quinta-feira, 24 de maio de 2018

Moradores protestam contra os buracos em Caçapava


Fonte: Farrapo.rs

Na tarde desta quinta-feira, dia 24, na entrada da cidade, uma imagem e um cartaz chamou a atenção dos motoristas e das pessoas que entravam e saiam de Caçapava do Sul. Moradores revoltados com os buracos da cidade colocaram um boneco pescando no acesso a um posto de combustíveis como forma de protesto.
O buraco que estava cheio de água foi o cenário escolhido pelos manifestantes para o protesto, onde o boneco com uma vara de pescar foi colocado no acostamento com um cartaz ao lado. 
No cartaz estava escrito: Proibido a pesca para Prefeito e vereador. Logo abaixo: Proibido soltar foguete para não espantar os peixes.
O protesto foi feito horas antes da manifestação dos caminhoneiros, onde a concentração aconteceu na entrada da cidade e percorreu o centro da cidade.

quarta-feira, 23 de maio de 2018

Associação dos Servidores do Legislativo de Caçapava faz doações de agasalhos

A Associação dos Servidores do Legislativo de Caçapava realizou na manhã de quarta, (22), a doação de roupas arrecadadas na campanha do agasalho. As doações foram entregues pelo assessor parlamentar Silvio Brito à Terezinha Pofal, uma das líderes comunitárias do bairro Floresta.
Terezinha Pofal iniciou com o trabalho comunitário como forma de agradecimento às suas conquistas. Ela arrecada roupas, calçados e alimentos e distribui para as famílias carentes com problemas de saúde ou financeiros.
“As doações em alimentos são fornecidas através da venda de materiais recicláveis que eu e minha família juntamos durante o ano”, conta Terezinha.
Já as roupas e calçados são arrecadadas com a ajuda de amigos e familiares.
“Em agosto irá fazer doze anos que realizo esse trabalho na comunidade. No mês de outubro organizamos a festa para as crianças, na minha casa. Utilizo o meu décimo terceiro para fazer essa homenagem aos pequenos. Não é um trabalho fácil, mas faço de coração. Acredito que assim como eu, muitas pessoas poderiam ajudar”, avalia Terezinha.
Além de moradores do bairro Floresta, outras pessoas são beneficiadas com o trabalho voluntário da caçapavana. Terezinha atende famílias do interior, Durasnal, Santa Barbinha, Rincão da Salete, Santa Bárbara e até áreas periféricas da Capital.
A campanha do agasalho do Poder Legislativo encerra dia 31 de maio, além da Câmara as doações podem ser entregues na Rádio Caçapava.

Presidente da Câmara faz críticas a saúde, obras e fala sobre perseguição política


A sessão da Câmara desta terça-feira, dia 22, foi marcada por vários discursos dos vereadores que abordaram problemas na saúde, obras no interior e na cidade, educação e assistência social, além de debates envolvendo denúncias de perseguição política no Município.
O parlamentar mais exaltado foi o vereador Marquinhos Vivian (PMDB), que também é o Presidente da Casa, onde em três espaços regimentais da sessão fez duras críticas ao Governo Municipal, principalmente na Secretaria de Obras, Saúde, Assistência Social e denunciou perseguição política dentro do Poder Executivo, envolvendo funcionários de várias Secretarias.
Sobre a saúde, o presidente ressaltou a saída do secretário Juarez Teixeira. “Ao longo desses 18 meses tive muitas restrições quanto a gestão da saúde, onde critiquei o trabalho do secretário, mas nos últimos três meses a Câmara e a Secretaria da Saúde estavam construindo um bom diálogo, principalmente na questão das cirurgias de traumatologia. É mais um secretário que deixa o governo sendo vítima da desorganização do atual governo, incapacidade de administrar e que pensa primeira na questão política para depois na gestão da cidade. A saúde nesses 18 meses na minha visão regrediu e estamos perdendo as conquistas dos últimos anos, mas não por culpa do secretário, que é uma pessoa honesta e integra, mas sim por inoperância do Governo e da politicagem implantada na Administração”, disse o presidente.
Sobre a Secretaria de Obras, Vivian falou dos projetos e convênios que estão em andamento, mas que nesses 18 meses, o Governo Municipal não conseguiu ainda inaugurar nenhuma obra de sua autoria, onde pavimentações e obras iniciam e param na metade do caminho. Muitos desses casos segundo o presidente, não é culpa da prefeitura, mas sim das empresas e do atual sistema político administrativo que prejudica as prefeituras.
Mas sobre a Secretaria de Obras, o presidente comentou sobre a sujeira da cidade, tanto nas ruas, canteiros centrais e nos bairros. “No início do Governo foram nomeados mais servidores para essa função, mas o serviço na visão de todos está pior. Que saudade do professor Patrício Pazinato, que além de ter um cronograma de limpeza urbana, mantia os canteiros centrais floridos e bonitos, as praças arrumadas e tinha mesmo precário um cronograma de serviço organizado, sem interferência do secretário e nem do prefeito. Fiz muitas criticas aqui nessa tribuna sobre o Governo Passado nessa área de limpeza, mas depois de 18 meses digo que a população está com saudade do professor Patrício”, enfatizou.
Vivian falou ainda dos problemas da infraestrutura das ruas da cidade, dos calçamentos irregulares e do eterno problema das estradas do interior, que na visão do presidente é uma questão antiga que se arrasta por anos e ninguém consegue resolver. “Ruas, estradas, saneamento e infraestrutura é um problema antigo na cidade, que se arrasta há vários anos, mas quem se elegeu prometendo melhorar tem que ser cobrado”, comentou.
No final dos seus discursos, o vereador sempre falava na perseguição política que acontece atualmente na Prefeitura, onde se o servidor não pensa igual aos administradores é perseguido. “Seis casos de supostas perseguições chegaram a esta casa, todas de caráter político, não técnico. Todo o tipo de perseguição deve ser condenado e se alguém fez no passado também estava errado e essas denúncias estão chegando na Câmara através dos próprios funcionários, o Legislativo está atento e essas denúncias e vai seguir acompanhando”, ressaltou.
No final, o presidente falou que torce muito que as coisas melhorem, mas enfatizou que o Governo precisa recuperar o rumo e mudar o foco, priorizando as políticas públicas e não questões partidárias eleitoreiras. “Ainda dá tempo de corrigir o rumo e a Câmara está pronta para ajudar o município institucionalmente”, finalizou.

