sábado, 30 de junho de 2018

Eleitas as soberanas da Festa da Uva 2019 em São Sepé

A noite de sexta-feira, 29 de junho, marcou a 4ª edição do Jantar da Uva de São Sepé. Na abertura, teve os pronunciamentos do presidente da Associação de Vitivinicultores, Thiago Zavarezi, Gerente da Emater, Paulo Silva, Secretário da Agricultura, Leonardo Leonardi e prefeito Léo Girardello.
Na sequencia foi realizado o Concurso Soberanas da Festa da Uva 2019, que teve a  coordenação da Fundação Cultural Afif Jorge Simões Filho e  organização de Desfile da Escola de Modelos de Laurizer Bolzan.  A Festa na sua 5ª edição vai ser realizada em janeiro de 2019.
As candidatas a soberana este ano foram: Danieli Ricco Almeida, Gisara Castro Flores, Maria Fernanda Schirmann Leão, Claudia Aires da Silva e Luíza Santos Pôrto.
Após o desfile individual de cada uma e o desfile coletivo, os jurados Eduardo Schneider (representando a empresa Farrapo, Cátia Dias (professora em Caçapava do Sul) e Fábio Leite da Silva (representando o SESC/Santa Maria), escolheram a Rainha, 1º e 2° Princesa da festa para 2019. Confira o resultado:
2ª Princesa, Claudia Aires da Silva.
1ª Princesa, Danieli Ricco Almeida.
Rainha, Maria Fernanda Schirmann Leão.

Fonte: Jornal do Garcia
Foto: farrapo

PRF e Brigada Militar prendem duas pessoas por tráfico de drogas

Na noite desta quinta-feira (28), na BR 392, em Caçapava do Sul, a PRF e Brigada Militar prenderam três pessoas com 100 gramas de cocaína. A droga foi comprada em Rio Grande para ser vendida em Caçapava do Sul. 

Policiais Rodoviários Federais e Policiais Militares deram ordem de parada a um Fiat/Elba emplacado em Caçapava do Sul ocupado por dois homens e uma mulher. Antes de parar o veículo foi atirado pela janela um pacote. Após buscas foi encontrado um pacote contendo 100 gramas de cocaína. 

Foram presos dois homens, 36 anos e 28 anos. A mulher de 25 anos foi conduzida a   delegacia de Polícia .

Brigada Militar realiza formatura do Proerd

A formatura do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência – Proerd – reuniu estudantes, pais e instrutores no Salão Paroquial na manhã desta sexta-feira, 29. 

Também estiveram presentes: o tenente-coronel da Brigada Militar Sérgio Medina, capitão da BM Luiz Mário Kristosch dos Santos, juiz Diego Carvalho Locatelli e o padre Rudinei Lasch.

As turmas que se formaram no Proerd são da Escola Januária Leal e do Instituto Municipal de Educação Professora Augusta Maria de Lima Marques. 

Durante a cerimônia, o Leão Daren, que é mascote do Proerd, animou a todos e puxou a coreografia da música tema do programa. Alunos e professores também prestaram homenagens aos instrutores do Proerd: Sargento Almeida, Soldado Tereza e Soldado Franciele. 

Sobre o Proerd - É um programa que consiste em um esforço cooperativo entre Brigada Militar, Escola e Família. Trata-se de um projeto onde os policiais desenvolvem um curso de prevenção às drogas e a violência em sala de aula. Também ajudam os estudantes a reconhecerem as pressões e as influências diárias que contribuem ao uso de drogas e à prática de violência, desenvolvendo habilidades para resisti-las.

sexta-feira, 29 de junho de 2018

Câmara faz sessão extra para aprovar mais de R$ 1 milhão que será para pagamento do PA


A Câmara de Vereadores de Caçapava do Sul realizou na manhã desta sexta-feira, dia 29, uma sessão extraordinária convocada pelo Presidente da Casa, Vereador Marquinhos Vivian, para aprovar um projeto de lei da Prefeitura que pedia um remanejo de recursos dentro do orçamento da saúde, no valor de R$ 1,2 milhão, para pagamento ao Hospital de Caridade Dr. Victor Lang, relativo a prestação de serviço do Pronto Atendimento.
De acordo com o projeto, este remanejo garantirá o pagamento do PA por quatro meses, após a saúde fará um novo estudo orçamentário. O projeto chegou na Câmara na sexta-feira passada em regime de urgência, já que a Prefeitura estava em atraso com os pagamentos ao Hospital e dependia da aprovação desta lei para quitar o Hospital, que é responsável pelo Pronto Atendimento desde 2013.
“ O projeto deveria ter chegado antes na Câmara, porque segundo o Hospital já existe um atraso no pagamento, por tanto, a pedido da instituição fizemos uma sessão extraordinária hoje para acelerar o pagamento a entidade, por parte da Prefeitura. Mostramos mais uma vez que a Câmara é parceira  e está pronta para colaborar”, disse o Presidente.
O Projeto foi aprovado por unanimidade e segue agora para sanção do Prefeito Giovani Amestoy.

Corpo de Bombeiros de Caçapava do Sul realizará a Semana de Prevenção

Na próxima segunda-feira, 02 de julho, dia Nacional do Bombeiro, o Corpo de Bombeiros de todo Brasil estará promovendo a Semana de Prevenção.
Em Caçapava do Sul não será diferente,  o objetivo é desenvolver atividades práticas relacionadas ao tema, como abertura do quartel à visitação, palestras escolares e outras atividades que vão até o dia 07 de julho, sexta-feira.
As visitas podem ser agendadas através do telefone 3281 5144, onde o propósito é conscientizar a comunidade  que prevenir é  a medida  mais apropriada para evitar sinistros, e consequentemente proteger e salvar vidas. No Quartel de Caçapava, os Bombeiros estarão recebendo donativos para Campanha do Agasalho 2018, ponto de coleta, na rua Barão do Rio Branco, 1215.

quinta-feira, 28 de junho de 2018

Empresa Belluno recebe homenagem pelos seus 8 anos de fundação

Na noite desta quinta-feira, dia 28, a Câmara de Vereadores de Caçapava do Sul realizou uma sessão solene em homenagem aos oito anos de fundação da empresa Caçapavana, Belluno Tecnologia e sua significativa expansão no município e no Brasil.

A iniciativa da homenagem foi do Vereador Alex Vargas, mas aprovada por unanimidade no parlamento. A empresa fundada oficialmente em junho de 2010, pelo Caçapavano Anderson Albarnaz Cardoso, que nesses oito anos coordenou a expansão da empresa, tanto na assistência para Provedores de Internet, quanto no Call Center. Atualmente a Belluno conta com 137 funcionários e centenas de clientes em todo o Brasil.

Durante a cerimônia, o vereador Alex agradeceu o Diretor Anderson Albarnaz pelo espírito empreendedor e por garantir o emprego de muitos Caçapavanos, principalmente pela rápida expansão nos últimos anos.

