quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

Homem é preso em flagrante por tráfico de entorpecentes em Caçapava do Sul

A Polícia Civil, com apoio da Brigada Militar, cumpriu um mandado de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva em Caçapava do Sul na manhã desta quinta-feira, dia 31. 

A busca ocorreu no bairro Sul onde DSS, de 24 anos, foi preso em flagrante por tráfico de entorpecentes.

Foram apreendidos: maconha, crack e cocaína, além de uma quantia em dinheiro. 

De acordo com a Polícia Civil, após a lavratura do flagrante, o indivíduo será conduzido ao Presídio Estadual de Caçapava do Sul.
Por Eduardo Schneider

Prefeito solicita agilidade do Estado na ajuda aos Municípios

O Prefeito de Caçapava do Sul, Giovani Amestoy, que também preside a Associação Gaúcha Municipalista (AGM) foi recebido pelo Governador Eduardo Leite, nesta quinta-feira (31) para solicitar ajuda aos municípios em situação de Emergência.

O Prefeito explicou ao Governador que desde o dia 09 de janeiro, quando ocorreu às primeiras enchentes nos municípios da região Central e Fronteira, dentre eles Caçapava do Sul, os prefeitos têm buscado auxílio dos Governos Estadual e Federal, para recuperação dos danos causados.
Amestoy citou, por exemplo, que em Caçapava, além das 30 famílias que tiveram suas casas atingidas e perderam tudo, a cidade, que tem quase 7 mil km de estradas por onde escoam as safras e passam o transporte escolar, está com mais de três mil km em situações precárias, sendo impossível o reparo devido ao pouco maquinário, mão de obra e recurso antes da safra ou início das aulas.
Ele solicitou ao Governador Leite que o Estado auxilie com a liberação de horas máquinas sinalizadas quando das enchentes, que o Exército, que também divulgou ajuda de início ao auxílio aos Municípios e que o Estado some força e intervenha junto ao Governo Federal para a liberação dos R$250 mil disponibilizados aos municípios que já tiveram o Decreto Homologado pela União.

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

Redutor de velocidade da BR 290 na Vila Progresso é retirado

Na manhã desta quarta-feira, dia 30, a comunidade da Vila Progresso, interior de Caçapava do Sul, foi surpreendida com a retirada do redutor de velocidade instalado na região as margens da BR 290.
Segundo o Presidente da Associação dos Moradores da Vila Progresso, Joel Bitencourt, após a instalação do redutor de velocidade há cinco anos na região, o número de acidentes graves foi reduzido a zero e que a comunidade lutou muito por esta conquista. "Um dia triste para vila progresso,cinco anos sem nenhum acidente e hoje fomos surpreendidos pela empresa responsável dos equipamento, retirando o redutor de velocidade alegando que venceu o contrato. Fomos informados que uma outra empresa irá instalar os equipamentos agora.  Já convoco a comunidade para ficarmos em alerta e iremos tomar todas as providencias para que retorne a sinalização", disse Joel Bitencourt em sua rede social.

Vereadores entregam relatório ao Prefeito sobre as condições dos bairros e unidades de saúde

Na manhã desta quarta-feira, dia 30, os vereadores Alex Vargas e Ricardo Rosso estiveram no Gabinete do Prefeito Giovani Amestoy para entregar ao Chefe do Poder Executivo um relatório feito pelos vereadores com as ruas e Bairros com maiores problemas de trafegabilidade, esgoto a céu aberto e locais onde a rede pluvial está danificada, além de uma análise de funcionamento das unidades de saúde.

Segundo os vereadores, nesses últimos 15 dias eles fizeram visitas em praticamente todos os Bairros da cidade e nos postos de saúde, a maioria das vistorias foi a pedido dos próprios moradores. Com isso, a cada visita os parlamentares anotavam a demanda para colocar no relatório, onde o principal problema é a falta de trafegabilidade em 95% das ruas, redes de esgoto e pluvial danificadas, lixo na rua e a sujeira no principais pontos da área urbana.

Consta também no relatório questões envolvendo as unidade de saúde, como falta de medicamentos, sujeira na parte externa dos postos e a demora no atendimento quanto o paciente é encaminhado para especialista.

O parlamentares falaram também das condições de algumas estradas do interior que precisam de um conserto imediato e pontes que necessitam de reparos. O Prefeito informou aos vereadores das medidas que está tomando, como contratação de horas máquinas para agilizar o serviço e a estratégia da Secretaria de Obras para amenizar os prejuízos.

" Estamos fazendo a nossa parte como Comissão de Obras e agentes fiscalizadores, que é ir atrás dos problemas e repassar para os órgãos que executam as demandas da população", disse o Vereador Ricardo Rosso.

Os Vereadores Alex Vargas e Ricardo são membros titulares da Comissão de Obras da Câmara.

Vai ter Carnaval de rua em Caçapava do Sul

A folia de Carnaval está garantida em Caçapava do Sul. O evento está marcado para ocorrer entre os dias 2 e 5 de março com um desfile das escolas de samba na rua 15 de Novembro.

A confirmação foi feita pela Prefeitura nesta terça-feira, 29. A programação, no entanto, começa no dia 15 de fevereiro com o baile da escolha da Corte. Também farão parte, o Rei Momo e a Rainha da Melhor Idade, além do Rei Momo e a Rainha Especial. 

O baile da escolha da Corte será realizado no Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, a partir das 20h30min. O valor da entrada será R$ 7,00. O dinheiro arrecadado será destinado às escolas de samba do município.
A data do único desfile ainda não foi decidida. Deverá ser realizado no dia 2 de março ou 5 de março com participação da Escola Unidos da São João e da Escola Unidos da Vila Sul. O bloco está confeccionando camisetas e preparando uma homenagem à carnavalesca Maria Isabel Pedroso (in memoriam).

Como de tradição, o desfile vai acontecer na rua 15 de Novembro, em direção ao Largo Farroupilha, onde ficarão o palco e a praça de alimentação, que terá alguns estandes destinados as escolas de samba.

O lonão e as atrações artísticas ainda não foram confirmados. Estão previstos quatro bailes adultos (das 23h às 3h30min) e dois bailes infantis (das 18h às 20h). 

Segundo o secretário de Turismo, João Timotheo Machado, o orçamento estimado para a realização do Carnaval é de R$ 123 mil. O recurso será destinado para pagamento da estrutura, sonorização, atrações e serviço de segurança. A expectativa é de que o edital seja lançado na próxima terça-feira, 5 de fevereiro. 