terça-feira, 22 de maio de 2018

Deputado anuncia o depósito de recursos para a área de saúde de Caçapava


Nesta terça-feira, dia 22, o Deputado Federal Alceu Moreira (MDB), comunicou oficialmente o Vereador Alex Vargas, que o Ministério da Saúde depositou na conta do município o valor de R$ 80 mil para aquisição de uma ambulância de pequeno porte.
Em fevereiro deste ano, o Deputado anunciou que a pedido do Vereador tinha garantido junto ao Ministério da Saúde, um recurso para Caçapava do Sul para compra de uma ambulância de pequeno porto. Com isso, na última semana o Ministério fez o depósito do recurso na conta do município, através do Fundo Nacional de Saúde, para o Fundo Municipal de Saúde.
No ofício encaminhado ao Vereador Alex Vargas consta o recibo do depósito. “ Fico muito contente em poder ajudar o município com recursos, principalmente na área de saúde, que é está tão carente em Caçapava”, disse Alex Vargas.

Segunda foi dia de visita no ESF V para conferir funcionamento da unidade

O vereador Mariano Teixeira (PP), deu seguimento as visitas nos ESFs e na segunda, (21), foi conferir como está o funcionamento da unidade da Vila Sul, o ESF V. Mariano foi recebido pela enfermeira chefe, Denis Filipini Teixeira.
De acordo com a coordenadora, os atendimentos estão sendo realizados normalmente, de segunda a quinta, com a médica Bárbara Maria Gongora, dentista (manhã e tarde), enfermeira, técnicos e demais servidores.
Na parte da manhã são atendidas 20 fichas, 8 agendadas, 7 na porta e mais os atendimentos que surgem e à tarde o atendimento é feito nos grupos. Além disso, os profissionais realizam visita domiciliar, fornecem receitas controladas, orientam grupos de hipertensos e diabéticos.
O Posto possui sete agentes de saúde, onde duas estão de licença e a unidade atende cerca de 2.800 pessoas. A Enfermeira comentou durante a visita, que um dos problemas enfrentados na unidade é sobre a internção de crianças e que um problema estrutura antigo ainda não foi resolvido.
“Não deixamos ninguém sem atendimento, procuramos ouvir as pessoas e orientá-las para que não saiam da unidade sem ajuda”, conclui a coordenadora.

Juares Teixeira não é mais o Secretário da Saúde

O Secretário de Saúde, Dr. Juares Teixeira, conforme anuncio realizado em Dezembro de 2017, quando da inauguração do Centro Materno Infantil – um de seus projetos à frente da Secretaria – confirmou hoje (21) seu desligamento do cargo.

Médico com mais de 50 anos de serviços prestados à comunidade caçapavana, aposentado, Dr. Juarez disse que vai se dedicar mais à família, viagens e projetos pessoais e que entrou para o governo para auxiliar o município e a equipe do prefeito.

“Gostaria de agradecer a nossa equipe da Saúde, que tem desempenhado um excelente papel nesta pasta de tamanha importância para todos caçapavanos, aos servidores da saúde que trabalham em diferentes postos, a equipe de secretariado e ao prefeito, que me confiaram esta missão”, disse o Secretário, que fará uma visita aos ESFs, Secretarias e Policlína para agradecer, pessoalmente, a todos.

A Prefeitura Municipal estuda novos nomes para assumir a pasta, tem se reunido com médicos representantes das classes de saúde do município e em breve deve anunciar quem assumirá a Secretaria.

domingo, 20 de maio de 2018

Caçapavano Rogério Dias e sua equipe são premiados em São Paulo

A Conferência Nacional do Futebol rendeu mais um prêmio ao Grêmio. Neste sábado, o Departamento de Preparação Física foi eleito o melhor em 2017. Dessa forma, o trabalho do preparador Rogério Dias e do auxiliares Gabriel Alves e Mário Pereira obteve importante reconhecimento no cenário nacional.
Responsáveis por colocar a equipe na ponta dos cascos para aguentar todos os jogos do ano, os prepradores físicos do Grêmio costumam ser lembrados durante a pré-temporada, quando os atletas retornam das férias e precisam entrar em forma em poucos dias para o início do Gauchão. Mas o trabalho diário, de recuperação e manutenção da forma também é fundamental. E o resultado de tamanha competência da equipe de preparação do Grêmio refletiu-se nos títulos e também no reconhecimento dos especialistas em futebol, que escolheram o Tricolor na disputa com Vasco e Cruzeiro.
Ao site do Grêmio, o Caçapavano Rogério Dias comemorou o prêmio e dividiu o reconhecimento com seus parceiros na tarefa de fazer o time correr sempre mais: "Ficamos muito felizes com o reconhecimento que recebemos da CONAFUT, visto que se trata de uma premiação de âmbito nacional, na qual concorremos com os departamentos de preparação física dos grandes clubes brasileiros. Agradeço todos os setores do Clube que, de uma forma ou de outra, colaboraram para mais esta conquista. Aproveito para fazer um agradecimento especial aos meus dois auxiliares de preparação física, os professores Mário Pereira e Gabriel Alves".
A consagração na CONAFUT é a segunda obtida pela preparação física em 2018. Antes do prêmio desse sábado, Rogério Dias, Gabriel Alves e Mário Pereira foram escolhidos os melhores preparadores do Gauchão na eleição realizada pela ACEG (Associação dos Cronistas Esportivos do RS).
Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

