quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Propaganda eleitoral no rádio e na TV começa nesta sexta-feira

A propaganda eleitoral gratuita começa a ser divulgada no rádio e televisão para todo o país nesta sexta-feira (31). Durante o primeiro turno, o conteúdo político será veiculado até 4 de outubro, três dias antes de os eleitores comparecerem às urnas. No total, serão 35 dias de propaganda – dez a menos que antes da aprovação da Reforma Eleitoral de 2015 (Lei 13.165/2015).

Em casos em que haja segundo turno, a veiculação será retomada no dia 12 de outubro, ou seja, na primeira sexta-feira após o primeiro turno. Serão mais 15 dias até o dia 26 de outubro – dois dias antes dos eleitores voltarem às urnas.

A definição quanto aos dias de exibição das campanhas leva em conta o cargo em disputa. Os programas dos presidenciáveis irão ao ar às terças-feiras, quintas e aos sábados. No rádio, das 7h às 7h12min30seg e das 12h às 12h12min30seg. Na televisão, das 13h às 13h12min20seg e das 20h30 às 20h42min30seg. Nestes mesmos dias, serão transmitidas as propagandas dos candidatos a deputado federal. Já a publicidade dos que concorrem aos governos estaduais e do Distrito Federal, bem como ao Senado e a deputado estadual e distrital será exibida às segundas-feiras, quartas e sextas. Nos domingos, não haverá propaganda eleitoral.

Juntos, os programas dos candidatos à Presidência da República ocuparão dois blocos de 12 minutos e 30 segundos cada, totalizando 25 minutos a cada dia de exibição. Mesmo tempo destinado à propaganda do conjunto de candidatos a deputado federal. Os que concorrem aos cargos de governadores dividirão 18 minutos de campanha no rádio e na TV. Tempo igual ao destinado aos candidatos a deputados estaduais e distritais. Já os que concorrem ao Senado aparecerão em dois blocos de 7 minutos cada.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 28.306 pessoas registraram suas candidaturas. São 13 candidatos presidenciais; 199 concorrentes ao cargo de governador; 353 aspirantes ao Senado; 8.346 candidatos ao cargo de deputado federal; 17.512 a deputado estadual; 963 a deputado distrital e 353 ao Senado – que, este ano, renovará dois terços dos atuais senadores. Ou seja, 54 candidatos serão eleitos.

No último dia 23, o TSE apresentou o tempo que caberá a cada candidato ao Palácio do Planalto na campanha de TV e rádio. A divisão do tempo de TV e rádio é feita conforme o tamanho das bancadas na Câmara dos Deputados dos partidos que compõem a coligação de cada candidato. Por este critério, oito das 13 candidaturas homologadas terão direito a menos de 30 segundos por bloco do horário eleitoral.

Além da aparição em bloco, os candidatos também fazem jus a divulgar propagandas de 30 segundos ao longo da programação das emissoras de rádio e TV. A quantidade de inserções das peças publicitárias eleitorais obedece ao mesmo critério de divisão do horário eleitoral, ou seja, a representatividade da coligação na Câmara.

Veja a ordem de aparição dos candidatos no primeiro dia de veiculação do horário eleitoral, o tempo em cada bloco e o total de inserções ao longo dos 35 dias de campanha em rádio e TV:

1- Marina Silva, coligação Unidos para Transformar o Brasil (Rede e PV): 21 segundos no horário eleitoral e 29 inserções;
2- Cabo Daciolo (Patriota): oito segundos no horário eleitoral e 11 inserções;
3- Eymael (Democracia Cristã): oito segundos no horário eleitoral e 12 inserções;
4- Henrique Meirelles, coligação Essa é a Solução (MDB e PHS): um minuto e 55 segundos no horário eleitoral e 151 inserções;
5- Ciro Gomes, coligação Brasil Soberano (PDT e Avante): 38 segundos no horário eleitoral e 51 inserções;
6- Guilherme Boulos, coligação Vamos sem Medo de Mudar o Brasil (PSOL e PCB): 13 segundos e 17 inserções;
7- Geraldo Alckmin, coligação Para Unir o Brasil (PRB, PP, PTB, PR, PPS, DEM, PSDB, PSD e Solidariedade): cinco minutos e 32 segundos no horário eleitoral e 434 inserções;
8- Vera Lúcia (PSTU): cinco segundos no horário eleitoral e sete inserções;
9- Lula, coligação O Povo Feliz De Novo (PT, PCdoB e Pros): dois minutos e 23 segundos no horário eleitoral e 189 inserções;
10- João Amoêdo (Partido Novo): cinco segundos e oito inserções diárias;
11- Alvaro Dias, coligação Mudança de Verdade (Pode, PSC, PTC e PRP): 40 segundos no horário eleitoral e 53 inserções;
12- Jair Bolsonaro, coligação Brasil Acima de Tudo, Deus Acima de Todos (PSL e PRTB): oito segundos no horário eleitoral e 11 inserções e
13- João Goulart Filho (PPL): cinco segundos no horário eleitoral e sete inserções.

Colisão entre dois caminhões deixa motorista ferido em Caçapava do Sul

Um acidente envolvendo dois caminhões na BR 392 em Caçapava do Sul deixou um motorista gravemente ferido nesta quinta-feira, dia 30.
O acidente ocorreu por volta das 12h50min, na região conhecida como descida da Emec. Conforme o Corpo de Bombeiros, o motorista do caminhão com placas de Faxinal do Soturno teria perdido o controle do veículo e acabou colidindo no caminhão, que trafegava no sentido contrário (Santana da Boa Vista – Caçapava do Sul).
O motorista do caminhão com placas de Feliz/RS ficou preso nas ferragens e foi resgatado pela equipe do Corpo de Bombeiros. O Samu prestou atendimento e encaminhou ao Pronto Socorro. Conforme o Corpo de Bombeiros, o motorista é de São Gabriel e sofreu traumatismo craniano. Também sofreu graves lesões nos pés.
Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o motorista do caminhão de Faxinal do Soturno fugiu do local. A PRF liberou o trânsito da BR 392 em meia pista, enquanto os veículos são retirados da rodovia.

