidade de produzir por aqui. Segundo Lipp, o perfil do empreendedor de oliveiras são empresários que estão pensando em longo prazo, em deixar como investimento para a família.
Visando fortalecer a cultura da oliva, a partir deste semestre, a Secretaria de Agricultura fará um mapeamento das áreas de produção e um cadastramento de produtores e indústrias de azeites e conservas.
Atualmente, existem oito fábricas e 14 marcas de azeite no Estado. No ano passado, 30 mil litros de azeite foram produzidos no Estado. Para 2017, a expectativa é superar 40 mil. Além do azeite, a partir da oliva, são produzidas as azeitonas, porém, o mercado é muito incipiente.
– A conserva é um bom negócio, leva vários meses para ficar pronta e vender. Creio que o azeite tem sido a opção número um. Em um mês depois de colhido, já está vendendo – diz Lipp.
A abertura da colheita da oliva no Estado será em São Sepé. O evento acontecerá no dia 15 de março, às 14h, em uma propriedade localizada às margens da BR-290. Além dos produtores do RS, o encontro vai reunir gente de São Paulo, Santa Catarina Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Uruguai. Ainda devem confirmar presença produtores da Espanha e de Portugal.
Conforme o prefeito de São Sepé, Léo Girardello, a cidade foi escolhida, porque tem a maior área plantada da região – são 75 hectares de oliveiras, uma das maiores lavouras do Estado.
Em Santa Maria, segundo informações do técnico responsável pela área de fruticultura, do escritório municipal da Emater, Guilherme Godoy dos Santos, alguns pomares já foram implantados no inverno do ano passado e, provavelmente, a colheita será em 2019.
– Os nove distritos são bons para oliveiras – diz Santos.
O programa Pró-Oliva dá as mudas, por meio da prefeitura, para os produtores. A Emater presta assistência técnica gratuita. 

SOBRE A CULTURA
– Safra 2017 – Projeção é aumentar 25%
– Total de área plantada – 2 mil hectares 
– Principais produtores – Caçapava do Sul, Pinheiro Machado, Cachoeira do Sul, Santana do Livramento, Canguçu, Dom Pedrito, Candiota, Jaguarão, Bagé, Encruzilhada do Sul, Formigueiro, Piratini, São Sepé, Barra do Ribeiro, entre outros (são 55 no total)
– 14 empresas produzem azeite de oliva no Estado, uma em Formigueiro (Olivais da Fonte) e outras cinco em Caçapava do Sul (Cerro dos Olivais, Costi Olivos, Dom José, Prosperato e São Pedro)

Dois veículos se envolvem em acidente na BR-290 em Caçapava do Sul

Um acidente de trânsito na noite deste sábado, 11, envolveu dois veículos na BR-290, em Caçapava do Sul. De acordo com as primeiras informações, a colisão aconteceu por volta das 21h na Vila Progresso.
Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) o acidente foi no KM 322. O trânsito ficou lento e alguns motoristas que passavam pelo local pararam para ajudar.
As primeiras informações são que VW Fox vermelho, com placas de Caçapava do Sul, foi um dos veíclos envolvidos no acidente. A marca do outro veículo ainda não foi confirmada.O SAMU de Caçapava do Sul foi chamado para socorrer um ferido, que foi encaminhado ao PA do Hospital de Caridade
O Corpo de Bombeiros e o serviço de ambulância foram até o local do acidente para prestar atendimento.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Polícia Civil cumpre mandado de prisão preventiva por tentativa de homicídio

A Polícia Civil cumpriu mandado de prisão preventiva do suspeito de tentativa de homicídio em Caçapava do Sul, S.L.S.C., 42 anos, nesta sexta-feira, 10.
O suspeito foi preso em virtude da tentativa de homicídio ocorrido na terça-feira, 07, na rua Lucio Jaime, onde uma mulher foi baleada na perna. A vítima, inclusive concedeu entrevista exclusiva ao Portal Farrapo, onde contou todos os fatos.
Com isso, o suspeito na mesma noite, segundo a Polícia tentou cometer suicídio e foi encaminhado para o Hospital de Cachoeira do Sul com ferime

ntos na cabeça. Após investigação, a delegacia de Caçapava solicitou ao judiciário a prisão preventiva do suspeito, no qual foi homologada pelo judiciário local.

Após o mandado expedido, os policiais de Cachoeira do Sul e Caçapava do Sul deram voz de prisão a S.L.S.C. que segue internado e sob responsabilidade da Susepe.

Após princípio de tumulto, agentes fazem intervenção e apreendem armas artesanais

Agentes Penitenciários precisaram fazer uma intervenção após um princípio de tumulto no Presídio de Caçapava do Sul, na quinta-feira, 9. 
De acordo com o administrador do Presídio, Daniel Aquino, 11 apenados foram identificados e colocados em sansão disciplinar por 10 dias. A medida tem como objetivo apurar quem são os responsáveis pelo princípio de tumulto.
Após o ocorrido, o administrador, chefe de segurança e quatro agentes da Susepe efetuaram uma revista geral nas celas e apreenderam 20 facas artesanais, três celulares, carregador, um chip de celular e três boleadeiras de pedra. 
Atualmente o Presídio de Caçapava tem 62 presos, sendo que a capacidade máxima é para receber 64 presos.