sábado, 19 de maio de 2018

Na última sexta-feira aconteceu o encerramento da Semana de Museus em Caçapava

Encerrou nesta sexta-feira, dia 18, a Semana do Museu. O Museu Lanceiro do Sul, que promoveu diversas atrações desde a última segunda-feira (14), às 19h, realizou no último dia uma confraternização com discotecagem de Heron Freitas e Dilly Blues e degustação de produtos coloniais caçapavanos.
A mostra faz parte da 16ª Semana de Museus, que integra o projeto Museus Hiperconectados – novas abordagens, novos públicos, dedicada aos Comunicadores e Meios de Comunicação. Segunda-feira (14) teve a abertura da exposição de peças e material iconográfico do acervo dos saudosos fotógrafo Marlo Gervásio e radialista José Freitas (in memoriam).
Na terça-feira (15) foi a vez da jornalista Viviane Ilha e o fotografo Heron Freitas, que falaram sobre Tecnologia da Comunicação: fotografia/emojis. Quarta (16) o ex-Gazeta, e pofessor universitário de comunciação, Marcelo Barcelos, falou sobre “A Internet das Coisas”. Após, o secretário de Cultura e Turismo, João Timótheo, falou sobre comportamento nas redes sociais.
Ontem (17) jornalistas de veículos caçapavanos fizeram uma roda de conversa sobre mídia, fake news e plataformas de comunicação e interatividade: Tisa Lacerda, Eduardo Schneider, Luiz Carlos, Claremi Teixeira, Kahiky Ferreira Nascimento, Lorenzo Stefani, Heron Freitas, Euclides Torres (Tide), Nicolas Chaves e os responsáveis pelo Museu Lanceiros do Sul, João Timótheo e Jaine Xavier. 
Os eventos foram gratuitos e aberto ao público. O Museu Lanceiros do Sul estará aberto no fim de semana e fica na Rua XV de Novembro, esquina com Barão de Caçapava. Mais informações através do telefone: (55) 3281-3936.

SACS promove mais uma edição do Reencontro em Caçapava do Sul


A Sociedade dos Amigos de Caçapava do Sul (SACS), realizou neste sábado, dia 19, mais uma edição do Reencontro. O evento tem o objetivo de reunir todos os Caçapavanos que residem em Porto Alegre em uma confraternização de dois dias em Caçapava do Sul.
Sempre na mesma época, terceiro final de semana de maio de cada ano, a entidade reúne amigos e membros da Associação para um jantar na sexta-feira, um almoço no sábado, um jogo de futebol, que este ano foi no ginásio da AABB e uma participação baile de aniversário do Clube União Caçapavana.
Durante o almoço, a SACS fez a doação de inúmeras peças de roupa para o Abrigo Bem Me Quer, CRAS e CREAS, a entrega foi para a Secretária de Assistência Social, Zoé Cavalheiro. Já a Câmara de Vereadores, através do Vereador Ricardo Rosso entregou uma placa em homenagem a SACS pelos
serviços prestado a comunidade de Caçapava do Sul.
Participaram da também do almoço, o Prefeito Giovani Amestoy, o Vice Presidente da Câmara, Silvio Tondo, o Comandante local do Corpo de Bombeiros, Sargento Stock, o Ex-Prefeito Otomar Vivian e toda a diretoria da SACS.

sexta-feira, 18 de maio de 2018

Grama alta na cidade gera reclamações da população



Fonte: Farrapo.rs

A população de Caçapava do Sul vem reclamando nas últimas semanas através das redes sociais e de manifestações a imprensa, da sujeira da cidade, principalmente no centro e nos bairros.

A grama alta em diversas quadras do perímetro urbano vem causando desconforto nos moradores e deixando a cidade com aparência de suja. A reportagem do Farrapo percorreu as principais ruas e canteiros, onde constatou a falta de manutenção em diversas vias do município e também a grama alta na frente das casas, no qual é de responsabilidade dos moradores.

Durante a reportagem, o Farrapo encontrou as principais pracinhas de brinquedos da cidade totalmente abandonadas, sem condições de uso pelas crianças. Esta falta de manutenção nas pracinhas foi tema de reportagem em abril de 2017, ou seja, há um ano. Em outubro do ano passado a Prefeitura anunciou a reforma das pracinhas, mas até agora elas continuam quebradas.

Outro ponto reclamado pela população é o lixo de pátio, onde o morador faz a limpeza e coloca na frente da casa para a Prefeitura recolher. A reclamação é a demora do município em fazer o recolhimento, principalmente nos bairros.
Já, a praça Oswaldo Aranha, em frente ao Hospital e a praça da Matriz, no Largo Farroupilha, estão bem conservadas.

Desde o início da semana, a reportagem efetuou várias tentativas de contato com a Secretaria de Obras, mas não obteve resposta até esta sexta-feira à tarde, para tratar sobre o cronograma de limpeza.

Moradores da rua Valdemar Seixas solicitam conserto na rede de esgoto e pluvial

Vinte famílias que residem na rua Valdemar Seixas convivem com um problema nos dias de chuva. Como o esgoto de algumas casas tem saída direta para a rua e as valetas estão entupidas, os resíduos e o barro invadem as residências.
Essas pessoas solicitaram a ajuda do vereador Mariano Teixeira (PP), para que ele interfira junto ao Executivo. Na sexta, (18), o vereador e um representante dos moradores se reuniram com o secretário de Planejamento Flávio Monteiro solicitando providências.
O técnico em segurança Fernando Machado Martins, conta que o secretário de Obras solicitou um ofício, que foi feito e entregue em mãos. No documento, o pedido das famílias foi formalizado e foram anexadas fotos que mostram os momentos mais críticos.
“Não queremos uma medida paliativa, queremos que o problema seja solucionado de vez”, desabafa o morador.
O secretário informou que irá solicitar aos técnicos que façam um levantamento da rua para ver o que pode ser feito.

Ex-Vereador Pedro Gaspar é o novo Secretário Adjunto da Agropecuária

O Ex-Vereador de Caçapava do Sul, Pedro da Silva Gaspar, assumiu nesta sexta-feira, dia 18, o cargo de Secretário Adjunto da Agropecuária. O convite foi feito pelo Prefeito Giovani Amestoy durante reunião na Seagropic, junto com o Sercretário de Agricultura, Marcelo Freitas.
Gaspar foi vereador de Caçapava do Sul por 28 anos e não concorreu na última eleição. Ele foi militante do PP por mais de 40 anos e se desfiliou da sigla em janeiro de 2017.
“Fico grato pelo convite em poder continuar contribuindo para minha terra e, com a minha experiência, e a força jovem dele e de sua equipe, acredito que podemos fazer a diferença”, disse Gaspar, brincando: “O Pitoco voltou!”.
“O Pedro é uma pessoa íntegra, com experiência, e que vem somar forças políticas a nossa Secretaria, além de poder me ajudar, pois desde quando assumimos, em 2017, a Secretaria não havia ainda nomeado um adjunto”, completou Marcelo Freitas.