terça-feira, 28 de agosto de 2018

De vereadores indignados a calceteiros de mão cheia

A reposição de calçamento na cidade é um principais problemas estruturais do município, principalmente no centro de Caçapava do Sul. A reclamação nessa área vem sendo intensa nas redes sociais por parte da população, onde locais estão há quase um ano com o buraco aberto, ou seja, sem a reposição do calçamento.
Este tema está sendo assunto nas sessões da Câmara desde 2017, quando os vereadores fazem as cobranças na tribuna ou por requerimento. Mas nesta terça-feira, dia 28, alguns vereadores indignados com este problema informaram que tinham comprado o material para fazer o conserto de alguns pontos por conta própria.
O parlamentar mais insistente neste tema foi o vereador Zilmar Araújo (Mano), que relatou a cobrança diária que recebe dos moradores sobre os buracos, mas principalmente na avenida Presidente Kennedy, entrada da cidade, em frente ao Mercado Kaizer.
No final da sessão, os vereadores Mano, Mariano Teixeira, Ricardo Rosso e Alex Vargas saíram do Legislativo e foram carregar o material que tinham comprado, 60 pedras de paralelepípedo e um metro de areia fina. Com isso, usando ferramentas manuais os quatro vereadores começaram o serviço na avenida Presidente Kennedy e fizeram a reposição de calçamento no local, onde durante o trabalho que durou cerca de 2h, os vereadores organizaram o trânsito.
"Fizemos este trabalho como forma de protesto e para chamar a atenção do Poder Público deste problema enfrentado na cidade há muitos anos, mas fizemos o protesto mostrando que com boa vontade a gente resolve os problemas da cidade. Escolhemos este local porque é bem na entrada da cidade e o movimento de carros é intenso na região, além de ser um lugar marcado como o buraco do Mano, de tanto que eu falo nas sessões", disse o Vereador Mano.
"Função de Vereadores? Sabemos que não, mas diante do atual cenário municipal, resolvemos expor nossa indignação, mostrando que com boa vontade e atitude as coisas podem acontecer na nossa cidade, em menos de duas horas consertamos e recolocamos o calçamento na avenida Presidente Kennedy, em dois pontos próximos ao mercado Kaizer. Foram dois pontos porque quando terminamos o primeiro, os colaboradores do Mercado solicitaram um novo conserto no calçamento que fica mais perto do estabelecimento. Não é só reclamar e falar, temos que ter a capacidade de indignação e atitude", comentou Mariano Teixeira.
"Sabemos que o município enfrenta problemas nesta área, principalmente na dificuldade de conseguir calceteiros para esses pequenos consertos, mas nos pontos mais urgentes é necessário um mutirão de duas horas e acabar com o problema.", disse Alex Vargas.


Presidente denuncia incompatibilidade de horário de Secretário Adjunto com entidade privada

Fonte: farrapo.rs

Na sessão da Câmara desta terça-feira, dia 28, o Presidente da Câmara, Marquinho Vivian (MDB), fez uma denuncia no plenário dizendo que o Secretário Adjunto da Assistência Social, Olcindo Soares, que é CC, trabalha também como médico veterinário no Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR), todas as segundas e terça-feiras, das 8h30min as 12h e das 13h as 16h30min.
" Eu recebi essa denuncia há três semanas e envieiu um ofício ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais para saber se era verdade e solicitei também a sua carga horária, no qual a entidade respondeu a Câmara confirmando que o Olcindo Soares presta serviço a entidade como médico veterinário nas segundas e terças-feiras, das 8h30min as 12h e das 13h as 16h30min. Com isso, como o Secretário
é CC da Prefeitura, 40h semanais, essa incompatibilidade de horário não é possivel porque o horário da Prefeitura é das 9h as 15h, cinco dias na semana. Com este documento do Sindicato, comprova que o Secretário trabalha dois dias na semana no STR e três dias na Prefeitura. Mesmo que o CC compense horário a noite e nos finais de semana, é no mínimo imoral", disse o Presidente.
O que diz a Prefeitura
O Alcindo (Cindinho) tem um contrato de duas horas por dia, com o Sindicato, mas, acordado com eles, ele executaria essas horas em dois dias da semana (conforme o ofício enviado à Câmara). Em relação ao trabalho dele na Secretaria, essas 6h diárias, 12, no caso, por tratar-se de 2 dias, são compensadas. Vale ressaltar que as Secretarias, encerram o atendimento ao público às 15h, mas não o atendimento administrativo. E que, no caso da Assistência Social, que promove inúmeros eventos e projetos aos fins de semana, como ocorreu há menos de 10 dias (Projeto Conviver na Vila Progresso) que durou das 13h às 22h, ele foi um dos responsáveis pela organização, já justificando estas horas. Lembrando que ainda há cursos, palestras e eventos promovidos por ele e equipe de sua Secretaria em outros horários (a noite) e fins de semana.

Vereador leva paralelepípedo para a sessão como forma de protesto aos buracos nas ruas da cidade

O vereador Zilmar Araújo (Mano-PP) levou para a sessão da Câmara de terça, (28), um paralelepípedo, como forma de protesto aos buracos nas ruas da cidade. Ele disse em outras sessões, que moradores da Avenida Presidente Kennedy denominaram um dos buracos da avenida de "o buraco do Mano".
Os vereadores se organizaram e com recursos próprios compraram 60 paralelepípedos. Eles apresentaram a nota na sessão e disseram que as pedras estão a disposição do Poder Público para o conserto.
O vereador Mariano Teixeira (PP) sugeriu que após a sessão as pedras sejam colocadas nos buracos e que o conserto seja feito pelos próprios vereadores. Segundo ele, há locais que a mais de ano o calçamento foi retirado e até agora está sem as pedras.
Já Silvio Tondo (PP), na sessão do dia 07 de agosto, apresentou um levantamento feito por ele, que contabilizou 78 buracos na cidade, em praticamente todos os bairros.

domingo, 26 de agosto de 2018

Eleitor pode denunciar infrações eleitorais pelo celular através de aplicativo

Já está disponível para uso gratuito em smartphones e tablets a nova verão do aplicativo Pardal. O programa - lançado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) - é destinado a receber denúncias de infrações cometidas por políticos durante o período eleitoral.
Segundo o TSE, a meta é colocar os cidadãos como fiscais do processo eleitoral e “importantes atores no combate à corrupção eleitoral”.
Pela ferramenta, é possível fazer denúncias referentes à propaganda eleitoral nas ruas, compra de votos, uso da máquina pública, crimes eleitorais e doações e gastos eleitorais.
De acordo com o TSE, para fazer a denúncia pelo Pardal, o cidadão deverá informar obrigatoriamente o nome e o CPF (Cadastro de Pessoa Física), além de elementos que indiquem a existência do fato, como vídeos, fotos ou áudios.
A autoridade responsável por apurar a notícia de infração poderá manter em sigilo as informações do denunciante, a fim de garantir sua segurança.
Essa não é a primeira vez que a ferramenta é utilizada em âmbito nacional.
A nova versão, disponível para aparelhos que utilizam os sistemas Ios e Android, apresenta as mesmas funcionalidades da anterior (2016), com algumas melhorias. Uma delas é a possibilidade de registrar denúncias também contra partidos e coligações.
Outra é o sistema de triagem das denúncias que também foi melhorado para facilitar o trabalho de apuração por parte dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) e do Ministério Público Eleitoral (MPE).
Limitações
- Segundo o TSE, denúncias envolvendo candidatos aos cargos de presidente e vice-presidente da República, não serão processadas pelo Pardal.
- Independentemente do cargo, também não serão aceitas pela ferramenta denúncias de supostas irregularidades em campanhas de rádio, TV e Internet.
- Em todos esses casos, o eleitor deverá encaminhar as eventuais denúncias pelos meios tradicionais, como ao Ministério Público Eleitoral.