Conforme o secretário, as escolas de samba não vão receber recursos da Prefeitura porque não regularizaram a documentação. Salientou que neste ano foram feitas várias reuniões com os dirigentes das escolas para prestar orientação e esclarecer dúvidas, e que a Secretaria de Turismo está à disposição.

segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

Bombeiros fazem buscas no Santa Bárbara após suposto afogamento



O Corpo de Bombeiros fez buscas na região do Santa Bárbara, na divisa entre Caçapava do Sul e São Sepé, às 18 horas de domingo, dia 27, após um homem ser vítima de um suposto afogamento. Ele foi identificado como Felipe da Mota Freitas, de 33 anos e segue desaparecido.
Segundo os Bombeiros, a ocorrência aconteceu no Rio Santa Bárbara, perto da ponte velha, localizada próximo ao posto Boqueirão. As buscas pela vítima foram feitas na superfície e interrompidas a noite. A retomada do trabalho foi planejada para a manhã desta segunda-feira, dia 28, com uma equipe de mergulho do Corpo de Bombeiros.
Na ocorrência, consta que segundo informações da companheira da vítima, ele emergiu duas vezes na água e depois não foi mais visto. 

Carro atinge parada de ônibus e derruba poste na entrada da cidade

Na manhã desta segunda-feira, 28, foi registrado um acidente na avenida Presidente Kennedy. Um carro atingiu uma parada de ônibus e um poste. A estrutura caiu e ficou presa apenas pelos fios de alta tensão. 

Conforme populares, o acidente aconteceu por volta das 4h30min. Segundo a Brigada Militar, o condutor não tinha habilitação e foi levado até a Delegacia de Polícia onde foi feito o registro da ocorrência. A BM não informou a identidade do condutor e se teria sofrido ferimentos. O carro foi retirado do local por volta das 5 horas.

Moradores protestam por melhores condições das estradas no Rincão de Lourdes

Uma das estradas do Rincão de Lourdes, interior de Caçapava do Sul, foi bloqueada por moradores às 8 horas desta segunda-feira, dia 28. O bloqueio faz parte de um protesto devido às péssimas condições das estradas na localidade. 

Por volta das 9h30min, uma viatura da Brigada Militar chegou ao local do protesto. Os policiais seguem acompanhando a manifestação.

Conforme um morador, cerca de 50 pessoas estavam presentes por volta das 9h30min. O grupo é formado, em sua maioria, por agricultores da região, que tem como característica a produção de soja, milho e feijão. Também existem fruticultores que vendem seus produtos na Feira em frente à Igreja Matriz, sempre nas manhãs de sextas-feiras. 

O maior desafio que os produtores encontram é o transporte de toda a produção por conta das condições ruins das estradas. Conforme um morador, “carro baixo não passa no Rincão de Lourdes e todos esperam que o poder público tome providências para ajudar a comunidade”.

Outro morador contou que havia um acordo com a Prefeitura em arrumar as estradas do Rincão de Lourdes na semana passada, mas como o acordo não foi cumprido, os moradores decidiram fazer o manifesto.
O Secretário de Obras Paulo Henriques esteve no local e conversou com os moradores, onde se comprometeu que ainda nesta segunda-feira o serviço iria iniciar. Com isso, após o comprometimento do Secetário os moradores encerreram o protesto e desbloquearam a estrada. " Estamos esperando o serviço de qualidade na região há dois anos, por tanto, não foi pelas chuvas de janeiro que a estrada ficou ruim, ela está sem conserto a muito tempo, esperamos que após o protesto seja feito alguma coisa", disse um dos moradores ao Secretário.
Os vereadores Ricardo Rosso, Silvio Tondo e Mariano Teixeira estiveram no local para acompanhar a manifestação e intermediaram junto a Secretaria de Obras uma solucão para o caso.

De acordo com a Prefeitura, a Secretaria de Obras já está no Local conversando com os moradores. Informou que está trabalhando no planejamento de recuperação destas estradas, que está sendo feito junto da Defesa Civil, Emater, Cotrisul e Planejamento e Meio Ambiente. 

O trabalho vai de acordo com a prioridade, apresentada nestes relatórios (como trânsito de moradores, transporte escolar e escoamento de safra), haja vista que, segundo os relatórios, são mais de 3 mil km em todo o município, além de problemas de bairros e vilas.

A Prefeitura estuda ainda, através da homologação do Estado do Decreto de Situação de Emergência, a contratação de horas máquina para auxiliar no conserto. Na última sexta, conforme noticiado pela imprensa Municipal, o prefeito esteve em Porto Alegre em reuniões com a Defesa Civil do Estado e Exército, que manifestou ajuda, exigindo tais relatórios que já foram encaminhados na sexta mesmo.

Outra informação do Executivo é de que desde quando Decretou Situação de Emergência, no dia 09 de janeiro, devido a quantidade de chuva que atingiu o município, tem, buscado a homologação do Decreto junto ao Governo do Eatado (que deve ocorrer está semana) e tem buscado auxílio às famílias atingidas (sejam as mais de 30 que estão em situação de emergência e perderam seus bens com os alagues de suas residências), seja na busca de recurso financeiro e de maquinário para a recuperação das estradas e ruas do interior, bairros e vilas.

sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

Exército vai auxiliar municípios atingidos pelas chuvas

O Prefeito Giovani Amestoy participou nesta sexta-feira, dia 25, no Comando Militar do Sul (CMS), em Porto Alegre, de uma reunião com o Exército e diversos prefeitos dos municípios que estão em Situação de Emergência devido às enchentes.

A reunião, proposta pelo Exército, comandada pelo General Márcio Velloso Guimarães, teve a presença ainda da Defesa Civil Estadual, através do chefe da Casa Militar e Coordenador Estadual da Defesa Civil, coronel Julio Cesar Rocha Lopes, além do Tenente Coronel Zucco (PSL) e prefeitos dos 21 municípios atingidos pelos temporais que causaram enchentes em diversos municípios, além de prejuízos materiais, em estradas, de safra, além de pelo menos quatro mortes.

“Receberemos a demanda dos prefeitos através da Defesa Civil Estadual para estudarmos a maneira que poderemos ajudar. O Exercício trabalhará através de um link do Governo do Estado – e disponibilizará sua equipe e maquinário, de acordo com a demanda de urgência e prioridade de cada município. Claro que, locais com risco de vida, de transporte escolar, escoamento de safra, famílias em situações de riscos, são os principais pontos. Não é obra de melhoria, reforma, mas obra de emergência”, frisou General Guimarães.