Confirmada a doação do terreno da Escola Cônego Ortiz para nova sede dos Bombeiros


Na manhã desta sexta-feira, dia 18, o vereador Silvio Tondo, junto com o Comandante local do Corpo de Bombeiros, Sargento Stock, o Ex-Prefeito Otomar Vivian e o Engenheiro Marcelo Silva, estiveram na Escola Estadual Cônego Ortiz para comunicar a direção do educandário sobre a confirmação da desafetação do terreno atrás da Escola em favor dos Bombeiros, para construção da nova sede da corporação.
A reunião foi solicitada pela diretora da Escola, professora Lucélia de Oliveira, para comemorar a publicação da desafetação da área e agradecer as pessoas envolvidas neste processo, que foi o Vereador Silvio Tondo e o Ex-Prefeito Otomar Vivian. “ Para a Escola é muito importante ceder este terreno para os Bombeiros, porque deixa o educandário mais seguro e evitamos um problema futuro em uma área sem uso e ociosa. Reuni todas na reunião para agradecer o vereador Silvio e o Ex-Prefeito Otomar pelo empenho e conseguir junto ao Patrimônio do Estado a agilidade no processo”, disse a Diretora.
Segundo o Sargento Stock, o Comando local procurou várias áreas para a construção da nova sede dos Bombeiros, “e quando encontramos essa no Cônego Ortiz tivemos o apoio da Escola que imediatamente aceitou doar o terreno que está sem uso e a construção do Quartel vai trazer mais segurança para a Escola”, comentou.
" Outra pessoa que foi fundamental para que o processo fosse despachado, é o Caçapavano Carlos Carvalho, que acompanhou de perto o andamento desta solicitação nas Secretaria de Educação e Administração do Estado", disse Silvio.
A Construção da nova sede dos Bombeiros será feito com recursos da Consulta Popular do Estado e apoio dos órgãos públicos municipais, empresas e Judiciário. Para liberar o recurso da Consulta Popular, o vereador Luis Fernando Torres, esteve em Porto Alegre nesta semana para uma audiência na Secretaria de Planejamento.
Participaram da reunião na escola, além dos convidados e da diretora, as Vices Diretoras, Graziela de Morais Rodrigues e  Greiciane Bevilaqua Lopes, professores e funcionários do educandário.
Os Bombeiros aguardam agora a liberação do recurso é a publicação do diário oficial.

Vereadora Márcia Gervásio fala sobre posse responsável para alunos do Ensino Fundamental

A vereadora Márcia Gervásio realizou palestra para os nonos anos da Escola Estadual Nossa Senhora das Graças na quinta, (17). Entre os temas, Márcia falou sobre guarda responsável de animais domésticos, sobre maus tratos e direitos dos animais.
“Um adolescente ou uma criança que respeita os animais, respeitará sempre qualquer forma de vida. Meu objetivo com esse trabalho nas escolas é educar e conscientizar sobre guarda responsável, maus tratos contra animais e a importância da castração.”
A vereadora também falou sobre as leis que protegem os animais e punem os maus tratos como a Lei Municipal 3383/2014 e a Lei de Crimes Ambientais 9605/98 que estipula pena de detenção de três meses a um ano para esses crimes. 
Na próxima semana a vereadora dará seguimento as palestras nas escolas da cidade.

Pastora do Evangelho Quadrangular busca parceria para atendimento de unidade móvel

A pastora da igreja do Evangelho Quadrangular, Célia Tolfo, com o apoio do vereador Silvio Tolfo Tondo (Beleza-PP), visitou o prefeito Giovani Amestoy na quarta, (16). O encontro teve como objetivo buscar uma parceira com o município para que seja oferecida à comunidade atendimento na unidade móvel do projeto Lucas, um projeto a nível nacional, desenvolvido pela igreja.
O ônibus do projeto, equipado para atendimento médico e odontológico, estará em Caçapava no dia 02 de junho. Para que as consultas sejam realizadas, a pastora busca auxílio da Prefeitura com a cedência dos profissionais.
“A coordenação do projeto solicitou que, se possível, conseguíssemos um clínico geral, dentista, fisioterapeuta, psicólogo e até alguém para prestar assessoria jurídica. A proposta é oferecer atendimento para a população em geral e alguns bairros. Vamos começar na Vila Progresso, pois foi nesta localidade que nossa igreja iniciou”, explica a pastora.
A unidade móvel está realizando atendimentos no interior de Santa Maria e vai cumprir agenda no Estado.
Projeto Lucas
A Igreja do Evangelho Quadrangular, leva para alguns estados brasileiros, o ônibus missionário, equipado com consultório médico e odontológico, desta forma, as pessoas recebem cuidado clínico, odontológico, aferição de pressão, teste de glicemia e distribuição de medicamentos, gratuitamente, enquanto são evangelizadas.
As igrejas têm se envolvido mobilizando voluntários e profissionais em diversas áreas.
A Secretaria Geral de Missões, através deste projeto, segue expandindo e alcançando vidas. Os médicos, dentistas, enfermeiros e demais voluntários têm rodado todo o Brasil e países vizinhos. Em 2017 o Projeto Lucas realizou 90.000 atendimentos dentro do Brasil e fora também.

quinta-feira, 17 de maio de 2018

Comitiva de Caçapava participa de reunião na Casa Civil para liberar os recursos da Lima e Silva