Começa o pagamento da 1ª parcela do 13º de aposentados e pensionistas

Começa nesta segunda-feira (27) o pagamento da primeira parcela do 13º salário para aposentados e pensionistas do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS). Até o dia 10 de setembro serão pagos 29,7 milhões de benefícios. O decreto autorizando a antecipação foi publicado em julho deste ano. No ano passado, o valor da primeira parcela também foi pago em agosto.
A primeira parcela do 13º salário corresponde a 50% do valor do benefício. De acordo com o governo, o depósito será realizado na folha de pagamento mensal do INSS, sistema público que atende aos trabalhadores do setor privado.  
Segundo o Ministério da Fazenda, 29,7 milhões de benefícios receberão a primeira parcela do décimo terceiro salário, totalizando R$ 20,7 bilhões.
O governo lembrou que a primeira parcela corresponde a 50% do valor de cada benefício, exceto para quem começou a receber depois de janeiro de 2018. Nesse caso, o valor será calculado proporcionalmente. A segunda parcela do abono será creditada na folha de novembro. É sobre a segunda parcela que incide o Imposto de Renda.
Por lei, tem direito ao 13º quem, durante o ano, recebeu benefício previdenciário de aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão ou salário-maternidade.
No caso de auxílio-doença e salário-maternidade, o valor do abono anual será proporcional ao período recebido. Aqueles que recebem benefícios assistenciais (Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica da Assistência Social – BPC/LOAS e Renda Mensal Vitalícia – RMV) não têm direito ao abono anual.
Ocorreio.com.br

sábado, 25 de agosto de 2018

Encontro Regional de Proteção e Defesa dos Animais reúne diversos ativistas

O I Encontro Regional de Proteção e Defesa dos Animais que ocorreu ontem (23) em Caçapava do Sul, reuniu diversas pessoas que apoiam a causa animal, crianças das escolas do município e Ativistas da causa de diversos municípios do Estado.
A abertura se deu através do Secretário de Educação, Aristides Costas, seguida de fala do Prefeito Giovani Amestoy, que também é médico-veterinário e abordou num dos painéis as políticas públicas que vêm sendo desenvolvidas em Caçapava.
“Apesar da equipe pequena de servidores, o Centro de Bem Estar Animal, vem realizando um excelente trabalho em castrações, mutirões de castrações e em campanhas e promoção de posse responsável, sempre em parceria com a Ong Clube do Cão. Realizamos mais de 600 castrações nos últimos 18 meses, mas ainda contamos com mais de mil animais na fila da castração e, por isso, o apoio da Ong, Clube do Cão, através das inúmeras feiras de adoção que fazemos mensalmente, é importante na busca de um lar para estes animais, juntamente com o trabalho da Secretaria de Educação com nossas crianças, sobre a posse responsável”, completou Amestoy.
O prefeito lembrou ainda das melhorias realizadas desde 2017 e 2018 no CBEA em parceria com a Ong, como a compra de equipamentos, a construção de uma maternidade para os cães e da realocação de um veiculo (Fiat Uno) de outra Secretaria para auxiliar no atendimento do Departamento Municipal de Proteção Animal, criado ano passado.

Painelistas e Ativistas de diversos municípios marcaram presença:

A Professora Silviane Delgado abriu a tarde de evento e encantou as mais de 150 crianças das escolas do município presentes com a hora do conto, falando sobre o amor, carinho e respeito pelos animais. Em seguida, a Vereadora e ativista da causa animal no município de Bagé, Beatriz Souza, conversou com as crianças sobre a posse responsável e passou um vídeo sobre adoção animal. Mais tarde, Beatriz abordou ao público ativista presente.
As 16 horas teve início os painéis com intermediação da Promotora-aposentada do município, Dra. Lígia Barros, e dos ativistas e painelistas convidados. Após a explanação dos dados do município por Amestoy, a Delegada Fabiane Bittencourt abordou a “Legislação e Direitos dos Animais” e lembrou de ações da polícia Civil no Município de Caçapava por denúncias:
“Lembro de algumas denúncias e ocorrências graves, como valas onde estavam animais mortos a céu aberto, inclusive com autuação da Prefeitura. Hoje vimos que Caçapava evoluiu muito nos dois últimos anos na proteção e cuidado animal. E isso me deixa muito feliz, pois tenho esta cidade como minha pela receptividade de toda a população”, disse a delegada Fabiane. Ela informou que é de obrigação da Polícia Civil ou BM registrar o B.O contra maus-tratos animais.”
A médica-veterinária Maira Ben Pilotto, da Clínica Dhama, falou sobre cuidados dos animais e doenças como cinomose em cães e leucemia felina (algumas doenças nos animais atendidos pela clínica): “É preciso alertar as pessoas que têm gatos, que os felinos também precisam ser vacinados, pois o número de registros destes casos têm aumentado em Caçapava”.
A Vereadora de Lavras do Sul, e Ativista da causa, Rosane Costa, trouxe os números do município, do recurso destinado por ela e outro colega da Câmara Municipal de Lavras, que também estava no evento: “Lavras, neste ano, pela primeira vez, apresentou orçamento destinando recurso à causa animal. Das minhas emendas positivas, foram destinadas 50% do recursos à causa e meu colega de bancada, Seixas, destinou outros 25%, pois sabemos a importância dos animais, da posse responsável e do controle de zoonoses”, falou.
“Eu tenho orgulho pela gestão atual que está fazendo um movimento social de resgate da causa na região. Animal não vota. Mas eu voto. Nós da causa votamos. E não aceitamos mais em Caçapava cenas como a do passado, animais em valas mortos a céu aberto atrás do que antes era um canil de depósito animal ou cães que viravam salsichão”, disse Beatriz. Ela lembrou que cabe ao cidadão ajudar no resgate a qualquer animal que corra riscos ou na denúncia em caso de maus-tratos.
A Psicóloga Débora Freitas abordou a “Importância dos Animais na Saúde Mental”. Ela citou inúmeros psicólogos e psiquiatras que usavam animais para ajudar na terapia de pacientes; do auxílio dos cães no tratamento terapêutico de pacientes durante a 2ª Guerra Mundial e deixou o questionamento: “Quem cuida de quem? Nós quem resgatamos e damos amor aos animais, ou eles quem nos resgatam e nos dão amor”?
Ambos os painéis contaram com a participação de ONGs como o Núcleo Bageense de Proteção Animal (representada por Patrícia Coradini), ONG Amicão- Charqueadas (Adriana Farias) e Clube do Cão de Caçapava do Sul (representada pela painelista Valdirana Zago), relatando suas histórias, busca pela posse responsável animal, resgate, da dificuldade e parcerias com Poder Público e das políticas de incentivo aos Direitos dos Animais.
A Deputada Estadual Regina Becker Fortunati, que seria uma das convidadas, não conseguiu estar no evento, mas enviou um vídeo parabenizando as ações que a Ong Clube do Cão, Prefeitura Municipal e Secretaria de Educação vêm realizando no município.
Promovido pela Secretaria de Educação, com apoio da Prefeitura Municipal de Caçapava do Sul, Secretaria Geral e Clube do Cão, o evento contou ainda com a participação dos vereadores Paulo Pereira e Ricardo Rosso (Caçapava do Sul), Eduardo e Guto (Lavras); dos Secretários Cássia Freitas (Geral), José Junior (Administração), Zoé Silveira (Assistência Social), Rosângela Vieira (representando a Seagropic), Volnei Rosso (adjunto Fazenda), Luiz Ilha (Vigilância Sanitária), Augusto Souza (Departamento Municipal de Posse Responsável) e Elisete Rodrigues (CBEA); Artur Souto (assessor do Dep. Estadual Gilmar Sossela); da ex-presidente da Ong Clube do Cão, Rosa Grecca e da atual presidente, Lidia Freitas Dutra, além da primeira-dama, Andressa Lisboa, vice-prefeito Luiz Guglielmin e da vice-primeira-dama Iole Dornelles.