O Prefeito Giovani Amestoy, que esteve na Capital Gaúcha na última quarta (23), falou que aguarda a Homologação do Estado e União para poder dar continuidade aos trabalhos de recuperação das estradas do município para escoamento de Safra e Transporte Escolar, além de poder recuperar as ruas de vilas e bairros, para dar trafegabilidade à população caçapavana. “Nós precisamos de auxílio com maquinário do Estado e Exército, pois o nosso é insuficiente, além de, também, pretendermos contratar hora-máquina para que mais maquinários venham ajudar a recuperar praticamente toda nossa cidade”, disse.

Os Prefeitos Márcio Fonseca do Amaral (Alegrete), Zilase Rossignollo Cunha (Rosário do Sul), Mário Augusto de Freire Gonçalves (Dom Pedrito), entre outros, que estiveram em Brasília, nesta semana reunidos com o Presidente em Exercício, General Hamilton Mourão, também relataram semelhante situação nos municípios e da necessidade de se refazer as estradas de bairros e interior, além, também, de solicitarem auxílio de maquinário do Exército.

Delegado Fabrício Conceição é transferido para Santa Maria

O delegado Fabricio de Santis Conceição foi transferido para Santa Maria recentemente. Ele exerceu o cargo de delegado titular de Caçapava do Sul durante cerca de quatro anos. 

Neste período recebeu título de cidadão caçapavano em setembro de 2014 e participou de diversas operações policiais, entre elas, a prisão de Dom Marcos por supostos abusos sexuais em dezembro de 2014. Enquanto esteve no município, também atuou no combate ao tráfico de drogas e abigeato, entre outros crimes. 

Neste período, o plantão de atendimento noturno da delegacia foi fechado (em 14 de fevereiro de 2017) e não reabriu mais. A falta de material administrativo, devido à falta de repasses do governo do Estado, também prejudicou o trabalho na delegacia.

Com perfil introspectivo, manteve contato com a imprensa local de forma relativamente distante. A questão chegou a ser tema de reunião entre jornalistas, que manifestaram descontentamento com a política de comunicação com a imprensa. Na reunião, reivindicaram mais abertura a respeito das ocorrências e operações, devido à cobrança da população por mais informações dos casos. 


Comissário fala sobre a situação atual da delegacia

Quem está respondendo de forma administrativa pela delegacia de Caçapava do Sul é o comissário Nereu Manfio. Ele disse que a delegacia precisa de efetivo e, pelo menos, duas viaturas, já que dois veículos estão sem condições de uso. Também ressaltou a necessidade de um delegado na região, já que a delegacia de Caçapava abrange Santana da Boa Vista.

Nesta semana, o comissário e o inspetor Bruno Alencar se reuniram com o presidente da Câmara de Vereadores Silvio Tondo. Eles pediram apoio ao Legislativo para a obtenção de efetivo e designação de um novo delegado.

O comissário informou que ficará no cargo até a vinda de um novo delegado para o município.

Moradores da rua Nunes se reúnem com Prefeito e Vereador

Um grupo de moradores da Rua Nunes, no Bairro Pazinato, se reuniram com o Prefeito Giovani Amestoy, com o Secretário -adjunto de Obras, Vitalino Rosa e com o Vereador Luiz Fernando Torres (Boca-PT) para solicitar o rebaixamento da rua.

De acordo com o grupo, o local apreenta problemas com falta de tubulação de esgoto, alguns boeiros entupidos ou fechados com cimento por próprios moradores e que acabam prejudicando o grupo, que mora na parte mais baixa da rua e que sofrem com alagues em residências em dias de grandes volumes de chuvas.

Uma moradora relatou que na chuva de domingo, dia 09, quando várias casas foram alagadas na cidade, a água invadiu seu quintal e residência, causando trnatornos e prejuizos, por isso da solicitação de rebaixamento da rua, para melhorar o escoamento.

A Prefeitura disse que enviará uma equipe de obras, junto com a equipe de Engenheiros do Planejamento e Meio Ambiente para analisar a demanda, haja vista que, “por conta da tubulação de água potável, da Corsan, algumas ruas não podem ser rebaixadas”, como explicou o adjunto Vitalino.

quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

Câmara cria comissão de servidores para revisão geral do Regimento Interno da Casa

Nesta semana, a Câmara de Vereadores de Caçapava do Sul criou uma comissão formada por servidores efetivos e cargos em comissão para uma revisão geral no Regimento interno do Poder Legislativo.

Segundo o Presidente da Câmara, Vereador Silvio Tondo, o Legislativo precisa fazer esta revisão geral no seu Regimento Interno e também na Lei Orgânica do Município, com isso, estamos começando pelo Regimento Interno para em março iniciar o ano Legislativo com novo texto. " Para fazer essas mudanças escolhemos servidores efetivos e cargos em comissão, onde farão as primeiras adequações, atualizando com as leis vigentes e adaptando para o atual momento político administrativo. Após a revisão os vereadores darão o parecer final", disse Silvio.


Principais demandas do município são debatidas em reunião na Casa Civil

O Prefeito Giovani Amestoy participou de outra reunião na quarta-feira, 23, com o Chefe da Casa Civil, o também caçapavano Otomar Vivian.

Dentre as pautas, estava a solicitação de ajuda para a liberação do recurso aos municípios vítimas das enchentes da semana passada e que tiveram dezenas de famílias com casas alagadas e ruas e estradas interditadas por conta do alto volume de chuvas, como ocorreu em Caçapava do Sul.

Amestoy falou do contato com os Deputados em Brasília, dentre eles o Dep. Federal Afonso Motta, que acompanha a comitiva de Prefeitos gaúchos que estão na Capital em busca de recursos para atender as cidades que Decretaram Situação de Emergência. Ele também disse que aguarda do Governo do Estado (RS) a homologação do Decreto e ajuda Federal, seja com maquinário ou recursos.

Eles também falaram do deficit do Estado do RS com a Saúde do Município de Caçapava do Sul. Vivian disse que se empenhará para ajudar o município na liberação desse recurso atrasado junto ao Governador, Eduardo Leite.

Por fim, o Prefeito pediu atenção e agilidade na liberação e pagamento do convênio da Prefeitura de Caçapava do Sul com o Departamento Autônomo de Estrada e Rodagens, DAER, para que seja efetuada o valor emitido em nota fiscal em dezembro de 2018. O Chefe da Casa Civil disse que levará esta demanda pessoalmente ao DAER para que se dê continuidade ao convênio.