Parcerias de inclusão são debatidas em reunião

O prefeito Giovani Amestoy recebeu em seu gabinete nesta sexta-feira (10) a professora Roberta Trindade Henriques e Clésio Pinto Lopes para tratarem sobre parcerias de inclusão. O vereador Mariano Teixeira, que agendou a visita, também esteve presente.
Segundo Roberta, que está se formando em Letras e possui vários cursos em Libras, é preciso parcerias entre o executivo, a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) e Educação para capacitar as pessoas do comércio e das escolas para se comunicarem na Língua de Sinais.
“O Clésio é surdo e muitas vezes ele vai até o meu local de trabalho e pede ajuda para que vá com ele até a loja onde estava tentando comprar, mas a vendedora não havia entendido o pedido”, citou Roberta, que propôs parcerias para ministrar o curso
O prefeito Giovani disse que é importante a inclusão e inserir pessoas com deficiência auditiva na sociedade e que se reunirá com a CDL e entidades para ver a viabilidade deste projeto, além de oferecer espaço público para que esta qualificação aconteça.

Vereadores vistoriam ponte que precisa ser refeito nas Pontas do Santa Bárbara

Nesta semana, os vereadores Mariano Teixeira e Zilmar Araújo (Mano), estiveram na região das Pontas do Santa Bárbara, interior de Caçapava do Sul, para vistoriar junto com os moradores da localidade a ponte que precisa ser reconstruída, visando o início da safra no final de fevereiro.
A ponte é antiga e foi interditada para veículos pesados na metade do ano passado, mas após as chuvas fortes de outubro de 2016 a madeira ficou comprometida e o trafego foi interrompido totalmente. A Prefeitura retirou as madeiras danificadas e abriu um processo licitatório ainda no mês de outubro para a compra da madeira, para reconstruir a ponte.
A madeira chegou na Secretaria de Obras no final de novembro e em dezembro foi repassado para a transição de governo a existência do material para as obras da ponte.
Com isso, após a visita na localidade, os vereadores conversaram na tarde desta sexta-feira, dia 10, com o Prefeito Giovani Amestoy e apresentaram a demanda dos moradores e a necessidade de reconstruir a ponte o mais rápido possível, principalmente porque a madeira já foi adquirida.
O Prefeito informou que a turma da Secretaria de Obras responsável pela reforma e construção de pontes no interior estava em férias, mas já estão retornando na próxima semana. Desta forma, segundo o Chefe do Poder Executivo, com o retorno desses servidores as primeiras pontes que serão reconstruídas são a do Seivalzinho e esta das Pontas do Santa Bárbara.

Além da ponte, os vereadores solicitaram também o conserto da estrada das Pontas do Santa Bárbara, até o acesso a ERS 357.

Vereadores participam de audiência com o Diretor de Defesa Agropecuária do RS

Nesta quarta-feira, dia 08, o Presidente da Câmara, Ricardo Rosso e o Vice Presidente Marquinho Vivian, estiveram em Porto Alegre para uma audiência com o Diretor de Defesa Agropecuária da Secretaria de Agricultura do Estado, Antonio de Quadros, para tratar sobre possíveis mudanças na GTA e do exame do Mormo.
Segundo os Vereadores, as regras e a fiscalização sobre a Guia de Trânsito Animal (GTA) precisam mudar, para prevalecer o bom senso das autoridades no que diz respeito ao trânsito do animal, principalmente nas propriedades rurais, onde o produtor utiliza o cavalo para o trabalho.
Já sobre o Mormo os vereadores solicitaram mais tempo na exigência do exame e também mudanças na logística de fiscalização. Segundo o Diretor, a Secretaria está planejando implantar o chip nos animais, para obter a identificação completa do cavalo e todas as informações sobre o animal, sendo assim mais fácil controlar e ser justo com quem respeita a legislação , facilitando também a fiscalização nas Inspetorias Veterinárias.
Os parlamentares sugeriram também que quando as Inspetorias Veterinárias fizerem paralisação, no qual está sendo comum devido o parcelamento do salário por parte do Governo do Estado, fique sempre um técnico de plantão para atender os produtores.
 “Existem servidores nas Inspetorias de todo o Estado que são aposentados mas estão com abono permanência, com isso, pedimos a diretoria que consiga através do bom senso resolver este problema, que nos dias de paralisação fique sempre alguém de plantão, porque é direito e legítimo os servidores fazerem a sua paralisação, mas o homem do campo precisa do atendimento, por isso, que este plantão é necessário”, disse o Vereador Marquinho Vivian.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Reunião em Porto Alegre debate a Segurança Pública em Caçapava

Nesta quarta-feira, dia 08, o Prefeito Giovani Amestoy, o Presidente da Câmara, Ricardo Rosso e o Vice Presidente do Legislativo, Marquinho Vivian, estiveram em Porto Alegre para uma audiência com o Secretário de Segurança Pública do Estado, Cesar Schirmer.
A comitiva de Caçapava solicitou ao Secretário um aumento no efetivo da Brigada Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros. Segundo os Vereadores e o Prefeito, os órgãos de Segurança da cidade estão pedindo socorro, pelo pouco efetivo que impede a realização de  um serviço de qualidade e também pela falta de estrutura, principalmente na Brigada Militar e Polícia Civil.
“O efetivo da Brigada Militar em Caçapava diminui a cada ano e o número de crimes só aumenta. Isso vale também para a Polícia Civil que deverá fechar o plantão por falta de servidores”, disse o Presidente da Câmara.
O Prefeito também se manifestou preocupado com esta situação e pediu ao Secretário uma atenção especial neste caso.
O Secretário Cesar Schirmer disse que vai analisar o pedido dos Caçapavanos, mas já adiantou que alguma atitude será tomada quanto ao efetivo, principalmente para os grande eventos que acontecem na cidade. O Secretário informou também, que o efetivo no interior será reforçado nos próximos meses, com a formatura dos novos policiais, mas enfatizou que o Estado precisa de parceria com os municípios para diminuir a criminalidade.

A comitiva de Caçapava terá nas próximas semana uma reunião com o Chefe da Casa Civil do Estado, Secretário Márcio Biolchi, para entregar a mesma solicitação.