Já Albarnaz usou da palavra para falar do crescimento da empresa e da sua vida pessoal, relatando momentos importantes que ajudaram na criação da Belluno e a sua expansão. A cerimônia teve ainda, uma homenagem dos amigos e familiares, coordenado pela empresária Maristela Zanotto, que usou a tribuna para passar uma mensagem ao Diretor da empresa e aos seus colaboradores.

Evento contou também com a presença do Prefeito em exercício, Luiz Carlos Guglielmin, o Presidente da Câmara, Marquinhos Vivian e demais vereadores.

Vereador solicita pintura de faixas de segurança na entrada da cidade

O vereador Zilmar Araújo (Mano-PP) encaminhou um pedido de providências ao Executivo solicitando a pintura das faixas de segurança na entrada da cidade.
Mano visitou o local na manhã de quinta, (28), e conversou com moradores. Segundo eles, os motoristas não param no local devido a falta de visibilidade nas faixas e nos redutores de velocidade. Alguns até têm os veículos danificados com o impacto nos quebra-molas.

Audiência trata da abertura do curso técnico em agronegócio no Durasnal


Nesta quarta-feira dia 27, o vereador Ricardo Rosso participou de uma reunião em Porto Alegre na Superintendência de Ensino Profissionalizante do Estado (Suepro), com a Diretora Pedagógica Nilda Maia. O vereador foi acompanhado do Chefe de Gabinete do Deputado Estadual, Ernani Polo, Carlos Carvalho.
A pauta da reunião foi buscar informações sobre o processo de abertura de um curso técnico em Agronegócio na Escola Estadual Antonio José Lopes Jardim, localizada no Durasnal.
Durante o encontro, os técnicos da Suepro informaram que no dia 20 de julho deste ano farão uma das últimas vistorias na Escola para dar andamento no processo. Desde 2017 que a Escola e o vereador estão trabalhando para ser liberado pelo Estado este curso técnico, já que o educandário apresentou todas as exigências necessárias para a implantação.

terça-feira, 26 de junho de 2018

Calcário Vigor recebe homenagem da Câmara de Vereadores pelos seus 50 anos

A Indústria de Calcário Vigor recebeu uma homenagem pelos 50 anos, durante grande expediente, na sessão da Câmara de Vereadores, de terça, (26). O vereador Silvio Tolfo Tondo (PP), foi o proponente.
A empresa iniciou as atividades em 28 de junho de 1968, liderada por Nelsis Coradini junto a Guido Zamberlan e outros sócios.
No início dos anos 60, o Estado vivenciava uma nova e grande experiência que viria mudar a economia e matriz produtiva. Era o começo do plantio de soja em larga escala, formando novos empreendedores e criando a classe do empresário ruralista.
Surge então uma nova necessidade, a correção da acidez do solo, razão das baixas produtividades alcançadas até então. Caçapava do Sul, aparece neste cenário como sede da maior jazida de calcário dolomítico no Estado e neste contexto surge a Calcário Vigor.
Inicia-se a instalação de uma unidade industrial que produzia 60 toneladas por dia. Hoje, ao completar 50 anos, caminhando junto ao progresso de novas tecnologias, a Calcário Vigor produz mais de mil toneladas por dia. A empresa tem mais de 50 colaboradores diretos e é administrada por Luiz Alberto Coradini e Roberto Zamberlan.
A Calcário Vigor contribui para o aumento da produtividade agrícola do Estado, gerando empregos, renda e investindo dentro das fronteiras do município, valorizando assim os caçapavanos.

Família de Caçapava pede ajuda por gaúcho internado em estado grave na África do Sul


Fonte: farrapo.rs

Uma viagem de férias na África do Sul virou drama para a família de Lucas Pacheco da Silva. É que ele e a namorada Arianne Batisti sofreram um acidente de trânsito perto de Joanesburgo. Os dois foram internados em um hospital sul-africano. Ariane já está de volta a Esteio, onde moram, mas Lucas segue em coma induzido desde 1º de junho, dia do acidente. 

Enio e Janice Marques, que moram em Caçapava, são primos de Lucas. Eles contaram que a situação é muito complicada devido à gravidade dos ferimentos de Lucas e o alto custo pela internação: “Ele quebrou o braço direito, teve o pulmão perfurado por uma costela quebrada e sofreu traumatismo craniano. Por isso, está em coma induzido desde o dia do acidente. O Hospital onde ele está internado é particular. A diária na UTI custa cerca de 6 mil dólares. Os pais do Lucas já venderam carro e colocaram a própria casa a venda”.

Para angariar fundos, a família criou uma vaquinha na internet. O objetivo é pagar o hospital onde o brasileiro está internado e viabilizar um avião ambulância para que possa ser levado de volta ao Brasil. Enio e Janice também pretendem fazer uma rifa beneficente.

“Mantemos contato diário com os pais do Lucas. Eles contaram que os médicos estão otimistas, mas deixaram claro que só liberam se o edema diminuir”, contou Janice. 

Quem quiser ajudar financeiramente, pode clicar aqui e contribuir com qualquer valor. Mais informações podem ser obtidas com Enio ou Janice Marques.

segunda-feira, 25 de junho de 2018

Convênio entre Município e DAER é publicado no Diário Oficial do Estado


Nesta segunda-feira, dia 25, o Estado do Rio Grande do Sul publicou no seu Diário Oficial, o extrato do convênio assinado entre o DAER e a Prefeitura de Caçapava do Sul, para recuperação asfáltica da avenida Lima e Silva, saída para Lavras do Sul.
Segundo o documento, o contrato entre as duas partes é de R$ 885 mil, com uma contrapartida de 20% do Município e 80% do Governo do Estado. Este projeto faz parte do programa de acesso aos Municípios lançado pela Secretaria Estadual dos Transportes em janeiro deste ano, no qual foi organizado e coordenador pelo Secretário dos Transportes na época, Pedro Westphalen.
O convênio estipula que a obra deve estar concluída no prazo de 150 dias, onde o município fará o processo licitatório.
O recurso foi conseguido para Caçapava a pedido dos vereadores das bancadas do PP e PMDB, através do Secretário Pedro Westphalen, durante reunião realizada em Caçapava em fevereiro deste ano, onde garantiu o recurso para a cidade e outros 70 municípios. “ O atual Deputado Pedro, que era Secretário na época, atendeu um pedido das duas bancadas e do Ex-Prefeito Otomar Vivian, para terminar o processo de recuperação das duas entradas, onde em 2016 foi feito a entrada principal da cidade e um trecho da Lima e Silva até o Super Engenho, mas agora com este convênio este projeto deve ser concluído”, disse o Vereador Silvio Tondo.

domingo, 24 de junho de 2018

Jovem de 39 anos morre em acidente na BR 392 em Caçapava do Sul

O trânsito deixou mais uma vítima fatal neste final de semana em Caçapava do Sul. Na noite de sábado, dia 23, um acidente na BR 392, em Caçapava, causou a morte do jovem de 39 anos, Leonardo Garcia Monte.
O jovem dirigia um Peugeot quando colidiu com um caminhão com placas de Julio de Castilhos, no KM 241. A vítima era professor do Instituto Federal Farroupilha e residia em Pelotas.
O professor tinha uma companheira e um filho de um ano de idade. Ele chegou a ser socorrido com vida e encaminhado ao Hospital de Caridade Dr. Victor Lang, mas não resistiu aos ferimentos.
Esta é a quarta morte no trânsito em Caçapava neste final de semana. Na madrugada deste domingo três mulher morrem em acidente da BR 290 e agora um jovem de 39 anos perde a vida em outro acidente, mas na BR 392.