Atenção as famílias

Em reuniões em Porto Alegre na quarta-feira, dia 23, uma das pautas principais do Prefeito Giovani Amestoy foi para tratar da homologação do Decreto de Situação de Emergência de Caçapava do Sul.

Após reunião com Luciano Machado, assessor de gabinete do Governador Eduardo Leite, Amestoy foi encaminhado pelo responsável pelo gabinete até o chefe da Casa Militar e Coordenador Estadual da Defesa Civil, coronel Julio Cesar Rocha Lopes.

Amestoy entregou um ofício, relatando a situação do município, bem como cópia do Decreto Municipal de Situação de Emergência, acompanhado dos laudos técnicos, e solicitou ajuda da Defesa Civil na agilidade de homologação, além de auxílio às famílias que foram vítimas de alagues em Caçapava do Sul e também solicitou maquinário para recuperação das estradas e ruas do Município.

De prontidão, o Coronel Lopes ofereceu auxílio de cestas básicas e de produtos de limpeza e higiene às famílias, entregando 15 cestas ao município, além de kits de limpeza e higiene que são destinadas às famílias que perderam seus pertences nos alagues.

O Coronel Lopes também disse que está acompanhando os trâmites do Decreto de Situação de Emergência de Caçapava do Sul e que em breve a cidade deve conseguir homologar o pedido junto ao Governo do Estado.

quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

Morreu nesta quarta-feira, 23, Dom Marcos de Santa Helena

João Marcos Porto Maciel, 78 anos, conhecido como Dom Marcos de Santa Helena, morreu na manhã desta quarta-feira, 23. Dom Marcos estava em casa, onde cumpria prisão domiciliar, quando sofreu um infarto. Ele foi levado ao Pronto Socorro pela ambulância da Funerária do Forte, onde acabou falecendo.

Dom Marcos havia sido preso no dia 9 de dezembro de 2014, após ser acusado de supostos abusos sexuais. O caso veio à tona na época com a publicação do livro de um empresário de 48 anos.

Dom Marcos de Santa Helena foi excomungado da Igreja Católica por apostasia (afastar-se da fé) em 2009, e expulso da Anglicana em 2011 (de acordo com o seu superior, por "alta traição e atitudes sorrateiras").

TCE aprova as contas da Câmara do ano de 2017

A Câmara de Vereadores de Caçapava do Sul recebeu nesta semana o comunicado oficial do Tribunal de Contas do Estado (TCE), informando que as contas de 2017 do Poder Legislativo foram aprovadas por unanimidade pela Corte e sem ressalvas.

Em 2017 o Presidente da Câmara era o vereador Ricardo Rosso (PP), que parabenizou a equipe técnica do Legislativo que conduziu os trabalhos com a maior transparência e lembrou de algumas ações: " Em 2017 a nossa missão era resgatar a imagem da Câmara e conseguimos, onde diminuiu significativamente o gasto com diárias, combustível e estagiários, além de modernizar e otimizar as despesas com viagens,  sessões no interior do Município, devolução de recursos para Ação Social e esporte, Comissões Permanentes trabalhando e tornando umas das Câmaras mais transparentes do Estado", disse Rosso.

Com a aprovação das contas de 2017, o Tribunal falta ainda apreciar a votar a prestação de contas de 2018, que estava sob a responsabilidade do vereador Marquinhos Vivian (MDB).

terça-feira, 22 de janeiro de 2019

Leia o artigo sobre Minas do Camaquã, escrito por José Deni: "O princípio do fim"

O prédio que outrora já fora um ginásio de esportes, é apenas uma das muitas facetas do abandono ao qual à muito estamos relegados.

A comunidade das Minas do Camaqua precisa ser reinventada, precisa ser reconstruída e acima de tudo, acabarmos com este estereótipo e este estigma maldito de que, esta é uma terra de ninguém.

E, para isto somente tem um jeito. É o poder público se assenhorar e se apropriar de suas obrigações e de seus compromissos. Inclusive, daqueles prometidos e assumidos durante o período eleitoral.

E, o que percebo ao transitar por Caçapava, ao ser parado à cada esquina, e perquirido sobre a retomada da mineração, inclusive pelo meio político.

Percebo que a possível retomada de mais um ciclo mineral, é vista como a tábua de salvação para o município, mas por outro lado, percebo que não existe a mínima preocupação com as mazelas e com o abandono à que estamos expostos desde que, a CBC encerrou suas atividades de mineração no ano de 1996.

Mas, de uma coisa tenham todos a certeza de que, caso confirme a retomada da mineração, iremos brigar para que parte destes recursos fique na nossa comunidade para que, possamos passar por um inevitável e inarredavel processo de reconstrução.
Por José Deni Rodrigues Silveira - (Derli)

Governo federal prorroga permanência da Força Nacional de Segurança no Rio Grande do Sul

O ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro, atendeu ao pedido do governo do Estado e prorrogou a presença da Força Nacional no Rio Grande do Sul. A medida foi publicada nesta terça-feira (22) no Diário Oficial da União (DOU).

A renovação de efetivo é um procedimento padrão da FNSP, uma vez que a tropa é composta por servidores das forças de Segurança Pública estaduais de todo o Brasil, que atuam por um período determinado e regressam às suas corporações de origem. Os agentes destacados pela Secretaria Nacional da Segurança Pública (Senasp) permanecerão em Porto Alegre por mais 60 dias – período passível de prorrogação.

O vice-governador e secretário da Segurança Pública, delegado Ranolfo Vieira Júnior, salientou o apoio dado nos últimos anos pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, que contribuiu para o combate à violência e à criminalidade. “Um trabalho relevante, principalmente no momento em que eles vieram prestar auxílio aos órgãos estaduais, em 2016. Atualmente, são 55 policiais militares e nove policiais civis experientes atuando na capital. Iremos, nestes 60 dias, fazer uma avaliação para que se possa definir sobre a necessidade de uma nova prorrogação”, afirmou.

A Força Nacional de Segurança Pública está presente no RS desde agosto de 2016. Em maio de 2017, a atuação em Porto Alegre passou a ser desenvolvida de acordo com o planejamento estratégico do Plano Nacional de Segurança Pública, no qual Porto Alegre, Natal e Aracaju foram escolhidas como cidades-piloto. Dentro das ações efetuadas, estão operações de combate a homicídios dolosos, feminicídios e tráfico de drogas, em área pré-estabelecidas pela SSP e a Senasp.