Na manhã desta quinta-feira, dia 17, uma comitiva de Caçapava do Sul, composta pelo Prefeito Giovani Amestoy, o Presidente da Câmara, Marquinhos Vivian, a Secretária Geral Cassia Freitas, e os vereadores Ricardo Rosso, Mariano Teixeira, Alex Vargas e Silvio Tondo, além do Presidente Municipal do PP, Ilson Tondo, estiveram reunidos com o Chefe de Gabinete da Casa Civil do Estado, João Carlos Mocellin, para tratar da liberação do convênio para recuperar a avenida Lima e Silva.
Na audiência participaram também os Deputados Estaduais, Juvir Costella e Vilmar Zanchin, além dos Assessores dos Deputados Pedro Westphalen, Ernani Polo e Sergio Turra. O Caçapavano Carlos Carvalho também esteve na reunião.
A reunião foi para pressionar o Governo do Estado a liberar os recursos para Caçapava do Sul que vise a revitalização asfáltica da avenida Lima e Silva, já que em fevereiro deste ano o então Secretário dos Transportes do Estado, Pedro Westphalen, colocou a disposição de Caçapava o projeto de acesso aos municípios através de convênio com o Estado, onde o Governo paga 80% da obra, que representa cerca de R$ 700 mil. O processo tramita normalmente no DAER, foi aprovado pela Assessoria Jurídica do órgão e pelo corpo técnico, além de ter orçamento reservado para o convênio, faltando apenas o Estado pagar.
O Estado tinha disponibilizado para esses convênios cerca de R$ 60 milhões, para o Governo pretende pagar apenas 30% dessas obras, portanto, a partir de agora não é mais uma questão técnica e sim política.
A Casa Civil informou que está analisando todos os processos e que o projeto de Caçapava está tramitando dentro do DAER e possivelmente em alguns dias terá uma deliberação. Na sequencia, a comitiva foi até a Assembleia Legislativa para conversar com o Presidente da Casa, Deputado Marlon Santos, para pedir apoio ao convênio.

Mais tarde novas informações

quarta-feira, 16 de maio de 2018

CRVA é reaberto nesta quarta-feira, dia 16

Emplacamentos e outros serviços referentes a veículos podem ser feitos em Caçapava do Sul. É que o Centro de Registros de Veículos Automotores (CRVA) reabriu nesta quarta-feira, dia 16, na avenida Presidente Kennedy, 585.

O horário de atendimento é das 9h15min às 16h45min, sem fechar ao meio dia. O telefone para contato é (55) 3281-3541. 

O CRVA de Caçapava havia fechado no dia 31 de março de 2018, devido o responsável ter sido aprovado em um concurso público. Por este motivo, houve a necessidade de celebração de um novo contrato do CRVA com o Detran-RS. 

A prerrogativa iniciou no dia 17 de abril. Após, o Detran indicou a necessidade de complementação de documentos e foi procedido de imediato. Concluída esta etapa, aguardou-se a homologação do contrato que ocorreu na terça-feira, dia 15 de maio. 

A nova responsável pelo CRVA passa a ser a Registradora Designada Monscirrac Moraes do Amaral que substitui Rodrigo Amaral, que assumiu o cargo de Tabelião em Santo Expedito do Sul.

Com isso, não há mais a necessidade da população se deslocar até São Sepé onde estava sendo feito os emplacamentos e serviços referentes a veículos.

Prefeitura e Câmara unem forças para liberação dos recursos da Lima e Silva


Na manhã desta quarta-feira, dia 16, o Prefeito Giovani Amestoy esteve reunido com os vereadores Marquinhos Vivian, Silvio Tondo, Ricardo Rosso, Alex Vargas, Jussarete Vargas, Paulo Pereira e Mariano Teixeira, para unir forçar e pressionar o Governo do Estado na liberação dos recursos para a avenida Lima e Silva. A Secretária Geral, Cassia Freitas e o Secretário de Planejamento, Flávio Monteiro também participaram do encontro.
No início do ano, o Secretário de Transportes do Estado, Pedro Westhpalen, colocou no plano de ação de acesso aos municípios o projeto de recuperação da avenida Lima e Silva, através de um convênio entre Estado e Prefeitura, onde o Governo libera 80% da obra e o município 20%. O encaminhamento foi feito pelas bancadas do PP e PMDB, com o apoio do Prefeito em exercício na época, Luz Carlos Guglielmin.
A Prefeitura fez o projeto e enviou ao DAER para seguir com o processo. A tramitação segundo o Prefeito dentro da Secretaria dos Transportes está normal, mas a documentação precisa estar finalizada até o dia 07 de julho para liberação do recurso.
Mas a audiência com os vereadores foi para informar que após reunião do Prefeito no Palácio Piratini, o Governo disse que não tem  o recurso para todos os projetos aprovados, que somam R$ 60 milhões, onde a tendência é que o Estado libere apenas 30% deste valor, ou seja, a pressão agora deve ser política.
“ Estive no DAER e o projeto está andando normalmente e já foi aprovado, faltando apenas a liberação pelo Conselho do DAER, mas após reunião com o Governador José Ivo Sartori fiquei preocupado porque o Estado não tem todo o dinheiro e vai liberar apenas alguns, por isso, que temos que pressionar politicamente”, disse o Prefeito.
Nesta quinta-feira, dia 17, uma comitiva de Caçapava, formada pelos vereadores e o Prefeito irão a Porto Alegre para uma reunião na Casa Civil, na Secretaria do Transportes e na Assembleia Legislativa, para agilizar o processo no DAER e fazer com que Caçapava esteja nos projetos liberados pelo Estado, que serão esses 30%.
“ A Câmara fez a sua parte e a Prefeitura também, o Secretário dos Transportes na época colocou o projeto no DAER e está tramitando normalmente no órgão, faltando apenas a o Estado liberar o recurso, por isso, que temos que pressionar porque até o dia 07 de julho a licitação precisa estar pronta”, disse o Presidente da Câmara.
A primeira reunião da comitiva nesta quinta-feira, será as 10h na Casa Civil do Palácio Piratini, na sequencia na AL e no DAER.

terça-feira, 15 de maio de 2018

Cavalo crioulo: Caçapavano Ricardo Gonçalves conquista terceiro lugar em Cachoeira do Sul