Três são presos por tráfico de drogas no centro da cidade

A Brigada Militar prendeu três indivíduos por tráfico de drogas neste domingo, 24. Eles foram abordados próximo ao CTG Sentinela dos Cerros, por volta das 14h30min.

Durante a revista pessoal, foram encontrados 22 invólucros de maconha, totalizando 34 gramas do produto e 2 pinos de cocaína, além da quantia de R$ 20,00.

Conforme informações da Brigada Militar, dois deles são de fora da cidade e integram a facção bala na cara. Estes dois indivíduos foram autuados em flagrante e encaminhados ao Presídio de Caçapava do Sul. O outro usuário foi liberado após depoimento na Delegacia de Polícia.

Vereador vistoria o início da pavimentação na rua Domingos Dutra Farias


Neste sábado, dia 23, o vereador Luis Fernando Torres (Boca PT), esteve na rua Domingos Dutra Farias, no Bairro São Domingos, para acompanhar o início das obras de calçamento da rua. O vereador está acompanhando este processo porque o recurso para a pavimentação da rua e da rede pluvial foi conseguida pelo próprio parlamentar, através de emenda do Deputado Federal Paulo Pimenta e o Senador Paulo Paim.
Segundo o vereador, em 2017 ele solicitou uma emenda de R$ 350 mil para o Deputado Paulo Pimenta, para investimento em rede pluvial em uma rua que estava para ser pavimentada. Após o cadastro da emenda do Deputado, o vereador fez o pedido ao Senador Paulo Paim, para uma nova emenda, mas de R$ 250 mil, para obras de pavimentação da rua Domingos Dutra Farias, no Bairro São Domingos.
No ano passado as duas emendas foram empenhadas e o projeto da Prefeitura foi aprovado pela Caixa Federal, totalizando R$ 600 mil para uma única rua. Na sequencia, o Município licitou as duas obras, da rede pluvial e da pavimentação. Com isso, após todo o tramite burocrático, na última semana a empresa vencedora da licitação iniciou as obras, onde o meio fio já está sendo colocado nas três quadras que serão calçadas.
“ Fico contente porque mais uma emenda conseguida por mim está tendo andamento, principalmente na área de pavimentação, que uma das mais carentes em Caçapava, agradeço novamente ao Deputado Pimenta e ao Senador Paim pelas emendas, que vai beneficiar cerca de 60 famílias.  De 2017 até agora o Deputado Pimenta já disponibilizou três emendas para calçamento, na Silva Jardim, Xirú Meireles e Domingos Dutra Farias”, disse Boca.

sábado, 23 de junho de 2018

Moradores e empresários reivindicam adequação no projeto de calçamento que dá acesso a Unipampa

A adequação do projeto de calçamento da avenida Pedro Anunciação, via que da acesso a Unipampa, foi reivindicada por moradores e empresários neste sábado, 23. A reunião também contou com a presença do prefeito Giovani Amestoy e vereadores.
Quem conduziu o diálogo foi o empresário Elcio Mauricio de Sena Correia. Ele disse que o projeto do calçamento prejudica o acesso a uma das lojas e pediu uma solução ao prefeito. Frisou que é a favor da obra, mas de uma forma que ninguém saia prejudicado.
Na sequência, o prefeito fez um compromisso público de que assim que a obra for entregue pela Caixa, a Prefeitura, através da secretaria de Obras, fará as adequações reivindicadas pelo grupo de moradores e empresários. A espera do término do calçamento é porque o projeto não pode ser alterado, tendo em vista que é oriundo de emenda parlamentar obtida por intermédio dos vereadores da bancada do PP junto a senadora Ana Amélia Lemos (PP) em maio de 2016, ainda na gestão passada.
“ A Caixa Federal aprovou o projeto desta forma, então vamos aguardar o término  da obra e a Caixa entregar para o Município, para depois a gente fazer uma nova reunião e adaptar da melhor forma possível para beneficiar a todos”, disse o Prefeito.
No final, os vereadores Silvio Tondo, Ricardo Rosso e Alex Vargas se manifestaram salientando que o Legislativo apoia as adequações do projeto. O diretor de trânsito Adão Naldo Pereira e empresários também fizeram o uso da palavra, salientando a importância do diálogo para a resolução dos problemas.
Na sequencia o empresário liberou o seu terreno para um acesso secundário, que será usado pelos moradores da região, alunos da ETERRG e servidores da Unipampa.
A previsão de entrega da obra é para a próxima terça-feira, dia 26 de junho.