Texto: Claiton Silva/ Ascom SSP
Edição: Léa Aragón/ Secom

Prejuízos com enchentes em Caçapava do Sul ultrapassam R$ 1 milhão

Dados dos prejuízos que as chuvas das últimas semanas causaram em Caçapava do Sul foram acrescentados recentemente junto ao pedido de situação de emergência, decretado pela Prefeitura na segunda-feira, dia 14. Segundo relatório do pluviômetro da Cotrisul, foram mais de 320 mm em menos de 20 dias, além do dia 15, que choveu mais de 60 mm.

De acordo com a Prefeitura, os relatórios foram enviados via Ofício ao Governador do Estado, Eduardo Leite, com pedido de agilidade na Homologação do Decreto. Em caso de homologação, a medida autoriza a receita para contratação emergencial de aluguel de maquinário (para acesso de vias) e compra de alimentos às famílias atingidas.


Mais de 3 mil Km de estradas para consertar
De acordo com a Secretaria de Obras, somente com gastos com maquinário (patrolas, retroescavadeiras, caminhões) para recuperar toda a cidade, devido às condições precárias de ruas de bairros, vilas e interior, o valor chega a quase R$ 1 milhão.

“Estamos recebendo pedido de consertos de bueiros e ruas em todo o município. Estamos atendendo conforme urgência (riscos à vida) e demanda, mas pretendemos, ainda, alugar maquinário para conseguir recuperar todo o município, que tem mais de 7 mil km de estradas”, lembrou Paulo Henriques (secretário de Obras), que só está com três patrolas e duas retros para atender Caçapava do Sul.

Comprovando as situações precárias, a Emater emitiu um laudo e encaminhou à Defesa Civil de que mais de R$ 3 mil Km de estradas precisam de reparo após a erosão causada pelo grande volume de chuvas, o que tem dificultado o escoamento de safras.


Mais de 40 famílias sofreram com alagues em residências
A Assistência Social, que junto das Obras têm sido uma das pastas mais requisitadas na última semana para atender as famílias vítimas de alague, emitiu parecer com número de mais de 40 atendimentos somente de 14 a 21 deste mês.

Destes, 22 foram atendidas de forma direta, recebendo cestas básicas, produtos de higiene e limpeza. Elas também receberam, fruto de doações da comunidade local - através da equipe Técnica Especializada para atender às Famílias - colchões, roupas e mobílias, que estavam sendo entregues no Ginásio de Esportes Melão. Ao todo, treze famílias estão fora de casa, sendo que, 9 delas optaram por ficar em casa de familiares e 4 delas estão recebendo aluguel social, pois tiveram perda total devido os alagues. As doações, que chegaram em grande número (principalmente de roupas) foi cessada no domingo e já direcionada às famílias.

Safras de diferentes culturas sofrem prejuízos
A Emater também emitiu um relatório com o prejuízo dos produtores rurais de Caçapava do Sul. Se somadas as culturas, o prejuízo chega a quase 3 mil toneladas.

Segundo o relatório, foram 974 toneladas de arroz (atingindo mais de 50 produtores); 955 toneladas de soja (mais de 100 produtores), 900 kg de maçã e duas toneladas de hortaliças. A produção leiteira também somou perdas de mais de 6 mil litros do produto, informa o relatório.

Coleta de material reciclável ajuda o meio ambiente e ONG caçapavana

A preocupação com o meio ambiente e a paixão por animais de estimação motivaram uma empresária caçapavana a por em prática um projeto: coletar material reciclável para angariar recursos ao Clube do Cão – Associação de Proteção Animal Caçapavana. 

Tudo começou em agosto de 2018 quando Liliane Dias Machado (Lili) começou a arrecadar tampinhas de plástico e lacres de alumínio em seu armazém. Depois, passou a vender para uma empresa de Santa Maria, levando o material uma vez por semana. 

“Enchemos a carroceria de uma camionete na primeira vez. O que arrecadamos rendeu R$ 98,00, quantia suficiente para comprar apenas ração”, contou Lili.

A dificuldade encontrada se deu pelos valores de mercado. O quilo das tampinhas de plástico é estimado em R$ 0,40 e o quilo dos lacres de alumínio é estimado em R$ 4,50.

O espaço para armazenamento e o custo do transporte para Santa Maria se tornaram outros desafios. Mesmo assim, a empresária mantém a ação na ativa, tendo em vista que sonha com a conscientização das pessoas e torce para que o poder público incentive este tipo de prática. 

“Não é muito, mas colabora com a preservação do meio ambiente e proteção dos animais”, ressalta Lili.

Pessoas de todas as idades colaboram
Jovens, adultos e idosos participam da ação. São pessoas de todas as idades e até mesmo instituições, como escolas do município, que aderiram à causa. 

“Explico aos colaboradores que todo o material arrecadado ajuda o meio ambiente e aos animais que já sofreram maus tratos e precisam de novos lares. O mais importante é que eles aprendam e incentivem a solidariedade”, destaca Lili.

Para contribuir é necessário levar as tampinhas ou os lacres de alumínio limpos e secos no ponto de coleta (Armazém da Lili). A ação também conta com apoiadores do comércio e está aberta para quem se interessar. 

“Quem quiser disponibilizar um ponto de coleta basta pegar um recipiente e armazenar as tampinhas. O ideal é que fique perto de lixeiras. Assim, as pessoas identificam o recipiente antes de fazerem o descarte das tampinhas”, explicou à empresária.
Poluição
A poluição causada pelo descarte de objetos de plástico é um dos grandes desafios da atualidade. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), são necessários pelo menos 450 anos para que uma garrafa de plástico se decomponha e desapareça do meio ambiente.

Para se ter uma ideia, 1 milhão de garrafas de plástico são compradas a cada minuto no mundo. A cada ano, cerca de 500 bilhões de sacolas plásticas descartáveis são usadas.

Levando-se em conta que a taxa média global de reciclagem desses produtos é de 25%, isso significa um volume enorme de lixo plástico descartado nos oceanos.