Brigada Militar de Caçapa do Sul prende homem suspeito de tráfico de drogas

A Brigada Militar de Caçapava do Sul realizou nesta sexta-feira, dia 24, mais uma Operção Plano Tático Operacional na cidade. Durante a Operação foram abordadas 33 pessoas e 10 veículos, onde um dos carros foi removido e o condutor multado
A BM informou também, que durante a operação foram confeccionados dois Termos Circunstanciados por posse de entorpecente, sendo um por uma pedra de crack e outro por um tablete de maconha e pino de cocaína. 
Na mesmpa operação, os Policiais prenderam um indivíduo suspeito por tráfico de drogas, já que durante uma busca no seu veículo a BM encontrou um tablete com 54g e uma porção de 1g de maconha, além de uma porção de 1g em seu bolso.
O homem preso foi encaminhado a Delegacia de Polícia e o flagrante da prisão foi registrado.
Fonte: Brigada Militar

sexta-feira, 24 de agosto de 2018

Acusado de homicídio é absolvido pelo Tribunal de Juri de Caçapava do Sul

Em Sessão do Tribunal do Júri de Caçapava do Sul, nesta quinta-feira, 23, o réu Reinoldo dos Santos Pereira, foi absolvido por legítima defesa, no julgamento de um homicídio consumado qualificado pelo motivo fútil. 

O crime ocorreu no dia 16 de dezembro de 2012, quando Veríssimo Dias Freitas, de 52 anos, foi morto no Rincão de Lourdes, em Caçapava do Sul. Ele levou um tiro no abdômen. 

Reinoldo foi denunciado pelo Ministério Público por ter matado Veríssimo por questões financeiras. Ele utilizou arma de fogo e disparou contra a vítima, que era seu cunhado, inúmeros tiros, causando lesões que levaram ao óbito. 

Atuaram no júri, o juiz Diego Carvalho Locatelli, promotor Diogo Gomes Taborda e na defensoria pública, Cláudia Alves da Rocha, de São Sepé.

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Maior feira agropecuária do RS começa sábado com várias atrações

Muitas atrações estão reservadas para o primeiro dia da 41ª Expointer, que começa neste sábado (25) no Parque Estadual de Exposições Assis Brasil, em Esteio. A abertura dos portões na praça central ocorrerá às 9h. Em seguida, as autoridades se dirigem à Feira da Agricultura Familiar, às 10h. Pela tarde, a partir das 15h, acontece a abertura oficial do evento no Restaurante Internacional, com discursos e outorga da Medalha Assis Brasil.

A medalha será entregue a personalidades por serviços prestados na área da agricultura e pecuária. São eles Ricardo Barbosa Alfosin (presidente da Comissão Especial de Direito Agrário e do Agronegócio da OAB/RS); Rogério Jacob Kerber (consultor e presidente do Fundo de Desenvolvimento e Defesa Sanitária Animal) e Vasco Antônio da Costa Gama (agropecuarista e criador de gado, ovino e equinos).
No ato solene, participam o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, o governador José Ivo Sartori, secretários de Estado, prefeitos e demais autoridades. No início da noite, a principal atividade cultural será a apresentação do show Ópera Gaúcha.
Atrações
São mais de 400 eventos e atividades à disposição dos visitantes durante os nove dias de feira. O público também terá acesso à exposição de 151 raças de animais e aos pavilhões de máquinas e implementos agrícolas, da Agricultura Familiar e da Exposição de Artesanato do Rio Grande do Sul (Expoargs).
Paralelamente, as entidades também vão dar início às atividades temáticas, como palestras, cursos e seminários voltados ao aprimoramento da agropecuária.

Programação da abertura

9h - Abertura dos portões, na praça central.

10h - Abertura Feira da Agricultura Familiar - Com presença dos secretários Odacir Klein (Agricultura, pecuária e Irrigação) e Tarcisio Minetto (Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo) e Jefferson Coriteac, da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead). Logo após, percorre-se o novo pavilhão, que tem cerca de 7,4 mil metros quadrados.

15h - Abertura Oficial da 41ª Expointer, no Restaurante Internacional, com discursos e outorga da Medalha Assis Brasil.

19h - Show Ópera Gaúcha - com música, danças, 40 gaiteiros, 40 bombos legueros, 40 cavaleiros e 40 bailarinos. Show de Elton Saldanha, Luiz Marenco Joca Martins, Renato Borghetti, Cristina Sorrentino Local: Pista Central.
Veja fotos de edições passadas

Serviço

Data: 25 de agosto a 2 de setembro de 2018

Horário de funcionamento do parque: das 8h às 20h30

Veículos visitantes: das 8h às 20h
Texto: Rodrigo Vizzotto
Edição: Gonçalo Valduga/Secom

Rio Grande do Sul tem alerta para rajadas de vento e chuvas em volume médio

A Defesa Civil do Estado divulga  alerta de vendaval entre a madrugada desta sexta-feira (24) e a de sábado (25). A previsão é de que ocorram ventos com rajadas de até 80 quilômetros/ hora em todo o estado, com exceção da faixa de fronteira com o Uruguai até a divisão entre os municípios de Itaqui e Rio Grande. Em todo o estado haverá ainda chuva de volume médio. O nível de severidade é calculado pela Defesa Civil como 'perigo potencial'. 

quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Câmara aprova abertura de crédito no valor de 700 mil para reforma da Avenida Lima e Silva

A Câmara de Vereadores aprovou na sessão de terça, (21), o projeto de lei que autoriza abertura de crédito para o município receber R$ 700 mil do Estado - Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER) - para o recapeamento da Avenida Lima e Silva.
A aprovação deste projeto era necessária para o município licitar a obra. O valor total do projeto é R$ 885 mil, R$ 700 mil do Estado e uma contrapartida do município de 185 mil.
Esse recurso foi conseguido com o Estado em fevereiro deste ano, após uma reunião dos vereadores do PP e PMDB com o secretário dos transportes do RS na época. O Estado aceitou a reivindicação dos vereadores e enquadrou o projeto da Lima e Silva, no programa de acesso aos municípios, com recursos do bando mundial, através do DAER.
O convênio entre o DAER e o município foi assinado no dia 22 de junho e a contar desta data a prefeitura tem 150 dias para fazer a obra, o prazo final é 19 de novembro, conforme publicação do Diário Oficial.
Com a aprovação do projeto a prefeitura deve abrir licitação nos próximos dias. “ No final do mês de fevereiro os vereadores participaram de uma reunião com o Secretário dos Transportes do RS, junto com o Prefeito Otomar Vivian, e pedimos que o Secretário incluísse Caçapava neste programa do Estado de acesso aos municípios, no qual foi aceito uma semana após o encontro. Após começou uma pressão política da Câmara e da Prefeitura, através dos vereadores e o Prefeito para a assinatura do convênio, foi uma pressão de todos os partidos para que no dia 22 de junho o contrato entre DAER e Município fosse assinado e a ordem de serviço publicada no dia 25 do mesmo mês. Agora a Prefeitura deve licitar para após o período eleitoral iniciar a obra para receber o recurso do Governo do Estado”, disse Ricardo Rosso, Líder da Bancada do PP.