Foto: Guilherme Félix/Divulgação de Ricardo Gonçalves
Aconteceu, em Cachoeira do Sul, no final de semana (dias 12 e 13 de maio), uma prova, chamada “Doma de Ouro” (doma de 21 dias), para cavalos da raça crioula.
De Caçapava do Sul, região da campanha, participou o criador Ricardo Gonçalves, com a égua “Belinha da Dom Romarino”. O evento reuniu cerca de 34 participantes no sábado, sendo que, no domingo, apenas 14 foram classificados para a final.
Com uma prova de paleteada na final, o caçapavano alcançou o prêmio e a colocação de terceiro lugar, com o ginete Denison Santos, do CT Denison Santos. “Foi um resultado ótimo, pois o nível de exigência era bem alto. Estou contente e satisfeito, bem feliz”, comentou Ricardo, em entrevista ao jornal A Palavra Regional e portal CaçapavaOnline. Ainda, Ricardo agradeceu ao CT Denison Santos.
Fonte: A Palavra

Câmara recebe o relatório da Vigilância Sanitária sobre inspeção no Abrigo Bem Me Quer

A Vigilância Sanitária de Caçapava do Sul e da 8ª Coordenadoria Regional de Saúde realizaram uma inspeção no Abrigo Bem Me Quer no dia 16 de março de 2018.  O Abrigo acolhe crianças e adolescentes sob a responsabilidade da justiça e do Município.
Na época, foi feito a divulgação da vistoria dos fiscais e informado que a cozinha do local havia sofrido uma interdição cautelar para ajustar os apontamentos feitos pela Vigilância. Na mesma semana o vereador Luis Fernando Torres fez um pedido de informação solicitando cópia do laudo da Vigilância Sanitária.
Na última semana, o Legislativo recebeu o documento oficial da Prefeitura com a cópia do laudo da Vigilância Sanitária do Município e do Estado, onde consta todos os apontamentos feitos pelos fiscais no abrigo. Este relatório foi apresentado à imprensa na sexta-feira.
Na época, a direção do Abrigo informou que a fiscalização da Vigilância foi importante para saber o que precisa ser adequado dentro da instituição.
Ao todo a vigilância apontou 94 falhas no Abrigo. Veja os principais itens que devem ser corrigidos no local:

Estrutura organizacional
- Não possui plano de trabalho
- Não foi apresentado registro das diárias da instituição
- Não foi apresentado comprovante de vacinação de todos os internos
- Não apresentaram certificado do Corpo de Bombeiros, nem do curso de prevenção de incêndio.
- Não apresentou projeto político pedagógico

Estrutura Física e instalações
- Alojamentos não estão em condições adequadas de higiene e salubridade
- Paredes com sujidades
- Colchões sem condições de uso
- Mobiliários sem condições de uso
- As tomadas internas não apresentam proteção e altura adequada para evitar acidentes
- Refeitório não atende à capacidade prevista de abrigados
- Presença de mobiliários sem condições de uso
- Presença de entulhos na área externa com riscos de acidentes

Instalações Sanitárias
- Não possui identificação nas escovas dentais
- Sanitários não apresentavam condições de higiene satisfatórias

Serviço de Nutrição e Dietética
- Não possui nutricionista como responsável técnico pelas atividades de alimentação
- Piso e parede com sujidades
- Utensílios insuficientes, com falta de higiene e conservação e sem condições de uso
- Não apresentou cardápio atualizado e disponível
- Descongelamento inadequado dos produtos perecíveis
- Mal acondicionamento dos alimentos em geral – em produtos com embalagens abertas e sem identificação
- Alimentos com prazo de validade expirado
- Ausência de despensa para estoque de alimentos
- Ausência de registros das operações de limpeza das instalações e equipamentos, datados e rubricadas
- Más condições de higiene dos panos de cozinha
- Alimentos preparados prontos para o consumo mantidos em temperatura ambiente e armazenados de forma inadequada
- Hortifrutigranjeiros não são higienizados como preconiza a legislação

Funcionários
- Número de funcionários insuficiente em relação ao número de internos e atividades diárias desta instituição
- Monitores insuficientes para a quantidade de alojados
- Não foi apresentado atestado de saúde dos funcionários
- Ausência de vestiários e banheiros separados por sexo
- Não possui funcionário para realizar a higienização
-Não foi apresentado comprovante de vacinação dos funcionários

Farmácia e medicamentos
- Não existe local apropriado para guarda de medicamentos  e os mesmos não estão sob guarda de Responsável Técnico.
- Medicamentos sujeitos a controle especial encontrava-se em armário não chaveado
- Não apresentou registro de controle de validade dos medicamentos administrados aos residentes.

Depósito de material de limpeza
- Localizado em local inadequado
- Saneantes armazenados de forma inadequada 

Lavanderia
- Não apresentou rotina para desinfecção de roupas
- Presença de mofo e umidade
- Não apresentou POPs para processamento de roupas

Alojamentos
- Camas insuficientes para o número de abrigados
- Roupas, toalhas e lençóis armazenados de forma inadequada
- Berços em quantidade insuficiente 
- Carros de Bebê em quantidade insuficiente
- Cortinas com sujidades e sem manutenção.

Esses foram alguns itens apontados pelos fiscais, que devem retornar ao local para nova averiguação e acompanhar as mudanças. Assinaram o laudo três fiscais da Vigilância de Caçapava do Sul e três da Coordenadoria Estadual de Cachoeira do Sul

O que diz a direção do Abrigo
A direção do Abrigo Bem Me Quer informou que solicitou a fiscalização. Considerou positiva, pois apontou o que precisa ser feito para melhorar a situação do Abrigo. Também frisou que presa por um trabalho de qualidade e não de quantidade, e que busca atender todas as medidas legais, mas alguns são mais demorados porque dependem de licitação.

Quarta-feira, dia 16 é dia votar na Assembleia Pública Municipal do Comude

Acontece nesta quarta-feira (16), a partir das 14h, na Câmara de Vereadores, a Assembleia Pública Municipal do Comude que escolherá as cinco demandas a serem votadas quando da abertura da Consulta Popular para Caçapava do Sul.