Estima-se que pelo menos 8 milhões de toneladas de lixo plástico vão parar nos mares anualmente, onde sufocam os recifes de corais e ameaçam a fauna marinha vulnerável.

domingo, 20 de janeiro de 2019

Domingo será de mobilização e protesto em São Sepé pela defesa dos animais

Neste domingo, 20 de janeiro, será realizada uma mobilização e protesto em São Sepé em defesa do cachorro que era conhecido como  “Facão”.
O cão que foi atropelado e arrastado por um carro no centro de São Sepé e morreu no início da tarde de terça-feira, 15. O caso ganhou enorme repercussão, especialmente pelas pessoas que integram grupos ou entidades de defesa dos animais,  São estas pessoas que estão organizando o manifesto programado para às 17h deste domingo no centro de São Sepé.
Conforme Marisol dos Santos, o movimento visa alertar as autoridades para a gravidade do fato e querem justiça no caso envolvendo o cachorro Facão. O protesto também é por conscientização de que os animais não podem ser maltratados e abandonados. Um campanha de arrecadação de ração também está sendo programada para este domingo.
Jornal do Garcia

sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Câmara segue o parecer do TCE e aprova as contas de 2016 do Ex-Prefeito Otomar

A Câmara de Vereadores de Caçapava do Sul aprovou por unanimidade na manhã desta sexta-feira, dia 18, em sessão extraordinária, as contas de governo do ano de 2016 do município de Caçapava do Sul, último ano financeiro e fiscal do Ex-Prefeito Otomar Vivian.
O TCE em seu parecer final aprovou por unanimidade a prestação de contas da Prefeitura de Caçapava relativo ao ano de 2016 e recomendou a aprovação por parte do Poder Legislativo. O relator do processo foi o Conselheiro Estilac Xavier.
A Câmara recebeu o processo do Tribunal de Contas no final de 2018 e tinha prazo para votação do Legislativo até o final de janeiro de 2019. Com isso, o Presidente Silvio Tondo resolveu convocar os vereadores no recesso e fazer a votação do Decreto Legislativo, que encerra os quatro anos do mandato de Otomar Vivian.
A sessão de julgamento no TCE que aprovou as contas ocorreu em julho de 2018, mas somente em dezembro foi encaminhada até a Câmara para apreciação final dos vereadores.
As contas de governo passado, 2013, 2014, 2015 e 2016 foram aprovadas pelo TCE e pela Câmara, desta forma, encerrou mais um ciclo de administração pública em Caçapava.
Durante a votação, o vereador Ricardo Rosso elogiou a gestão de Otomar Vivian, explanando a aprovação da Prestação de Contas dos quatro anos, sem multas ou qualquer ressalva que tivesse prejuízo ao erário público. " O Vivian fez uma das melhores administrações dos últimos 30 anos e essa afirmação está sendo reconhecida agora, após análise do Tribunal de Contas do Estado", disse Rosso.
O Decreto Legislativo será enviado na segunda-feira, dia 21, ao TCE para arquivamento do processo e finalizando a gestão fiscal 2013/2016.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Bancada do PP pede agilidade do Estado na liberação do projeto da Votorantin nas Minas

Nesta quarta-feira, dia 16, uma comitiva de Caçapava do Sul formada pelos 5 vereadores da bancada do PP na Câmara, assessores e o Presidente do Partido, Ilson Tondo, estiveram em Porto Alegre para participar de várias audiências, entre elas com o Secretário Chefe da Casa Civil do Governo do Estado, o Caçapavano Otomar Vivian.

O primeiro encontro foi com o Presidente Estadual do PP, Celso Bernardi e o Deputado Estadual Ernani Polo, onde os vereadores Silvio Tondo, Mariano Teixeira, Ricardo Rosso, Zilmar Araújo (Mano) e Jussarete Vargas, abordaram a colaboração da bancada nas políticas públicas do atual Governo do Estado e solicitando que o Legislativo seja ouvido nas decisões regionais do Partido e do Governo.

Na sequencia, os vereadores foram recebidos pelo Secretário Chefe da Chefe da Casa Civil, Otomar Vivian. No encontro os parlamentares reafirmaram o apoio a implantação do projeto de mineração nas Minas do Camaquã, coordenado pela empresa Votorantin Metais e solicitaram ao Secretário uma agilidade do Estado em uma decisão definitiva do processo que tramita na Fepam desde 2014. " Caçapava é a favor do projeto de exploração mineral nas Minas do Camaquã, que deve gerar cerca de 4 mil novos postos de trabalho, tanto diretos, quanto indiretos, mas a decisão está com o órgão ambiental do Estado, com isso, estamos pedindo agilidade no processo e que a decisão da Fepam saia o mais breve possível", disse o Presidente da Câmara, Silvio Tondo.

Na mesma audiência, os vereadores também solicitaram que a Defesa Civil do RS atenda as reivindicações de Caçapava do Sul em virtude das últimas chuvas que estão castigando a cidade e o interior. Neste caso o Secretário vai passar a demanda a Casa Militar, responsável pela Defesa Civil e de analisar os Decretos de Emergência.

Já o vereador Ricardo Rosso (PP), aproveitando o encontro entregou um ofício ao Ex-Prefeito Otomar Vivian solicitando um apoio da Casa Civil no processo que pede a aprovação do Curso Técnico em Agronegócio da Escola Estadual Antonio José Lopes Jardim, no Durasnal, onde segundo o vereador está faltando apenas o preenchimento dos recursos humanos e ser aprovado pelo Conselho Estadual de Educação.

A vereadora Jussarete Vargas (PP), também na mesma reunião protocolou um pedido na Casa Civil solicitando que o Governo do Estado construa na região um Centro Regional de Atendimento ao Austista, 100% SUS. O Secretário disse que o Centro de Autismo é um compromisso do Governador Eduardo Leite e vai levar a demanda para tentar executar este projeto na região.

No final, os vereadores agradeceram a recepção e disseram que ao longo do ano muitas outras demandas serão protocoladas na Casa Civil. " Vocês podem ter certeza que sempre estarei olhando por Caçapava, como sempre fiz, e que vou colaborar no que for possível", disse Otomar Vivian.

Durante a tarde os vereadores estiveram no Gabinete do Governador e na Assembleia Legislativa do Estado, além de um encontro com o Secretário Estadual da Agricultura, Covatti Filho.

Acompanharam os vereadores durante as audiências os assessores do Legislativo, Luiz Carlos Venite, José Irineu Costa e o Diretor Geral da Câmara, Daniel Miranda.

terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Coral Municipal Caçapavano retoma os ensaios em 2019

Com uma aula de consciência corporal, musicalização e expressão vocal, o Coral Municipal Caçapavano retomou os ensaios na terça (15). Duas novas músicas foram incluídas no reinício das atividades Pealo de Sangue e Amazing Grace e um novo repertório está sendo preparado.
O Coral Municipal canta com quatro vozes: soprano, tenor, contralto e baixo. Ao todo são 22 integrantes, mas o grupo busca novas vozes. 
Os ensaios são realizados nas terças, às 18h30min, no Clube União. As pessoas que têm interesse em participar e aprender o canto coral podem procurar o grupo no dia do ensaio.
O Coral Municipal que é regido pelo maestro Nei Beck, comemora 29 anos de atividades, em 2019.
Por Tisa Lacerda

Vereador paga conserto de duas ruas em Caçapava do Sul


Solidário aos moradores das ruas Miguel Meireles e Gabriel Gomes Lucas o vereador Zilmar Araújo, Mano, PP, partiu para uma ação agressiva. Com recursos próprios, Mano contratou uma retroescavadeira para solucionar, de forma emergencial, os problemas nas referidas ruas. Na rua Miguel Meireles, Bairro Pazinato foi realizado a recuperação da via com encascalhamento e na rua Gabriel Gomes Lucas, no Bairro Batista, foi realizado a colocação de tubos e a limpeza de valas. Conforme o próprio vereador, a ação vem de encontro a necessidade dos moradores que tem esta demanda há muito tempo sem que a mesma seja atendida pelo poder executivo.