sexta-feira, 22 de junho de 2018

Convênio entre DAER e Município para conserto da Avenida Lima e Silva é assinado


Em fevereiro deste ano, o então Secretário dos Transportes do Estado, Pedro Westphalen (PP), esteve em Caçapava do Sul, onde participou de uma reunião com os vereadores das Bancadas do PP e PMDB na Câmara e o Ex-Prefeito Otomar Vivian, para fazer uma articulação conjunta entre os dois partidos e celebrar um convênio com do DAER com a Prefeitura para o asfaltamento da Avenida Lima e Silva. O fato era de última hora, porque no final de março o Secretário estava deixando a pasta para voltar a Assembleia.
Segundo os vereadores, no início do ano, o Governo do Estado disponibilizou para Secretaria dos Transportes um valor significativo para ser utilizado em parceria com os municípios na restauração dos acessos as cidades. Com isso, em março antes de sair da Secretaria, Westphalen deixou o processo encaminhado e tramitando dentro do DAER.
De acordo com o Secretário na época, o programa do governo possibilita a realização de um convênio com as Prefeituras para auxiliar em até 80% do valor total da obra que será realizada no acesso a cidade. Os outros 20% são pagos pelo município, que também licita a obra.
Na época, após a inclusão do projeto de Caçapava no plano de ação da Secretaria de Estado, Westphalen entrou em contato com o Ex-Prefeito Otomar que comunicou as duas bancadas. Na sequencia, os vereadores conversaram com o Prefeito em exercício na época, Luiz Carlos Guglielmin e deram início ao processo dentro do DAER.
Após todo o tramite encaminhado, o Prefeito Giovani Amestoy e os vereadores acompanharam este processo e fazendo muita pressão política pela assinatura do convênio e empenho da obra antes do dia 07 de julho, que é três meses antes das eleições.
Na quinta-feira, dia 21, no final da tarde, o agora Deputado Estadual Pedro Westphalen entrou em contato com os vereadores e o Prefeito para comunicar que estava marcada para esta sexta-feira, dia 22 de junho, a assinatura do convênio entre DAER e Prefeitura. No mesmo dia, o Departamento Autônomo de Estradas e Rodagens também ligou para o Prefeito para comunicar da assinatura do convênio.
Uma comitiva de Caçapava foi a Porto Alegre na sexta-feira, (22), para participar da cerimônia de assinatura do convênio. A comitiva estava formada pelos vereadores Silvio Tondo e Ricardo Rosso, representando a bancada do PP e Alex Vargas representando a bancada do PMDB, além do Prefeito Giovani Amestoy e do Vice Luiz Carlos Guglielmin. Já o Presidente Municipal do PP, Ilson Tondo também esteve no ato representando o Ex-Prefeito Otomar Vivian.  
Com o convênio assinado e o recurso de R$ 700 mil empenhado, o Município deve licitar a obra para liberação do recurso.
Nesses três meses, entre o cadastro do projeto e a assinatura do convênio, as autoridades de Caçapava fizeram várias reuniões em Porto Alegre, com o apoio de Deputados Estaduais, como Juvir Costela (PMDB), Vilmar Zanchin (PMDB), Marlon Santos (PDT), Ernani Polo (PP), Sergio Turra e o Deputado Pedro Westphalen (PP), autor da iniciativa do recurso.
“O Secretário Pedro esteve em Caçapava em fevereiro e como é do nosso partido, pedimos para ele que antes que saísse da pasta para voltar a Assembleia conseguisse recursos para o conserto da Lima e Silva, já que no nosso Governo fez a entrada da cidade e um pedaço da Lima e Silva e não deu tempo nem dinheiro para fazer o restante. O Secretário no mesmo momento ligou para a sua assessoria e pediu para reservar um valor para Caçapava, no projeto do Governo de acesso aos municípios. Após fizemos várias reuniões para liberar o convênio, com o apoio de muitos Deputados, com o objetivo de dar sequencia ao projeto que iniciou no Governo Passado e que deve ser concluído na atual gestão. Isso mostra a força das duas bancadas e comprovando mais uma vez que os vereadores ajudam muito o município e essa decisão de hoje é uma prova”, disse o Vereador Silvio Tondo.
A assinatura do convênio foi com o Diretor Geral do DAER, Rogério Uberti, onde a assessora do Deputado Pedro, Joana Hartmann. Durante a reunião, o Diretor informou que o convênio será publicado no Diário Oficial do Estado na segunda-feira, dia 25, onde no mesmo dia Uberti dará detalhes sobre a execução da obra.
Já em Caçapava do Sul, o Presidente da Câmara, Marquinhos Vivian, o Vereador Mariano Teixeira, Zilmar Araújo e Jussarete Vargas, não puderam ir a Porto Alegre mas comemoraram o convênio, porque também participaram da solicitação ao Secretário em Fevereiro. “Fizemos a nossa parte em prol do município, onde uma ação conjunta do PP e PMDB, que faziam parte do Governo do Estado no início do ano foi fundamental para este convênio e mostrando que os vereadores estão cumprindo o seu papel. Quero também parabenizar o Governo Sartori por disponibilizar este projeto aos municípios, realizando neste primeiro semestre mais de 70 convênios com as Prefeituras para o acesso as cidades”, disse o Presidente Marquinhos Vivian.
“Finalmente vamos encerrar este ciclo das duas entradas, iniciado em 2016 e terminado na atual gestão, onde a nossa bancada teve papel central para liberação do recurso, com o apoio dos vereadores do PMDB e o município que fez o projeto e cumpriu os prazos legais. Para o nosso grupo político atual é mais uma vitória”, disse o Líder da Bancada do PP na Câmara, Ricardo Rosso.
“Na época que foi disponibilizado e garantido a inclusão de Caçapava neste projeto do Estado nós tínhamos um representante da cidade no Governo do Estado, que era o Presidente do IPE, Otomar Vivian, que tem uma grande relação política com Pedro Westphalen. Temos que valorizar os nossos conterrâneos que estão sempre lutando por nossa cidade”, disse Alex Vargas.
"Desde janeiro, quando anunciamos que faríamos com recursos próprios a Lima e Silva, não medimos esforços para recuperar aquela importante via, que atende mais de 5 mil moradores da região Sul e também da acesso a Lavras. Após anúncio das bancadas do PP e PMDB de que havia a sinalização de recurso para a Obra, estive em Porto Alegre diversas vezes, uma com a comitiva de vereadores da Câmara, a quem agradeço o esforço, com o Governador Sartori e agradeço principalmente o empenho do diretor de relações institucionais do Daer, Cristiano Lima, que me recebeu mais de 5 vezes para falar do projeto, e ao chefe da Casa Civil, Mosselin, com quem estive mais de uma vez para solicitar apoio e aos Deputados que lutaram conosco para liberar o projeto. A população agradece que esta obra, há décadas sonhada, será executada”, disse o Prefeito



quinta-feira, 21 de junho de 2018

Autoridades debatem a manutenção do atendimento da Receita Federal em Caçapava

Na manhã desta quinta-feira (21), o prefeito Giovani Amestoy recebeu um grupo de apoio da agência da Receita Federal de Caçapava do Sul para discutir sobre a continuação do atendimento do Órgão no município.
Segundo os Contadores de Escritórios de Contabilidade da cidade, a União informou dificuldades para manutenção orcamentária da Agência local, como custeio de aluguel e internet.
“Não trata da arrecadação o fechamento da agência, nem do número de atendimentos prestados, mas da necessidade da criação de alternativas para equilibrar o orçamento. Esta pressão por parte da União existe há mais de vinte anos”, disse Jaime Evangelista.
“Hoje o Governo Federal está repassando várias responsabilidades aos municípios, e, atualmente, a pressão para arcarmos com o custeio da Receita Federal é mais um exemplo. Já auxiliamos órgãos como IGP, Brigada Militar, Polícia Civil, Fórum, entre outros”, disse o prefeito, que levará a demanda para a Casa Civil em Brasília na próxima semana.
Participaram ainda da reunião, o Delegado do Conselho Regional de Contabilidade, Jelton Nunes e o presidente do Sindicato dos Servidores Rurais de Caçapava do Sul, Lasier Garcia. 