A participação da Comunidade caçapavana é de suma importância, pois, neste encontro, serão escolhidos os delegados e as prioridades de repasses do Estado para o Município.

Caçapava do Sul poderá receber neste ano até R$600 mil de recursos do Estado, de acordo com a votação alcançada. Esta verba é predestinada para aplicação em Sinalização de estradas, Agricultura Familiar, Saúde, Educação e Segurança Pública.

Operação da Polícia Federal prende doleiros ligados ao maior traficante de drogas do Brasil

A PF (Polícia Federal) deflagrou, na manhã desta terça-feira (15), a Operação Efeito Dominó, que investiga uma rede de doleiros e de lavagem de dinheiro utilizada por Luiz Carlos da Rocha, o Cabeça Branca. Também conhecido como o “embaixador do tráfico”, Cabeça Branca é apontado pela PF como o maior narcotraficante do Brasil e um dos maiores do mundo. Oito criminosos foram presos.

Entre os doleiros detidos estão Carlos Alexandre de Souza Rocha, conhecido como Ceará, delator da Lava-Jato, Edmundo Gurgel Junior, que foi investigado pela PF no caso Banestado, e José Maria Gomes. Os agentes cumpriram 26 mandados judiciais – expedidos pela 23ª Vara Federal de Curitiba – no Rio de Janeiro, Pernambuco, Ceará, Paraíba, Mato Grosso do Sul, Distrito Federal e São Paulo. Entre os mandados, há 18 de busca e apreensão, cinco de prisão preventiva e três de prisão temporária.

A polícia encontrou um elo entre o grupo de doleiros usado pelo tráfico e o que era utilizado por pessoas investigadas na Operação Lava-Jato. A ação é um desdobramento da Operação Spectrum, que prendeu Cabeça Branca em julho de 2017. Após a prisão dele, a PF analisou documentos, planilhas eletrônicas, depoimentos e informações de inteligência para identificar a rede de doleiros que ele utilizava para lavar o dinheiro oriundo do comércio nacional e internacional de drogas.

Planilhas eletrônicas encontradas pela PF ao longo das investigações sobre Cabeça Branca indicam que, apenas entre 2014 e 2017, ele negociou 27 toneladas de cocaína e teria recebido pelo menos US$ 138,2 milhões, o equivalente, em valores atualizados, a quase R$ 500 milhões.


Lava-Jato

Uma das principais suspeitas apuradas pelos investigadores do caso é a de que doleiros que prestavam serviços a investigados pela Operação Lava-Jato também atuavam para narcotraficantes como Cabeça Branca.

Uma das pessoas investigadas pela PF nessa operação já havia firmado um acordo de colaboração premiada no âmbito da Operação Lava-Jato. A operação desta terça-feira faz parte de uma nova abordagem da PF em relação ao narcotráfico: sufocar o braço econômico das organizações.

As investigações conduzidas pela PF indicam a existência de uma enorme rede de doleiros que se comunicam para dar vazão à demanda de clientes que ganham dinheiro ilegal em atividades criminosas diferentes como corrupção e tráfico de drogas.

Em geral, os doleiros atuam de duas formas. Recebem reais em espécie no Brasil e disponibilizam dólares em contas no exterior ou recebem dólares no exterior e disponibilizam reais em espécie no Brasil. Todas essas operações são realizadas sem a devida comunicação às autoridades bancárias e fiscais dos países envolvidos.


Lavagem de dinheiro 

O traficante Luiz Carlos da Rocha está preso na penitenciária federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte. Em abril deste ano, ele foi condenado pela Justiça Federal do Paraná a cinco anos e dois meses de prisão pelo crime de lavagem de dinheiro relacionado à compra de uma fazenda em Mato Grosso.

Essa foi a primeira condenação de Cabeça Branca desde que foi preso. Ele ainda responde a outros processos na Justiça Federal. A PF diz acreditar que Cabeça Branca tenha comprado fazendas em Mato Grosso para servir de entreposto para a cocaína trazida da Bolívia e do Paraguai para o Brasil.

Segundo as investigações, a droga era trazida ao Brasil em pequenos aviões e descarregada nas fazendas do traficante. De lá, a droga era transportada em caminhões para a região Sudeste, de onde ela era enviada, principalmente, à Europa e à América do Norte.

A polícia suspeita ainda que a compra de fazendas era apenas uma das formas encontradas por Cabeça Branca para lavar o dinheiro que ele ganhava com a venda de cocaína. Os investigadores já foram capazes de identificar rastros da fortuna do narcotraficante em outros países além do Brasil e do Paraguai, onde ele seria o proprietário de empresas e fazendas.

O título de “embaixador do tráfico” foi atribuído ao narcotraficante pela forma como ele se relacionava com fornecedores e compradores da droga que ele intermediava. Em vez de um perfil violento comum a traficantes que atuam na região da fronteira entre o Brasil e o Paraguai, Cabeça Branca era conhecido pelo perfil discreto com que conduzia seus negócios.

segunda-feira, 14 de maio de 2018

Câmara de Vereadores inicia a segunda edição da Campanha do Agasalho

A Câmara de Vereadores de Caçapava inicia amanhã, (15) de maio a segunda edição da campanha do agasalho, denominada Câmara Solidária. A coleta de roupas acontecerá até o dia 15 de junho, serão 30 dias de campanha.
A “Câmara Solidária” tem como objetivo sensibilizar a comunidade para que num ato de solidariedade ajude a aquecer corações neste inverno. Quem quiser colaborar pode entregar os agasalhos - roupas, calçados e cobertores - nos pontos de arrecadação: Câmara de Vereadores e Rádio Caçapava, parceira do projeto.
No Poder Legislativo será colocado o varal solidário, onde as pessoas poderão escolher peças de roupas para levar para casa. O varal estará disponível assim que as doações começarem a chegar.
Ao término da campanha, os agasalhos arrecadados serão doados para uma entidade social que ainda não foi definida e também para as pessoas em situação de vulnerabilidade, mediante cadastro na Secretaria de Assistência Social.
Em 2017, a Câmara realizou a primeira edição da campanha onde foram arrecadadas mais de 3 mil peças de roupas, doadas à Prefeitura e para famílias que procuram o Poder Legislativo.