terça-feira, 21 de agosto de 2018

Mulher morre em acidente na BR-392 em São Sepé

Uma colisão envolvendo uma carreta e um Jeep Renegade com placas de São Sepé vitimou uma mulher na tarde desta terça-feira, 21. O acidente aconteceu por volta das 16h na BR-392, próximo à Sanga Funda.
A caminhonete com placas de São Sepé seguia no sentido Santa Maria/São Sepé quando colidiu frontalmente com o caminhão que se dirigia no sentido São Sepé/Santa Maria. Marcas na pista indicam que a carreta tentou frear antes de bater contra o veículo com placas de São Sepé. No entanto, as circunstâncias do acidente ainda serão apuradas.
O motorista do caminhão não se feriu. O condutor do Jeep Renegade, Daniel Pacheco Vargas, ficou preso às ferragens e precisou ser removido pelos bombeiros e SAMU. Ele estava consciente e conversando com os socorristas, mas foi encaminhado ao Hospital Santo Antônio. A passageira do veículo, Hélen De David, morreu no local. O casal retornava de Santa Maria quando houve a colisão.
Até por volta das 17h o trânsito estava em meia pista. Militares do Exército que passavam no local instantes após o acidente orientaram o trânsito no trecho onde ocorreu a colisão.
Osepeense.com

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

De olhos bem fechados - Patrimônio Histórico e Cultural de Caçapava do Sul

Há quem diga que para se desenvolver, é necessário ser capaz de descartar o passado. Mas aqueles que tiveram oportunidade conhecer Patrimônios Históricos Culturais, tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), como por exemplo: Ouro Petro/MG, Olinda/PE, Centro Histórico de Salvador/BA, Ruinas de São Miguel das Missões/RS se encantam, se inspiram e se renovam: enfim, evoluem.

Há também os que dizem que cultura histórica é coisa fútil e inútil, mas é nos Tribunais que se vê desapontar as maiores engenhosidades de criminosos por tamanha ociosidade em contraponto as mentes brilhantes do mundo, generosas e bem aventuradas, disciplinadas e instruídas. 

No site de pesquisa Wikipedia, Caçapava do Sul é assim retratada: “No sangue dos caçapavanos corre uma veia histórica e repleta de lutas. Localizada num ponto chave entre as batalhas que se sucederam no Rio Grande do Sul, Caçapava do Sul notabilizou-se na luta por seus ideais de liberdade e justiça. Pela bravura de seu habitantes, conquistou o título de 2º Capital Farroupilha de 1839 a 1840.”. Cento oito anos separa este fato que tanto se orgulha caçapavanos. 

Quais são, atualmente, os elementos físicos (bens materiais) que podem se referenciar para contar esta história? A cidade conta com cinco edificações atualmente tombadas. Uma pelo Iphan, há 80 anos, o Forte D. Pedro II. E quatro pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado (Iphae), há 33 anos: Casa Borges de Medeiros, Casa dos Ministérios, a Igreja Matriz Nossa Senhora da Assunção e o antigo Forum (hoje abriga o Centro Municipal da Cultura).

Como qualquer outra Lei Federal, Estadual ou Municipal, o Tombamento estabelece limites as vontades individuais que ameacem um bem de interesse público, com o objetivo de resguardar e garantir direitos e interesses da sociedade. Do registro no Livro Tombo para a Preservação, Conservação e Revitalização destas edificações, nada foi feito.
A gente não se acostuma com o intenso vento minuano frio do inverno caçapavano; a gente não se acostuma com sol escaldante do verão caçapavano. A emoção de tristeza se intensifica a andar na rua e ver edificações históricas, de alto valor histórico cultural, desabando. Acostumar-se, deveria?
De olhos bem fechados, passo a fantasiar, para não ralar na aspereza. No tempo, na história, “a bravura dos seus habitantes”, por que parou?
De olhos bem fechados, faço acreditar que projetos bem executados e finalizados são invencíveis aos trâmites burocráticos. Que prédios culturais, fundações culturais, institutos, memoriais se recriem para lugares de trabalho, entretenimento, contemplação, de fé e reflexão, de passagem ou de passeio e que sejam ambientes e equipamentos urbanos de modo emocionalmente agradáveis e saudáveis. Mesmo que investimentos para os projetos sejam alto, mas recompensador.

De olhos bem fechados, imagino a chance, se desse uma Universidade, de contemplar a história do Rio Grande do Sul na 2º Capital Farroupilha, com cursos de humanas de História, Arquitetura e Urbanismo, Turismo, Produção Cultural... certamente, em uma década, pelo menos, as edificações tombadas resguardariam mais atenção, estado e seu entorno urbanístico mais desenvolvido e valorizado.

E se assim fosse, de olhos bem fechados, posso ver quantos turistas, quantas trocas e incremento econômico não intermitente ao tempo e com pouco impacto ambiental.

De olhos bem fechados, imagino idas e vindas de gente colorida e alegre no centro histórico e uma economia pujante promovendo melhoria da qualidade de vida aos caçapavanos.

De olhos bem fechados, fantasio a aprazível 2º Capital Farroupilha, tradicional e histórica Caçapava do Sul, abraçar todos os demais títulos de “Capital” que lhe possa acolher.

De olhos bem fechados, faço ver a Memória do povo caçapavano resguardada e bem amostrada para se buscar no passado referencias necessárias para o presente e futuro que queremos construir.

De olhos bem fechados, faço uma oração para que a situação do Patrimônio Histórico e Cultural de Caçapava do Sul seja cuidado, restaurado, revitalizado e preservado!

Observem o Art. 126 da Constituição Federal:
Art. 216. Constituem patrimônio cultural brasileiro os bens de natureza material e imaterial, tomados individualmente ou em conjunto, portadores de referência à identidade, à ação, à memória dos diferentes grupos formadores da sociedade brasileira, nos quais se incluem:
        I -  as formas de expressão;
        II -  os modos de criar, fazer e viver;
        III -  as criações científicas, artísticas e tecnológicas;
        IV -  as obras, objetos, documentos, edificações e demais espaços destinados às manifestações artístico-culturais;
        V -  os conjuntos urbanos e sítios de valor histórico, paisagístico, artístico, arqueológico, paleontológico, ecológico e científico.
    § 1º O poder público, com a colaboração da comunidade, promoverá e protegerá o patrimônio cultural brasileiro, por meio de inventários, registros, vigilância, tombamento e desapropriação, e de outras formas de acautelamento e preservação.
    § 2º Cabem à administração pública, na forma da lei, a gestão da documentação governamental e as providências para franquear sua consulta a quantos dela necessitem.
    § 3º A lei estabelecerá incentivos para a produção e o conhecimento de bens e valores culturais.
    § 4º Os danos e ameaças ao patrimônio cultural serão punidos, na forma da lei.

    § 5º Ficam tombados todos os documentos e os sítios detentores de reminiscências históricas dos antigos quilombos.