Vereadores pedem ajuda ao MP para dar andamento ao acordo das cirurgias de traumatologia

No primeiro semestre deste ano, os vereadores Mariano Teixeira e Marquinhos Vivian, organizaram cinco reuniões, entre pacientes que aguardam por cirurgias de traumatologia de alta complexidade, Secretaria de Saúde e Ministério Público, com o objetivo de diminuir a fila de espera do SUS, fazendo um mutirão pelo consórcio Intermunicipal de Saúde.
Segundo os vereadores, todas as tratativas até o mês passado foram com o ex-secretário Juarez Teixeira, no qual ficou acertado que o município faria 8 cirurgias pelo Consórcio, ou seja, pagas pela Prefeitura, através de um mutirão com orçamentos distintos  de Hospitais da região e de Caçapava do Sul. Atualmente são 25 pessoas na fila de espera e o SUS está chamando em média de dois pacientes por ano, dependendo da demanda da região destinada pela Coordenadoria de Saúde.
Com isso, após a quinta reunião, foi batido o martelo entre a Câmara, a Secretaria de Saúde e o MP, que os oito primeiros pacientes fariam avaliação para fazer a cirurgias pelo Consórcio e que o Município passaria os valores individuais para a Câmara. Com isso, segundo os vereadores, a Comissão de Saúde não recebeu mais informações sobre este caso e nem os orçamentos que tinha ficado acertado com o ex-secretário, o Legislativo enviou um ofício nesta quinta-feira, dia 21, pedindo ajuda ao MP sobre o caso.
“Tudo que foi tratado com o secretário Juarez não está tendo andamento e nem os prazos de retorno, por tanto, encaminhei um documento ao Promotor Diogo Taborda, solicitando a sua intervenção para que o tratado seja cumprido e os oito pacientes realizem a cirurgia. Toda essa força tarefa foi realizada porque o Legislativo através de emenda colocou recursos no orçamento do município para esta finalidade e como não estamos tendo mais a continuidade das reuniões solicitamos ajuda do MP para cumprir o combinado”, disse o Presidente.
“Fizemos uma força tarefa junto com a saúde e o MP para tentar resolver este problema, onde existem pessoas há mais de 2 anos esperando a cirurgia, acertamos com o secretário Juarez, mas infelizmente ele acabou saindo do Governo e o assunto não teve continuidade”, disse Mariano.

quarta-feira, 20 de junho de 2018

Aprovado projeto sobre divulgação do número de vagas nas EMEIs

O projeto de lei que dispõe sobre a divulgação da lista de espera e o número de vagas nas Escolas Municipais de Educação Infantil, do vereador Luis Fernando Torres (PT), foi aprovado por unanimidade na sessão de terça, (19).
Segundo o vereador, o projeto tem como finalidade proteger os pais que procuram uma vaga para os filhos, evitando o favorecimento e dando maior clareza ao processo de distribuição dessas vagas.
“Projetos como este já foram implantados em outros municípios, tendo inclusive pedido de ação direta de inconstitucionalidade encaminhado pelo Executivo, mas negado pelo Tribunal de Justiça do Estado, por entender que o projeto não apresenta vício de origem”, justifica o vereador.

Vereador solicita agilidade em conserto de rede pluvial no bairro Vivian

O vereador Ricardo Rosso (PP) esteve na quarta, (20), no bairro Vivian a pedido dos moradores, para verificar a situação insalubre em que está uma das ruas que fica próxima a pracinha Vó Zeca.
A falta da rede pluvial e o acúmulo de lixo fazem com que a água da chuva e o esgoto transbordem, causando transtornos aos moradores.
O secretário de Obras, Paulo Henriques acompanhou o vereador e disse que fará um levantamento de quantos tubos são necessários para a obra e se a secretaria tem todo o material necessário para o conserto.

Retirada de material do Clube Campestre nas Minas é tema de debate na Câmara

Na última semana os vereadores que compõem a comissão de obras e serviços públicos da Câmara, formada pelos vereadores Mariano Teixeira, Luis Fernando Torres e Zilmar Araújo (Mano), estiveram na região das Minas do Camaquã, para investigar uma suposta doação de materiais do antigo Clube Campestre, que seria de propriedade do Município.
Chegando no local, os vereadores constataram que a parte de madeira do Clube foi toda retirada e foram até a casa de uma das pessoas que tinha retirado a maior parte deste material. A moradora informou que retirou a madeira para construir a sua casa, mas informou os vereadores que questionou as autoridades se poderia retirar, mas que não obteve resposta.
Ainda durante a visita, a moradora informou os parlamentares que no mesmo dia um representante da Prefeitura esteve na sua casa e ela assinou um documento se comprometendo em devolver todo o material e neste mesmo documento os vereadores informaram que o representante da Prefeitura mencionou o nome do vereador Caio Casanova na declaração, dizendo que a moradora procurou o parlamentar para pedir ajuda de como utilizar a madeira do Clube Campestre e que o vereador ficou de ver com a Prefeitura como funcionava o trâmite. Neste meio tempo a moradora assinou dizendo que acabou pegando de boa fé a madeira.
Na volta das Minas, a Comissão fez o relato aos demais parlamentares e o vereador Caio Casanova que foi citado na declaração assinado pela moradora, confirmou o que a moradora passou aos vereadores e o que estava escrito, relatando que não autorizou a doação de nenhum material, e destacou que a família é humilde e está construindo a sua casa com ajuda de vizinhos e familiares. “Ela me procurou pedindo ajuda e eu fiquei de ver com a Prefeitura, mas depois disso não dei mais retorno para ela. É uma família pobre que merece ajuda do Poder Público, onde a sua casa está sendo construída com a colaboração de várias pessoas, inclusive moradores das Minas”, disse Casanova.
Na mesma sessão os vereadores pesquisando nos arquivos da casa descobriram que a Prefeitura entregou em cessão de uso o Clube Campestre a Associação de Moradores das Minas, em lei aprovada pela própria Câmara no ano de 2004, há 14 anos. De acordo com essa lei os moradores das Minas seriam responsáveis pelo patrimônio e não a Prefeitura.
Esse fato gerou muitas discussões, porque durante a sessão o vereador Luis Fernando Torres disse que no dia 19 de junho deste ano, a Secretaria de Administração teria feito um novo termo de cedência aos moradores das Minas, conforme notícia vinculada na imprensa da Prefeitura. “ Eu não entendo, uma lei foi aprovada em 2004 entregando em cessão de uso o Clube e outros bens das Minas aos moradores, que pela lei seriam responsáveis pela manutenção desses patrimônios, e nesta terça-feira uma notícia é divulgada que o município cedeu novamente o patrimônio aos moradores, mas sem autorização legislativa e fazendo o mesmo ato de 2004. Até acredito que a antiga Associação não exista mais, por isso, que o ato foi feito novamente, mas acredito que precisa de autorização legislativa, Vamos ter que investigar este termo de agora”, disse Boca Torres
Na mesma lei de 2004, concedeu também em cessão de uso a Escola Gladi Machado, o Ginásio de Esportes da localidade, onde na lei o educandário se responsabilizava pela manutenção do local por tempo indeterminado, e para a Associação de Moradores, o Cine Rodeio e o Clube Campestre. Essa duas leis ainda estão em vigor porque não foi até o Legislativo a revogação destes documentos.
A Comissão de Obras fez o registro e vai analisar os documentos sobre a cessão de uso aos moradores lá em 2004 e em 2018. “Teremos que analisar essas leis de cedencia. Todos nós sabemos que tanto a escola, quanto os moradores não tem condições de manter esses patrimônios, então nós Legisladores junto com o executivo temos que rever essas situações para manter esses patrimônios. Vamos ajudar a buscar uma solução em benefício dos moradores mineiros”, disse Mariano Teixeira.