Vereador faz visita oficial a nova Secretária de Assistência Social

Na última semana o vereador Ricardo Rosso, Líder da Bancada do PP na Câmara, esteve na Secretaria de Assistência Social do Município para uma visita oficial a nova Secretária, Zoé Cavalheiro.
Durante o encontro, que foi acompanhado pelo
assessor Stener Camargo, o vereador deu as boas vindas a nova Secretária e disse que esta a disposição para ajudar no que for necessário, já que a pasta passa por um momento turbulento desde as denuncias feitas em dezembro de 2017. " Trabalhei na Assistência Social no Governo passado e sei da importância da Secretaria para a população em vulnerabilidade, com isso, precisamos ajudar a Secretaria a sair deste momento ruim", disse.
O vereador questionou também alguns programas, como de habitação e as oficinas, para saber o andamento daqui para frente e as metas da nova gestora.
" No Governo passado a Assistência Social foi referência nacional pelo trabalho realizado e agora infelizmente estão passando por momentos ruins, por isso, que estou fazendo a visita para ajudar no que for preciso, já que tenho muito carinho por esta área", comentou Ricardo

sábado, 12 de maio de 2018

Estado abre inscrição para contratação de Bombeiros Militares Temporários

Nesta sexta-feira, dia 11, foram abertas as pré-inscrições para o Programa Bombeiros Militares  Temporários no site do CBMRS. Todos os jovens que realizaram serviço militar nos últimos 5 anos podem se inscrever.
Segundo o comando dos Bombeiros, serão 300 vagas para todo o Estado do Rio Grande do Sul com a finalidade de minimizar a defesagem de efetivo. Por outro lado, seguindo a linha de valorização dos militares, busca-se com o ingresso desses novos soldados acelerar as transferências internas, propiciando que os bombeiros militares efetivos possam trabalhar nas cidades onde residem
Os novos temporários trabalharão em aeródromos, serviço administrativo (exceto prevenção) e serviços operacionais sob comando de servidores de carreira. O Comando local dos Bombeiros esperam a inscrição de Caçapavanos neste processo, para trabalharem em Caçapava do Sul.
Todas as informações necessárias estão no  site: www.cbm.rs.gov.br  

Museu realiza exposição em homenagem ao radialista José Freitas e ao fotógrafo Marlo Gervásio de Freitas

O Museu Lanceiros do Sul, estará realizando durante o mês de maio, uma exposição em homenagem ao radialista José Freitas e ao fotógrafo Marlo Gervásio de Freitas.
A mostra faz parte da 16ª Semana de Museus, que integra o projeto Museus Hiperconectados – novas abordagens, novos públicos.
Durante a semana uma série de eventos, dedicados aos Meios de Comunicação estão programados.
Na segunda-feira, dia 14, a partir das 19h acontece a abertura da exposição que consiste em peças e material iconográfico do acervo do museu, fotos de Marlo Gervásio e homenagem ao radialista José Freitas.
Na terça-feira, a jornalista Viviane Ilha e o fotografo Heron Freitas realizam a palestra Tecnologia da Comunicação: fotografia/emojis.
Já no dia 16, o historiador João Timotheo e o jornalista Marcelo Barcelos falam sobre os meios de comunicação e a comunicação digital.
Na quinta-feira, acontece uma roda de conversa com a participação dos locais.
Na sexta-feira, encerrando a 16ª Semana de Museus, uma confraternização com discotecagem de Heron Freitas e Dilly Blues e degustação de produtos coloniais caçapavanos.
Os eventos são gratuitos e aberto ao público em geral. O Museu Lanceiros do Sul, fica na Rua XV de Novembro, esquina com Barão de Caçapava. Maiores informações através do telefone: (55) 3281-3936.

sexta-feira, 11 de maio de 2018

Caçapavana conta sobre a alegria de ser mãe em vídeo especial do Sicredi

Nesta semana, o Sicredi lançou um vídeo especial em homenagem às mães.
Patrícia, associada de Caçapava do Sul, conta um pouco da alegria de ser mãe. Também traz o tema autismo e um grande exemplo de cooperação. Confira.

 Por farrapo.rs

Postes adquiridos há 25 anos para iluminar o estádio são usados em reforma de passarela

Na tarde desta quinta-feira, dia 10, os vereadores Marquinhos Vivian e Luis Fernando Torres (Boca), estiveram na localidade do Megatério, interior de Caçapava do Sul, para vistoriar as obras de reforma da passarela do Pessegueiro.
Segundo os vereadores,  todos os anos a cabeceira da passarela é levada pela água em épocas de enchentes, com isso, a Prefeitura está aumentando a extensão da passarela e levantando nos locais mais críticos.
Chegando no local, os vereadores foram até a estrutura que está sendo feita e encontraram no lugar de vigas de concreto, os postes de cimento que foram comprados há 25 anos para a iluminação do estádio municipal Aristides Dias de Macedo (Macedão). Os postes nunca foram usados no estádio e estavam jogados na região do bairro promorar.
“Ficamos surpresos em encontrar os postes servindo de viga para a passarela, ficou esteticamente feio, mas se aguentar não terá problema, pelos menos uma utilidade para os postes. O que queremos saber é se após 25 anos no rigor do tempo este material está preparado para receber impacto de caminhão pesado passando na ponte e se estruturalmente é confiável este tipo de utilização, vamos solicitar um laudo do engenheiro responsável pela ponte para ficarmos tranquilos”, disse Marquinhos.
“ Pode até ser uma boa ideia utilizar este material em pontes, mas o laudo do engenheiro é que vai nos dizer se é confiável ou não utilizar este material que é próprio para iluminação, não para o trânsito de veículos pesados, apesar de estar 25 anos no rigor. O restante da passarela também precisa de reparos, que deve ser feito pela Secretaria de Obras.”, comentou Boca Torres.
Durante a tarde os vereadores estiveram ainda  na localidade do Santa Barbinha, Rincão dos Bitencourt e Maricá, conferindo as estradas e bueiros.