Lislair Leão Marques - Mestre em Engenharia Ambiental, Tecnologa em Construção Civil. No final dos anos 80, quando estudou Arquitetura e Urbanismo, atuou no Departamento de Patrimônio Histórico da Secretaria de Estado da Cultura do Paraná.

Comissão de Ética arquiva denúncia anônima contra vereadora Márcia Gervásio

A denúncia contra a vereadora Márcia Gervásio (PDT), feita em junho, de que ela teria recebido auxílio doença pelo INSS, do segundo semestre de 2017 até abril de 2018, foi arquivada pela Comissão de Ética do Poder Legislativo.
A comissão divulgou o parecer na manhã de quarta, (08). Os membros, por unanimidade, acompanharam a decisão do relator da comissão, vereador Alex Vargas (PMDB), que opinou pelo arquivamento da representação, pois a denúncia feita contra a vereadora é falsa.
De acordo com o relatório da comissão, foi realizada uma apuração preliminar e sumária dos fatos, inclusive de documentos solicitados ao INSS, que reforçam a tese apresentada pela vereadora. Os fatos apresentados não caracterizam infração ética, por isso optou-se pelo arquivamento da denúncia.
“Sinto-me muito feliz e tranqüila porque já sabia, já tinha provado. Agora estou aguardando o término da instrução da Polícia Civil e Federal, que ao concluírem as investigações, o culpado vira à tona e a população irá saber quem foi o autor da denúncia”, desabafa a vereadora Márcia.

Campanha de Vacinação atinge 897 crianças em Caçapava do Sul

A Secretaria de Saúde de Caçapava do Sul realizou neste sábado, 18, o Dia D da Campanha de Vacinação contra Poliomielite e Sarampo. 

Até sábado, 897 crianças foram vacinadas, atingindo 59,36% da meta da Campanha, que totaliza 1511 crianças.

Acompanharam o Dia D da vacinação nas ESFs, o Prefeito Giovani Amestoy, a Secretária de Saúde Inês Salles e a Enfermeira responsável pela Campanha, Sandra Bairros.

De acordo com a Prefeitura, a sala de vacinação da Policlínica permanece funcionando na ESF2 (Postão). A Campanha encerra no dia 31 de agosto.

Serviço de balsa está interrompido devido ao nível do Rio Jacuí

Foto: Cacau Moraes
Nenhum veículo desde o início da manhã desta segunda-feira (20) é transportado pela balsa, que realiza a travessia entre a Praia Nova e a Rua Moron, em Cachoeira do Sul. O motivo é baixo nível do Rio Jacuí que causa transtornos nos atracadouros e com isso a balsa fica impedida de embarcar veículos. O nível do rio está em 13,99 metros, ou seja, 5,99 metros abaixo da sua marca normal que é de 18 metros. 
A interrupção ao que tudo indica deve ser estender até esta terça-feira (21), porque até lá esperada a abertura de comportas de Dona Francisca. Esta pelo menos é a expectativa da empresa Travessia Vitória, responsável pelo serviço desde o dia 6 de julho, quando ocorreu o fechamento da Ponte do Fandango para trânsito, devido a obras de recuperação de sua estrutura.
A movimentação da balsa no Rio Jacuí começou a dar problemas no final, quando um ônibus da empresa São João teve que puxado por um trator. Veículos leves neste domingo à noite também tiveram dificuldades para embarcar e desembarcar da balsa assim como os ônibus da Unesul, da Planalto de outras empresas que atendem a região.   
Quem tiver que viajar para outras localidades, principalmente, Porto Alegre, deve utilizar rotas alternativas e quem precisar se deslocar para a região de Palmas, Barro Vermelho e BR-289, a opção é a balsa do São Lourenço.  
Rotas Alternativas sugeridas pelo Dnit

Porto Alegre – Cachoeira do Sul: Pela BR-290 ir até a BR-471, em Rio Pardo, depois em Santa Cruz do Sul seguir pela RST 287 até Novo Cabrais a BR-153
Cachoeira – Fronteira Oeste: Sair pela BR-153, seguir até RST 287 em Novo Cabrais e em Santa Maria pegar a BR-158 e retornar à BR-290 em Rosário do Sul.
Cachoeira - Porto de Rio Grande: Quem sai de Cachoeira do Sul e vai para o Porto de Rio Grande deve ir até Santa Maria e pegar a BR-392.
Fonte: http://www.ocorreio.com.br - Cachoeira do Sul

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Patrulha Ambiental faz vistoria em lixão clandestino em Caçapava do Sul

A Patrulha Ambiental de São Gabriel esteve na manhã de sexta-feira, 17, no lixão clandestino, atrás do antigo Patronato, em Caçapava do Sul, para vistoriar o local. A sargento Nair, que comandou a fiscalização comunicou a Comissão de Educação, Saúde, Ação Social, Bem-Estar Animal e Meio Ambiente da Câmara de Vereadores sobre a ação.
No local, a Patrulha encontrou um depósito irregular de lixo. Segundo a sargento Nair, há acúmulo de lixo descartado de forma inadequada: pneus, resíduos sólidos urbanos, restos de poda e resíduos de materiais de construção.
Durante a ocorrência, um caminhão da Prefeitura chegou no local. De acordo com os policiais, o motorista contou que não estava lá para descarregar lixo.
“Orientamos os funcionários e iremos fazer um boletim de ocorrência. Esse tipo de lixo não pode ser descartado in natura no solo, é preciso dar um tratamento adequado. Até mesmo o lixo de pátio precisa ser descartado da maneira certa, os galhos de árvores devem ser triturados. Vamos procurar a Prefeitura e verificar se há licença para depositar resíduos no local”, disse a sargento.
A ocorrência será entregue para a Polícia Civil e Ministério Público. A Patrulha Ambiental fará também uma notificação para a Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura. Moradores da região acompanharam a ação da polícia ambiental.
Conforme notícia publicada recentemente pela Prefeitura, há poucos dias houve um furto de alambrado no local, o que acarretou em novos depósitos de lixo. O alambrado construído pela Prefeitura em um terreno, na área pública do Patronato Agrícola Patrício Dias Ferreira, tinha mais de 100 metros. Foi feito para coibir a ação de pessoas colocavam todo o tipo de lixo, como pneus, vidros, plásticos diversos, móveis de todos os tipos, lixo doméstico e de pátio e muitas vezes colocando fogo nesse material, causando diversos problemas para a comunidade e Meio Ambiente. No entanto, após o roubo, o lixo voltou a ser colocado no terreno, que é de uso exclusivo da Prefeitura.
Com o episódio, o Secretário de Obras Paulo Henriques lamentou o ocorrido e acrescentou que foi feito o registro do furto junto ao órgão competente, através de um boletim de ocorrência e que a obra será refeita em breve.