Prefeitura repassa espaço cultural à comunidade das Minas (Matéria publicada no dia 19/06/2018)
Segundo a Imprensa do Município, a Prefeitura, através da Secretaria de Administração, e atendendo uma solicitação de 2017, da Associação de Moradores das Minas do Camaquã, repassou a sede da Associação do Antigo Clube Campestre dos funcionários da CBC à comunidade.
De acordo com a presidente da Associação Mineira e ex-funcionária da CBC, Guacira Pavão, que assinou o termo de cedência do Espaço que estava em posse do Município, junto ao Secretário de Administração, José Junior dos Santos Dias, o pedido atendido pelo Executivo é uma antiga reivindicação dos moradores:
“A Administração está atendendo um sonho antigo de nós moradores mineiros. A intenção da associação, conforme consta no pedido emitido no fim do ano passado à Administração, é revitalizar o espaço e usá-lo para a promoção de atividades culturais, cursos, reuniões, comemorações e eventos educativos, esportivos e culturais da comunidade”, disse Pavão.

Nota Prefeitura Municipal sobre o clube Campestre da Minas do Camaquã
A Lei era de Conhecimento, mas o pedido atual foi feito pela Associação de Moradores de Minas do Camaquã, CNPJ 26.248.560|0001-53, que não é a Associação Comunitária Minas do Camaquã. A nova Lei revogará a Lei anterior (Lei nº1612|2004), que trata de “cessão de uso” da desativada associação, que nunca fez nenhuma intervenção de melhoria no local, conforme o termo de cedência exigia. Vale ressaltar que apesar da Lei de 2004 ceder o referido espaço, este imóvel só passou a ser de propriedade do município em 2008, atraves da Lei 2342|2008, o que está sendo corrigido pelo novo projeto de Lei, atendendo reivindicação da Associação de Moradores de Minas do Camaquã. TODOS os projetos de Lei, 2004, 2008, passarão por aprovação na Câmara de Vereadores

terça-feira, 19 de junho de 2018

BM prende suspeito de tráfico de drogas em Caçapava do Sul

Na tarde desta segunda-feira, 18, a Brigada Militar de Caçapava do Sul recebeu uma denuncia anônima informando que um indivíduo estaria chegando na cidade em um ônibus que havia saído de Santa Maria e que trazia consigo entorpecentes para vender em Caçapava.
Diante das informações, a Guarnição de Serviço monitorou a chegada do ônibus, no qual foi abordado na avenida Presidente Kennedy, onde o indivíduo V.M.S., com vasta ficha criminal foi reconhecido pelos Policias Militares, que o abordaram e durante a busca pessoal encontraram com 07 munições calibre 38 e 06 munições calibre 380, todas intactas, 02g de crack e 0,5g de cocaína.
Foi dada voz de prisão a V.M.S., de 26 anos, natural de Caçapava do Sul, com antecedentes criminais por: furto arrombamento a estabelecimento comercial, ameaça, dano qualificado, roubo a outros estabelecimentos, lesão corporal, roubo a motorista de taxi, furto qualificado, furto simples em residência, furto em Supermercado, roubo a pedestre com lesões e posse de entorpecente.
O autor do suposto crime foi conduzido ao Hospital para realizar o Auto de Exame de Corpo de Delito e após a DP local, onde o registro foi devidamente efetuado e o Auto de Prisão em Flagrante foi lavrado pelo Delegado de Polícia. 
O suspeito conforme a BM foi levado ao Presídio de Caçapava do Sul.
Fonte: Brigada Militar

Vereador acompanha o trabalho da Secretaria de Obras no interior

O Vereador Paulo Pereira (PDT), esteve nas localidades da Chácara dos Pinheiros e Rincão da Salete no último final de semana, para acompanhar o trabalho da Secretaria de Obras no conserto das estradas das localidades.

O Vereador acompanhou o trabalho de patrolamento junto com o Secretário de Obras, Paulo Henriques e o Prefeito Giovani Amestoy. " Sempre que posso acompanho o trabalho da Secretaria de Obras, principalmente no interior do município", disse Paulo Pereira

EENSA realiza Feira da Criatividade nesta terça-feira

Na manhã desta terça-feira, dia 19, a Escola Estadual Nossa Senhora da Assunção (Estadual), realizou a abertura oficial da Feira da Criatividade, apresentado diversos trabalhos científicos dos alunos do educandário nos três turnos.

A abertura contou com a participação do Secretário de Educação, Aristides Costa, o Presidente da Câmara, Marquinhos Vivian, o vereador Luis Fernando Torres e a Diretora da Escola, Rosilda Freitas, além dos professores, alunos e funcionários da escola.

A Feira está acontecendo o salão de atos da Escola, que além da apresentação dos trabalhos, o educandário organizou um café colonial, através do estande do Pequeno Agricultor e apresentações artísticas.

O evento seguirá na parte da tarde e a noite, com a visitação aberta ao público e outras escolas. Segundo a Diretora, a mudança na nomenclatura de Feira de Ciências, para Feira da Criatividade, oportuniza a ampliação dos trabalhos e deixar temas livres para serem escolhidos entre os alunos e professores.

Deputado visita Caçapava para oficializar emenda na área da saúde


Nesta segunda-feira, dia 18, o Deputado Federal Afonso Hamm (PP – RS), esteve em Caçapava do Sul para uma reunião com a bancada do PP no Legislativo Municipal e com os dirigentes partidários.
O objetivo do encontro foi entregar um ofício que comunica as lideranças políticas locais do empenho junto ao Governo Federal no valor de R$ 100 mil, de uma emenda parlamentar de autoria do Deputado, a pedido do vereador Zilmar Araújo (Mano), destinado ao Hospital de Caridade Dr. Victor Lang.
“ Essa emenda foi solicitada pelo vereador Mano no final do ano passado, no qual disponibilizamos R$ 100 mil para o Hospital, na compra de aparelhos para a maternidade. O Hospital já enviou o projeto e falta somente o depósito do recurso já empenhado”, disse Hamm.
Participaram também do encontro , empresários, tradicionalistas, vereadores e assessores.

segunda-feira, 18 de junho de 2018

Alunos da rede municipal recebem óculos de grau do Lions Clube

O Lions Clube de Caçapava do Sul entregou segunda-feira, (18), em solenidade realizada na Escola Dinarte Ribeiro, 54 óculos de grau a alunos da rede municipal de ensino.
O vereador Ricardo Rosso (PP), participou da entrega representando a Comissão de Saúde, da Câmara de Vereadores.
A iniciativa faz parte da campanha de Acuidade Visual como parte do programa Criança Ajuda Criança, que engloba outras obras de caráter social daquele clube de serviço.

sexta-feira, 15 de junho de 2018

Comissão de Obras e Serviços Públicos faz vistoria nas Minas do Camaquã

Nesta quinta-feira, dia 14, os vereadores da Comissão de Obras e Serviços Públicos da Câmara, Mariano Teixeira, Luis Fernando Torres e Zilmar Araújo (Mano), estiveram na localidade das Minas do Camaquã, interior de Caçapava do Sul, para acompanhar as inúmeras reclamações que chega até o Legislativo sobre a falta de manutenção na região, como ruas, iluminação, rede pluvial, patrimônio público e também problemas na área de saúde.