Fonte: cacapavaonline.net

Prova de Laço será declarada Patrimônio Cultural e atividade desportiva em Caçapava do Sul

Na sessão da Câmara desta terça-feira, dia 15, os vereadores aprovaram um projeto de lei de autoria do vereador Marquinhos Vivian (MDB), que institui como bem integrante do Patrimônio Cultural Imaterial do Município de Caçapava do Sul e considera como atividade Desportiva a prova de Tiro de Laço, realizada durante os Rodeios.

Segundo o vereador, o Projeto de Lei aprovado por unanimidade tem a finalidade de disciplinar e regulamentar as competições que representam uma recriação das práticas campeiras, possibilitando a reiteração do saber secular do laço, que é praticado nos Rodeios de Caçapava do Sul.  " As lidas campeiras são atividades que tem uma história representada nos Rodeios, e nada mais justa que incluir este esporte e atividade cultural no patrimônio cultural da cidade. É um orgulho para um agente público passar no domingo na sede do CTG Sentinela dos Cerros e Família Nativista e ver aquele mar de gente apreciando os Rodeios, que é o verdadeiro turismo de Caçapava", disse Marquinhos.

A Legislação local está também regulamentando uma lei recentemente aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado, que torna Patrimônio do Rio Grande do Sul as provas de tiro de laço, onde cada município faz a sua própria regulamentação. " É uma maneira de reconhecer oficialmente a importância dos Rodeios para a cidade", completou o parlamentar durante o seu discurso na tribuna.

O Projeto segue agora para sanção do Chefe do Poder Executivo, que tem 15 dias para se manifestar oficialmente.

Câmara autoriza Prefeitura a contratar emergencialmente profissionais para a área de educação

Nesta terça-feira, dia 15, última sessão da Câmara antes do recesso parlamentar, os vereadores de Caçapava do Sul aprovaram três projetos
de lei de origem executiva que autoriza a Prefeitura a contratar emergencialmente 29 pessoas para a área de educação um para saúde.

O primeiro projeto enviado pela Prefeitura pedia autorização para contratar 14 professores para atuarem nas escolas municipais, conforme processo seletivo que será realizado no próximo mês. Já a segunda matéria aprovada solicitava a contratação emergencial de 15 monitores de educação infantil, escolhidos também através de processo seletivo.

O último projeto aprovado é também para contratação de um enfermeiro, utilizando a lista de classificação do processo seletivo de 2018, para trabalhar no Centro Materno Infantil.

Durante a sessão, os vereadores lembraram da não renovação do último concurso público, mas salientar a importância da contratação em virtude do início do ano letivo. " Estamos aprovando estes projetos porque é importante para iniciar o ano letivo 2019, mas com um compromisso do Poder Executivo realizar um concurso público ainda este ano", comento o Presidente da Câmara Silvio Tondo.

"Hoje estamos pagando o preço de não renovar o concurso público no ano passado, mas a Câmara não pode deixar os alunos sem professor e nem as EMEIs sem Monitor, mas vamos cobrar a realização de um novo concurso", disse o vereador Ricardo Rosso.

Rodeio Estadual do CTG Sentinela dos Cerros reúne 15 mil pessoas durante a festa

Neste final de semana, de 10 a 13 de janeiro, aconteceu na sede campestre Tady Ilha Machado em Caçapava do Sul, o 42º Rodeio Crioulo Estadual do CTG Sentinela dos Cerros. O evento que começou na quinta-feira e encerrou no domingo reuniu cerca de 150 equipes e mais de 15 mil pessoas que circularam na sede durante o final de semana.
O Rodeio que é um dos maiores e mais tradicionais do RS reuniu também 39 municípios gaúchos, além de proporcionar a comunidade shows musicais com Tchê Garatos, Cesar Oliveira e Rogério Melo e o Grupo Tchê Bailanta.
Nos quatro dias de festa foram mais de R$ 40 mil em Prêmios, tanto nas provas de laço, quanto na gineteada. A transmissão ao vivo pela internet também foi uma grande novidade, reunindo mais de 460 mil internautas simultâneos.

Fortalecimento do Agronegócio regional foi tema de reunião entre vereador e Secretário da Agricultura

Nesta segunda-feira, dia 14, o vereador Mariano Teixeira (PP), esteve em Porto Alegre para uma reunião com o Secretário de Agricultura do Estado, Covatti Filho, onde debateram politicas públicas que serão executadas na região visando o fortalecimento do agronegócio e também incentivos aos pequenos agricultores.
Segundo o vereador, a metade sul do Estado precisa de um olhar especial por parte do Governo, principalmente as pequenas propriedades. " O homem do campo é quem movimenta a economia da nossa região e ele precisa de incentivos e políticas públicas que facilite o seu trabalho", disse o Vereador.
O Secretário informou na reunião que pretende regionalizar as ações da Secretaria, modernizar a máquina pública, principalmente das Inspetorias Veterinárias, Irga e Emater, além de investir em assistência técnica ao produtor, fazendo parceria com as Prefeituras e Associações Rurais.
Em fevereiro deste ano o Secretário vai começar a implantar a sua metodologia de trabalho e aplicar as suas ações administrativas

CDL recebe a visita da presidência da Câmara de Vereadores

Na manhã desta terça-feira, 15 de janeiro, o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Caçapava do Sul, Odacir Mariani, recebeu a visita do presidente da Câmara de Vereadores, Silvio Tondo e do segundo secretário, Alex Vargas.
De acordo com o presente do legislativo, a visita tem como objetivo firmar parceria com a entidade. “ Estamos visitando diversas instituições da cidade para apresentar a nova mesa diretora, para formar parcerias e criar um grupo de diálogo, pois dentro da política é possível nortear algumas demandas para desenvolver a cidade”.
Também foi destacado assuntos como estacionamento, horário de carga e descarga, capacitação profissional e estratégias para impulsionar o comércio local.
Na oportunidade, o presidente da CDL informou aos vereadores que este ano a entidade fará um trabalho intensivo em combate a pirataria, iniciando com uma ação de conscientização nas escolas. Mariani também apresentou as instalações da CDL, dados referente a cursos profissionalizantes, certificação digital e entidades parceiras.