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Moradores da Picada Nossa Senhora das Graças iniciam campanha de conscientização sobre o lixo

Os moradores da Picada Nossa Senhora das Graças, interior de Caçapava do Sul, iniciaram nesta quinta-feira, dia 16, uma campanha de conscientização sobre o lixo na região, que é jogado pela própria comunidade no decorrer da estrada. A iniciativa foi coordenada pelo Presidente da Capela da Comunidade, Marcos Nottar, em conjunto com o Vereador Zilmar Araújo (Mano).
Os moradores fizeram placas informativas solicitando que a população não jogue lixo na estrada e colocaram em pontos estratégicos na região da Picada Grande e Picada Nossa Senhora das Graças. O evento que iniciou a campanha aconteceu no trevo de acesso a localidade e contou com a presença de aproximadamente 30 pessoas, inclusive a vigilância sanitária.
Segundo Marcos Nottar, foram confeccionadas 24 placas com adesivo e distribuídas ao longo da estrada até a BR 153.
Já o vereador Mano falou da importância da campanha e que ação deve diminuir a colocação de lixo na estrada

terça-feira, 14 de agosto de 2018

Lei deve obrigar o enviou de todos os decretos executivos para Câmara


Durante a sessão desta terça-feira, dia 14, a Câmara de Vereadores de Caçapava do Sul aprovou por unanimidade um projeto de lei de autoria do vereador Marquinho Vivian (MDB), que obriga a Prefeitura a enviar cópia de todos os decretos executivos editados pelo Prefeito para a Câmara. Segundo o proponente da matéria, a iniciativa é para dar maior transparência das atividades públicas e nos atos da Prefeitura que não precisam de autorização legislativa.
Segundo o vereador, todo o ano a Câmara vota o orçamento anual do município e estipula o percentual que o executivo poderá mudar sem autorização legislativa, que ao longo dos anos vem sendo 5%,  em um orçamento superior a R$ 100 milhões. Esses remanejos de recursos dentro dos 5% são feitos por decreto, com a publicidade somente no mural da Prefeitura e nos programas internos da Prefeitura e do TCE.
“ Com a aprovação da lei e se o Prefeito sancionar , o executo terá que enviar uma cópia de todos esses decretos editados, tanto da autonomia financeira, quanto de todos os atos do poder executivo, dando maior transparência as atividades do serviço público. Esse projeto também faz uma justiça, porque quem determina no orçamento essa autonomia é a própria Câmara, que poderia zerar esse índice, mas deixa 5% para desburocratizar uma pequena parte do orçamento”, disse o vereador.
“Em governos passados, a Câmara recebia as informações sobre onde era aplicado esta parte do orçamento por decreto, mas ao longo dos anos nunca mais foi enviado. Agora, através desta lei vamos conseguir acompanhar e fiscalizar onde está sendo direcionada esta verba e as ações do Poder Executivo”, comentou Vivian.
Com a aprovação pelo plenário da Câmara, o projeto segue agora para sanção do Prefeito Giovani Amestoy.


Educação foi um dos principais temas de debate no Legislativo nesta terça-feira


Nesta terça-feira, dia 14, um série de reuniões sobre educação movimentaram a Câmara, principalmente pela visita do Secretário da pasta, Aristides Costa, que participou de um encontro com a Comissão da Educação da Câmara e o Sindicato dos Professores Municipais, Além de usar da tribuna livre durante a sessão ordinária.
Na primeira reunião com o Sindicato, a Comissão e a equipe técnica da Secretaria de Educação, a pauta principal foi o pagamento do piso nacional do magistério, que segundo a categoria ficou faltando 4,06% de 2017 e os cinco meses de 2018, já que a reposição do Fundeb deste ano foi em duas parcelas. O Sindicato entende que o piso deve ser pago em cima do nível especial e o governo acredita que precisa ser considerado a partir do nível 1.
O Secretário não quis entrar em detalhes sobre o ano passado, porque na sua visão nessa época a Seduc era comandada pela professora Leslié Maicá. Já o Sindicato diz que a Prefeitura é obrigada por lei repassar a categoria o reajuste do Fundeb, que é pago sempre em janeiro pelo Governo Federal. Outro tema foi o superávit do Fundeb em 2017, de R$ 180 mil, onde a Comissão solicitou o retorno do projeto dos uniformes ou o pagamento do restante do piso. Na sequencia foram debatidos outros temas da educação, onde a reunião acabou se estendendo por quase duas horas.
No encontro com a categoria dos professores, participaram também do encontro os vereadores Alex Vargas e Silvio Tondo, além do Presidente da Comissão de Educação, Ricardo Rosso e a relatora, Márcia Gervásio.
Já durante a tarde, o Secretário Aristides Costa, acompanhado de algumas professores que trabalham na Seduc e colegas Secretários, usou da tribuna livre durante a sessão da Câmara, para fazer uma avaliação dos seus 6 meses a frente da Secretaria de Educação, os projetos que estão sendo executados e o planejamento da pasta. No final os vereadores fizeram questionamentos ao Secretário, onde a sua participação durou mais de 40 minutos.



Câmara rejeita projeto de contratação emergencial três mês após o concurso não ser renovado


A Prefeitura de Caçapava do Sul enviou há duas semanas para votação na Câmara, um projeto de lei solicitando autorização legislativa para contratação emergencial de um enfermeiro pelo período de um ano, conforme processo seletivo simplificado. O pedido da Prefeitura para contrato emergencial chegou pouco mais de três meses após a Administração não renovar o concurso público realizado em 2016, no qual foi considerado válido pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), em julgamento no final de abril.
Com isso, o projeto foi solicitado em regime de urgência e na sessão desta terça-feira, dia 14, os vereadores colocaram em votação e rejeitaram o projeto por 8 votos a 3. O Presidente da Casa, Marquinhos Vivian, fez a justificativa da rejeição da matéria alegando vários pontos que não teve a concordância dos vereadores.
 “Quando a Administração em abril deste ano não renovou o concurso público de 2016, ela afirmou oficialmente que não estava precisando de mais ninguém até o final do ano no quadro de pessoal, porque o concurso foi considerado válido pelo TCE e teve um documento aprovado pela Câmara solicitando a renovação do concurso e aprovar agora um contrato emergencial é um desrespeito com as pessoas que aguardavam uma nomeação. Outro ponto foi que a enfermeira que seria contratada após a aprovação do projeto já está trabalhando na policlínica desde o dia 1º de agosto, ou seja, começou a trabalhar por ordem do governo sem a votação do projeto, este fato foi comprovado pela Comissão de Saúde da Câmara em visita na policlínica. Isso foi uma falta de respeito com o parlamento, porque como você coloca alguém a trabalhar antes da votação do projeto. Mas um dos principais motivos foi o impacto financeiro do projeto entregue pelo setor de contabilidade da Prefeitura, dizendo que o município está com a despesa de pessoal acima do limite prudencial que é 51,30%, atingindo no mês passado mais de 53%, com isso, a Câmara não poderia dar um aval para uma contratação estando com esses índices”, disse o Presidente.
O outro motivo foi explicado pelo Vereador Luis Fernando Torres, que relembrou a reunião no início do ano com os técnicos da Secretaria de Fazenda e Secretaria Geral, quando foi informado que o índice da folha estava acima do limite e que não saberia se o dinheiro para o ano daria para pagar a folha dos servidores. “ Os Técnicos participaram de uma reunião e dizem para os vereadores que não se sabe se o dinheiro será suficiente para pagar a folha e depois você manda um projeto de contratação emergencial, com um impacto financeiro negativo e três meses após a não renovação do concurso, além da profissional já estar trabalhando antes da votação do projeto”, disse Boca Torres.
Já o líder da bancada do PP, Ricardo Rosso, disse que a Câmara precisa ter cuidado nas suas votações, lembrando que no início da sessão o Secretário da Educação, Aristides Costa, chamou a atenção dos vereadores sobre a  aprovação de um projeto no ano passado na área de educação.
O Vereador Caio Casanova tentou durante a sessão pedir vistas no projeto, para dar mais tempo para sua análise, mas o regimento neste caso é claro, como o projeto foi pedido em regime de urgência ele deve ser votado no máximo em 15 dias pela Câmara.
Os vereadores sugeriram também que o executivo faça o remanejo de outra enfermeira do quadro para trabalhar na policlínica. Os vereadores que votaram contra foram: Marquinhos Vivian (mesmo sem precisar votar porque é Presidente revelou seu voto), Ricardo Rosso, Mano, Alex Vargas, Márcia Gervásio, Luis Fernando Torres (Boca), Silvio Tondo e Mariano Teixeira. Votaram a favor os vereadores Paulo Pereira (Líder do Governo), Caio Casanova e Jussarete Vargas.


segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Fogo em lixão clandestino na região do antigo patronato assusta moradores

Na tarde desta segunda-feira, dia 13, foi colocado fogo em parte do lixão clandestino localizado atrás da Escola Municipal Patrício Dias Ferreira, antigo Patronato. A fumaça tomou conta da região e atingiu as casas localizadas ao lado e atrás do depósito de lixo, assustando os moradores.
O vereador Boca Torres (PT) esteve no local para conferir a denúncia e ficou impressionado com a quantidade de lixo no local e a fumaça que tomou conta da região
. " O lixo de pátio é carregado pela Prefeitura, mas o lixo doméstico, restos de construção, pneus, encanamentos, material elétrico, sofás e outros utensílios acredito que seja a população que joga no local. A situação já é grave pela quantidade de lixo e com o fogo e a fumaça a situação fica caótica para os moradores", disse o vereador.
Os moradores informaram também, que quando a Prefeitura carrega o lixo de pátio em muitas cargas aparecem junto o lixo doméstico e outros utensílios, bem como restos de construção que são colocados na rua pela própria população. "Hoje a fumaça era somente normal, mas quando colocam fogo nos pneus a fumaça preta afasta todo mundo da região, não aguentamos mais essa situação", disse uma das moradores que reside ao lado do lixão.
O vereador manifestou também a sua preocupação com a nascente que fica abaixo do depósito e que no futuro poderá dar problema ao município e a população.

Internacional vence o Campeonato da 2º Divisão

O Domingo de veraneio em Caçapava do Sul, levou centenas de pessoas ao Estádio Municipal Aristides de Macedo (Macedão) para assistirem a final da 2ª Divisão do Campeonato Municipal de Futebol de Campo.
Internacional e Nova Geração fizeram uma final equilibrada no citadino promovido pela Coordenadoria Municipal de Esportes, terminando o primeiro tempo empatado em 1 a 1.
O segundo tempo, também equilibrado, dava sinais de que o jogo iria para as penalidades, até que, em contra-ataque, a equipe do Internacional marcou o segundo gol da partida, quase aos quarenta minutos e resistiu a pressão do Nova Geração, sagrando-se campeão da 2ª Divisão.
A equipe do CMD, através de Valdirana Zago e Gerson Barcelos, além de representantes dos Sesc (parceiro do evento) e dos Secretários José Junior Dias (Administração) e Michele Mendes Marques (adjunta Geral), fizeram a entrega da premiação.
Além do Troféu de Campeão, o time do Internacional teve o goleiro Rodrigo como o menos vazado da competição. O Goleador foi Anderson Pedroso, do time da Vila Sul.

sábado, 11 de agosto de 2018

Madrugada deste sábado foi violenta em Canguçu

A população de Canguçu foi surpreendida por uma série de ações criminosas na madrugada deste sábado (11). Por volta da 1h, criminosos explodiram a agência da Caixa Econômica Federal, que fica na Avenida 20 de Setembro.
Houve uma série de disparos de arma de fogo por um longo período. Um guarda que cuida da segurança noturna no cruzamento da rua General Osório com Avenida 20 de Setembro teria sido atingido pelos tiros. Não há informação sobre o estado de saúde dele.

2 CAMINHONETES INCENDIADAS
De acordo com o Blog Evaldo Gomes Notícias, os criminosos incendiaram uma caminhoneta Toyota Hilux, cor cinza, em frente à Brigada Militar e houve tiroteio com policiais militares de serviço. Também foi incendiada uma caminhonete Renault Duster, placas ITM-4372, na saída da cidade. Para fugir em direção ao Posto Fitazul do 3º Distrito, o bando usou um Ford Focus de placas MCH-9904.
2 CRIMINOSOS MORTOS
Em entrevista à GaúchaZH às 4h da madrugada deste sábado (11), o Major Facchim, da Brigada Militar de Pelotas, confirmou a explosão da agência da Caixa Econômica Federal na cidade e o assalto ao Posto Fitazul do 3º Distrito. O Major da BM ainda confirma que uma ou duas pessoas foram encontradas mortas na BR-392. A suspeita é que as vítimas sejam do grupo de criminosos.
Fonte: cangucuonline.com.br

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Balsa afundou no rio Jacuí em Cachoeira do Sul na quinta-feira, 9

A balsa que realiza a travessia no Rio Jacuí, na localidade de Pertile, no interior de Cachoeira do Sul, afundou na quinta-feira, dia 9.
Conforme O Correio, a balsa faz a ligação entre Cachoeira e Restinga Seca e afundou nesta quinta-feira (9). Não havia veículos quando a embarcação afundou. A retirada do rio é esperada para esta sexta-feira (10).

O local é intenso movimento de veículos leves e pesados por estar localizado em região produtora de arroz e pecuária. Além disso, a região do Vacacaí também é servida pela passagem no Rio Jacuí.  

Professores e funcionários aderem ao Dia Nacional do Basta em Caçapava

Nesta sexta-feira, 10 de agosto, professores e funcionários da rede pública de ensino se reuniram em frente ao Instituto Estadual Dinarte Ribeiro em apoio às manifestações do Dia Nacional do Basta. 

A data marca um movimento realizado em todo o Brasil que protesta contra as políticas de desmonte dos governos federal e estadual que trazem, entre outras consequências, a retirada progressiva dos direitos trabalhistas, o descaso e a falta de investimentos em ciência e educação, e aumento do desemprego. 

Além disso, os professores exigem o fim do parcelamento e atraso nos salários que estão defasados, sem correção e sem aumento desde o início do atual governo.

A reunião foi dividida em dois momentos: No primeiro, foi feito uma roda de conversa para debater sobre a atual situação dos profissionais de educação, sobre as condições de trabalho, parcelamento de salários, valorização dos professores perante a sociedade atual e a falta de investimento substancial para uma educação com qualidade. 

Depois, os professores confeccionaram cartazes onde expuseram seu descontentamento com a atual situação que se encontram. Em frente ao Instituto, o grupo realizou uma manifestação onde foram exibidos os cartazes.

 Por Eduardo Schneider