Na área de saúde das Minas, onde existe um posto de saúde, o principalmente problema além da falta de estrutura, é a precariedade da ambulância, que está com muitos equipamentos danificados e o veículo precisando de manutenção. “A poeira entra na parte interna da ambulância durante o transporte, o respirador não tem condições de uso e o veículo precisa de manutenção. Já o posto conta com uma excelente profissional, mas o prédio está em condições precárias”, disse Mariano.

Os moradores reclamaram também das condições precárias das ruas, principalmente na Vila Satélite, onde veículos não conseguem circular mais em alguns pontos. Já outro fato reclamado pelos moradores, é a rede pluvial e o esgoto no centro das Minas que está precisando de manutenção.  Os vereadores foram nos locais mais precários.

Já a Iluminação pública também foi alvo de reclamações, onde vários pontos nas Minas e arredores precisam de manutenção, principalmente pela segurança na região. Outro ponto cobrado pela população é a conservação dos prédios públicos, que estão caindo, como Cine Rodeio, Ginásio, Clube Campestre e Posto de Saúde.

No final da visita, os vereadores foram conferir uma denuncia feita pelos moradores na Vila Satélite, onde os documentos estão sendo analisados. “As Minas do Camaquã está abandonada pelo Poder Público há vários anos, mas agora a situação está pior", disse o vereador Luis Fernando Torres.


O que diz a Prefeitura
A Prefeitura, através da Secretaria de Saúde e Obras informou que fará mutirões nas Minas do Camaquã na próxima semana, a partir de quarta-feira (20).
A Secretaria de Saúde fará campanha de preventivos e será acompanhada da Vigilância Sanitária, que abordará a Campanha contra a Dengue.

A Secretaria de Obras vai com uma equipe do setor de iluminação e saneamento, para atender os pedidos dos moradores da localidade.

Moradores da Picada Grande podem ficar sem a linha que faz o transporte até Caçapava


Nesta semana, o vereador Mariano Teixeira esteve na região da Picada Grande, interior de Caçapava do Sul, para uma reunião com os moradores da localidade que estão reivindicando a continuação da linha de ônibus que conduz os moradores até a cidade.
A reunião foi para encontrar uma saída para que a empresa responsável, Militur, não paralise as atividades na região, devido a falta de passageiros. Segundo o empresário, antigamente a linha era feita três vezes por semana, depois passou para duas vezes e atualmente é realizada somente na sexta-feira, e mesmo assim o número de passageiros é insuficiente para manter o transporte, conforme informou o empresário durante a reunião.
O Contrato entre a empresa e a Prefeitura terminou há aproximadamente 30 dias e a Militur continua fazendo  o transporte até encontrar uma solução junto com os moradores. “ Se o número de passageiros não aumentar fica difícil manter a linha que precisa de no mínimo 20 pessoas por semana para manter o ônibus, se não a empresa não terá interesse em continuar”, disse o empresário.
O Vereador Mariano Teixeira disse que na região da Picada Grande residem aproximadamente 70 famílias, que utilizam o transporte para virem até Caçapava. “ A maioria das pessoas usa o transporte para comparecerem nas consultas médicas, exames, fazerem o rancho do Mercado e compra nas farmácias. Por isso, estamos intermediando para que seja encontrado uma solução junto com a comunidade para aumentar o número de passageiros e a linha continuar”, disse o Vereador.
Na próxima semana novas reuniões deverão acontecer para encontrar uma saída e a linha ter continuidade.

Programa EmpregarRS oferece vagas de trabalho na Agência FGTAS Sine de Caçapava

O EmpregarRS oferece 3.548 vagas de trabalho em 82 Agências FGTAS/Sine nesta sexta-feira, 15 de junho, das 9h às 16 horas. O evento exclusivo de intermediação de mão obra da Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS) reunirá entrevistas de emprego e atividades de orientação sobre o mundo do trabalho. Em Caçapava, a abertura foi realizada às 9 horas no Sesc/Senac, que é um dos parceiros do programa, assim como: Ciee, Unipampa, Instituto Renata Miranda e Acic. 

Ao todo, o evento conta com 177 empregadores presentes que realizarão entrevistas de emprego com trabalhadores. Os candidatos devem comparecer ao local de realização do evento em seu município com Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS). O número de senhas para cada seleção depende da capacidade de atendimento do empregador. 

Em Caçapava do Sul, a Agência FGTAS/Sine  fica na Rua General Osório, 880. São 15 vagas para os cargos de ajudante florestal, empregada doméstica, trabalhador rural, auxiliar administrativo, auxiliar de logística, promotor de vendas e cuidador de idosos. 

O evento contou com a presença do Vice Prefeito, Luiz Carlos Guglielmin, o Diretor Geral da Câmara, Daniel Miranda, empresários e colaboradores do SINE e SESC/SENAC.

quinta-feira, 14 de junho de 2018

Projeto sobre a divulgação de lista de espera e vagas em creches será votado dia 19

O vereador Luis Fernando Torres (PT) protocolou um projeto de lei que dispõe sobre a divulgação da lista de espera e o número de vagas nas Escolas Municipais de Educação Infantil.
Segundo o vereador, o projeto tem como finalidade proteger os pais que procuram uma vaga para os filhos, evitando o favorecimento e dando maior clareza ao processo de distribuição dessas vagas.
“Projetos como este já foram implantados em outros municípios, tendo inclusive pedido de ação direta de inconstitucionalidade encaminhado pelo Executivo, mas negado pelo Tribunal de Justiça do Estado, por entender que o projeto não apresenta vício de origem”, justifica o vereador.
O projeto do vereador Boca Torres será votado na sessão do dia 19.

quarta-feira, 13 de junho de 2018

Gabinete da Prefeitura de Caçapava está funcionando em novo endereço

A Prefeitura já tem novo endereço de atendimento, na rua 15 de Novembro, número 386, em cima da Lotérica Brasil, na mesma calçada onde funcionava o prédio antigo, que foi interditado pelo Corpo de Bombeiros do dia 11 de abril, após queda de parte do telhado.

O Gabinete do prefeito, secretaria Geral, Imprensa, Controle Interno, Protocolo estão alocados no segundo andar do prédio (com entrada ao lado da lotérica). A Procuradoria Geral, Gabinete do vice-prefeito e Controle Interno estão funcionando no terceiro andar.