Vereador solicita auxílio do Estado para amenizar o estragos causados pela chuva em Caçapava

Nesta segunda-feira, dia 14, o vereador Mariano Teixeira (PP), esteve em Porto Alegre para participar de duas reuniões, uma no Palácio Piratini e outra na Secretaria de Agricultura do Estado.
No Palácio, o vereador foi recebido pelo Secretário Executivo do Gabinete do Governador, o Caçapavano Luciano Machado, onde entregou um ofício solicitando auxílio do Estado para amenizar os estragos deixados pela chuva em Caçapava do Sul. " Somente neste domingo a enxurrada foi tão forte que alagou várias casas e deixou muitos estragos em ruas e estradas, com isso, o Estado pode disponibilizar kits de atendimento básico as famílias e empréstimo de maquinário", disse Mariano.
" A gente sabe que as estradas e ruas do município já estavam ruins antes da chuva, mas agora pioraram, com isso, temos que colaborar de melhor forma possível", comentou.
O Secretário Executivo, Luciano Machado, disse que vai aguardar o decreto de emergência do Município e após vai encaminhar o ofício do vereador aos órgãos competentes, principalmente a Casa Militar, que Coordena a Defesa Civil Estadual.
Já na Secretaria de Agricultura do RS, o vereador participou de uma audiência com o Secretário Covatti Filho, onde debateram os projetos da pasta para as pequenas propriedades e os investimentos no interior do Estado, principalmente com o fortalecimento das entidades ligadas a Secretaria.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Água invade casas em vários Bairros da cidade

Na manhã desta segunda-feira, dia 14, o vereador Boca Torres esteve vistoriando alguns Bairros da cidade que foram atingidos pela chuva de domingo a noite. O temporal durou aproximadamente 40 minutos mas fez muitos estragos na cidade e no interior, além de muitas casas alagadas.

Segundo o vereador, os Bairros mais atingidos foram Vila Sul, Promorar, Batista, alguns locais do centro e Bairro Mercedes. Em todos esses pontos o estrago foi muito grande e as pessoas perderam objetos e eletrodomésticos.

Na rua Nunes, no Bairro Batista, a água invadiu praticamente todas as casas e em uma das residencias um muro caiu e a água causou muitos estragos. " Faz um ano que solicitei a Prefeitura que arrumasse a boca de lobo na esquina para amenizar o problema e também uma canalização adequada para a rua, mas até o momento a comunidade não foi atendida e muitas pessoas perderam tudo devido a chuva de ontem", disse Boca.

O vereador esteve também nos outros Bairros acompanhando os estragos. " A chuva foi intensa e deixou muitos estragos e o que mais revolta as pessoas e que os alagamentos acontecem sempre nos mesmos locais há vários anos e ninguém resolve", comentou Boca.

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Moradores do Rincão dos Fonseca reivindicam melhorias na estradas da região

Na tarde desta sexta-feira, dia 11, cerca de 11 moradores da região do Rincão dos Fonseca, interior de Caçapava do Sul, estiveram junto com o vereador Mariano Teixeira (PP) participando de uma reunião com o Prefeito Giovani Amestoy para solicitar melhorias nas estradas da localidade, que segundo os produtores está em péssimas condições de trafegabilidade há anos.
O vereador Mariano iniciou a reunião relatando ao Prefeito as condições das estradas na região e dizendo que a Secretaria de Obras faz o conserto de parte da estrada do Rincão da Salete e não desce até o Rincão dos Fonseca, ficando para trás cerca de 6 km de estrada. " Este fato está revoltando os moradores que já cansaram de solicitar a Secretaria de Obras e não serem atendidos, por isso, que desta vez estamos reivindicando ao Prefeito", disse o vereador.
Segundo os moradores, as precárias condições das estradas da região está prejudicando a produção agrícola e a pecuária, já que os caminhões não querem mais carregar na localidade. Outro ponto que também pode ser prejudicado é o transporte escolar.
Após ouvir a manifestação dos moradores e produtores da região, o Prefeito informou que vai entrar em contato com a Secretaria de Obras para saber o que está acontecendo e as justificativas de não fazer a estrada do Rincão dos Fonseca. Na sequencia ele disse que vai solicitar a Secretaria que inclua no seu cronograma um trabalho de conserto na região.
Os moradores disseram que irão aguardar as máquinas nos próximos dias, mas se não realizarem o conserto irão retornar com a reivindicação.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Vereadores fazem vistoria em unidade de saúde que está sem médico titular

Na manhã desta quinta-feira, dia 10, os vereadores Ricardo Rosso e Alex Vargas estiveram no posto de saúde do Bairro Promorar (ESF 1), para conversar com os profissionais de saúde da unidade e saber como está sendo feito o atendimento no local já que o posto está sem médico titular.

Os vereadores foram atendidos pela Técnica em Enfermagem que está de responsável pela unidade, durante as férias da Enfermeira, onde foi relatado a situação do atendimento médico, das agentes comunitárias de saúde e dos procedimentos de enfermagem.

A Unidade de saúde está no momento sem o médico titular e os atendimentos estão sendo supridos em alguns dias por outros profissionais ou encaminhados a Policlínica. O ESF 1 deve ter atendimento de um dos médicos do Programa Mais Médicos, mas inicia somente no dia 22 de janeiro, até lá as consultas são encaminhadas para outros locais.

O médico que atenderá na unidade já está em Caçapava do Sul, e é natural de Minas Gerais, mas está aguardando a documentação para começar a atender, o que deve acontecer no dia 22.

Os vereadores relataram também que o posto está bastante desfalcado com as férias de vários funcionários. " Nós visitamos o posto porque estamos recebendo diariamente várias reclamações da população, principalmente pela falta de médico, a gente sabe que a troca de convênio do Programa Mais Médicos atrapalhou o andamento das unidades, mas o Executivo precisa ser mais rápido para não deixar a população desassistida. Vamos continuar com as visitas e cobrar melhorias", disse Ricardo Rosso.

Outro ponto comentado pelos vereadores é a falta de manutenção em frente a unidade, principalmente a grama alta e a sujeira.