O prédio onde ficava instalado o antigo Sicredi, que chegou a ser anunciado como a nova sede, juntamente do remanejo de outras Secretarias para diminuir os gastos de aluguéis do Executivo teve o pré-contrato cancelado devido ao alto valor de instalação de divisórias e equipamentos. Por se tratar de apartamentos com divisórias prontas, o custo do novo local, e por ser ao lado da antiga sede, contribuiram na escolha.

terça-feira, 12 de junho de 2018

Após denúncia, vereadora apresenta documentos que comprovam o não recebimento de auxílio benefício

A Câmara de Vereadores e a imprensa de Caçapava, receberam na manhã desta terça, (12), uma denúncia de que a vereadora Márcia Gervásio (PDT), teria recebido auxílio doença pelo INSS, do segundo semestre de 2017 até abril de 2018. O fato, mesmo tendo jurisprudência do STJ sobre sua legalidade chamou atenção pela imoralidade.
De acordo com a vereadora, a ação na Justiça requerendo o auxílio devido a sua doença Artrite Reumatóide é de 2013. O processo tramita desde essa época, portanto, quando se elegeu vereadora, a ação já existia.
“Quando ingressei na Justiça em 2013, nem sonhava em ser vereadora, e pleiteando um direito que eu tinha conforme os laudos médicos. Quando saiu a decisão, quatro anos depois, de ganho de causa para mim, consultei meu advogado e devido a imoralidade entreguei um ofício na Justiça abrindo mão do benefício”, justifica Márcia.
Este ofício demorou para ser enviado para o INSS, então o Instituto fez um depósito judicial no valor de R$ 995 em uma conta específica para este tipo de seguridade no Banrisul. Como o banco recebeu uma notificação do INSS dizendo que a segurada abria mão do benefício, o Banrisul estornou esse valor para o INSS.
(Foto: Documento onde vereadora judicialmente abre mão do benefício).
Se o beneficiário, quando recebe o primeiro mês, não procura retirar o dinheiro em 30 dias, ele automaticamente retorna para sua fonte de origem. Com isso, a instituição fez o primeiro depósito, a segurada não retirou o recurso e o documento judicial dela abrindo mão, a primeira parcela estornou para o INSS, comprovando conforme documentos o não recebimento do benefício estando vereadora.
 “Essa falsa denúncia caracteriza ataque político, pois justamente nas sessões iria apresentar novas denúncias contra o governo, apareceu esta calúnia. Quando fiz a denúncia da venda irregular de produtos pela Assistência Social, mostrei minha cara e não escondi de ninguém que iria até as últimas conseqüências. Agora num ato amador e leviano, alguém que não teve coragem de mostrar a cara, levanta uma denúncia falsa”, esclarece a vereadora.
A vereadora Informou também, que após comprovar o não recebimento do benefício, utilizando extratos bancários do Banrisul e a ação impetrada na justiça abrindo mão do benefício, vai entrar na justiça contra as pessoal que fizeram esta denuncia falsa. " Já comprovei que não recebi, então vou seguir em frente com o meu trabalho", finalizou.
(Foto: Documento comprova o estorno do valor pago pelo INSS).
A Câmara encaminhou o caso para uma investigação e chamará a vereadora para apresentar os documentos. Durante a sessão, a vereadora entregou uma cópia dos documentos a cada uma dos vereadores, que comprovam o não recebimento do benefício.

segunda-feira, 11 de junho de 2018

Vereadora consegue emenda parlamentar de R$ 170 mil para saúde


Nesta segunda-feira, dia 11, a vereadora Jussarete Vargas (PP), esteve em Porto Alegre para uma audiência com o Deputado Federal, Covatti Filho (PP-RS), para anunciar o cadastro no orçamento da União de uma emenda parlamentar no valor de R$ 170 mil, para compra de uma ambulância equipada para saúde local.
Segundo a vereadora, o Deputado já cadastrou a emenda de sua autoria e aguarda para os próximos dias o empenho do valor. Na sequencia, a Secretaria de Saúde de Caçapava enviará o projeto da ambulância para assegurar o recurso.
O Deputado informou na reunião, que após o envio do projeto e o empenho, o Governo Federal deve depositar na conta da Prefeitura o valor para a compra da ambulância.
“ Eu luto pela saúde de Caçapava há vários anos, no qual é a minha bandeira de atuação na Câmara, com isso, solicitei ainda no início do ano ao Deputado esta emenda que está se concretizando agora com o cadastro definitivo. Participaram também do encontro o Ex-Deputado Federal Vilson Covatti (PP).

Vereador entrega projeto sobre Segurança Pública integrado ao cidade digital


Na tarde desta segunda-feira, dia 11, o Vereador Ricardo Rosso esteve reunido com o Secretário de Planejamento do Município, Flávio Monteiro, para apresentar um projeto de vídeo monitoramento na cidade, construído após visita aos municípios da Serra que são referência neste tema.
“ Desde 2015 estou colhendo informações sobre Segurança Pública, principalmente o vídeo monitoramento na cidade, no qual realizei a visita em muitos municípios da Serra para saber como é o funcionamento. Todos esses dados estão no relatório”, disse Ricardo.
Uma ação do Rotary Clube Caçapava, junto com outras entidades e empresas fez a doação de Câmeras para serem implantadas em locais estratégicos da cidade, com o apoio da Brigada Militar. Esta ação ainda está em andamento pelo município que precisa adquirir os postes para implantação. “ O meu projeto veio para somar o já existente e contribuir, com isso, quero desde já parabenizar o Rotary e as empresas envolvidas por liderarem este processo que beneficia a cidade,” relatou.
O vereador protocolou também nesta segunda-feira, dia 11, uma indicação a Prefeitura, que associe esta iniciativa do vídeo monitoramento, com o projeto Cidades Digitais, que deve ser executado no segundo semestre deste ano, através de uma empresa licitada pelo Governo Federal, onde cabos de fibra ótica devem ser instalados em Caçapava.
O projeto Cidades Digitais foi cadastrado no Ministério da Ciência e Tecnologia no final do ano de 2013, onde a União escolheu apenas 10 municípios gaúchos para receberem este investimento que é de aproximadamente R$ 1,5 milhão. O Governo Federal licitou uma empresa para executar o projeto em todo o Brasil e em 2018 chegou a vez de Caçapava receber o investimento planejado ainda em 2013.
O Secretário Flávio Monteiro falou do projeto Cidade Digital com muito entusiasmo e disse que a ação de vídeo monitoramento deve ser facilitada com o Cidade Digital.
“Entreguei o projeto para o Secretário Flavio e estou fazendo a indicação também direcionada a ele porque acredito no corpo técnico da Prefeitura e no espírito público do Secretário”, disse Rosso.


domingo, 10 de junho de 2018

Secultur promoveu ação ambiental na cascata do salso neste domingo

A Secretaria de Cultura e Turismo (Secultur), promoveu neste domingo, dia 10,  o evento “Abrace a Cascata do Salso”.
Conforme o secretário João Timotheo Machado, o objetivo do evento foi proporcionar uma caminhada junto a natureza, para que as pessoas conheçam o local e também possam ajudar na educação ambiental, recolhendo resíduos sólidos e transmitindo desta forma os princípios de mínimo impacto nos atrativos turísticos e na preservação do cenário natural da Cascata do Salso.
O projeto "abraço à Cascata do Salso" foi também em alusão à Semana do Meio Ambiente. A ação, organizada pelo secretário João Timótheo e seu adjunto Erni Rocha, contou com a presença do prefeito Giovani Amestoy e voluntários, que foram até o local e fizeram um mutirão de limpeza para juntar resíduos sólidos descartados na natureza.